Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Ractopamina causa novo embargo russo ao Brasil
 
 
Publicado em 26/04/2013

O serviço de Defesa Agropecuária da Rússia, o Rosselkhoznadzor, suspendeu a partir desta quinta-feira (25/4) a importação de tripas produzidas por alguns frigoríficos brasileiros devido à presença de resíduos de ractopamina, um indutor de crescimento utilizado na ração dos animais.

O Rosselkhoznadzor informou ter detectado a presença de resíduos em intestino (tripa) do estabelecimento de SIF 862 (do JBS, situado em Goiânia) e carnes bovinas das plantas de SIF 504 (do Friboi, em Ituiutaba - MG), de SIF 421 (do Minerva, em Barretos - SP) e de SIF 4400 (do JBS em Campo Grande). As plantas a partir de agora estão sob controle laboratorial rígido.

O Rosselkhoznadzor afirmou que o secretário brasileiro de Defesa Agropecuária, Enio Marques, garantiu que a partir de dezembro do ano passado seriam adotadas medidas para atender os requisitos do mercado russo, incluindo a ractopamina. Os russos lembram que a Defesa Agropecuária assegurou que ractopamina utilizada na alimentação do rebanho bovino é proibida no Brasil.

Embora a nota divulgada pelo Rosselkhoznadzor cite apenas o controle rígido aos produtos dos quatro frigoríficos citados, no site da instituição consta que o embargo se estende a outras empresas. A informação é de que está suspensa temporariamente as importações das plantas de SIF 1001 (BFR, em Rio Verde - GO), de SIF 3047 (Marfrig, em Mineiros - GO), de SIF 3062 (Marfrig, em Rio Verde - GO), de SIF 431 (do Minerva em Palmeiras de Goiás (GO); e de SIF 3181 (JBS - Naviraí - MS).

O Ministério da Agricultura não esclarece o assunto argumentando que não foi informado oficialmente pelo Rosselkhoznadzor, mas que mesmo assim recomendou à fiscalização que suspenda a emissão de novas guias para embarques de tripas para o mercado russo.

Em relação ao possível embargo de duas cargas de carnes pela União Europeia no porto de Roterdã, por causa da presença de bactérias, a Defesa Agropecuária informa que não tomou conhecimento oficial do assunto.  Com informações do Globo Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir


   Leia também:
 
[01/08/2014] - Oferta de boi encurta e pressão de baixa diminui
[01/08/2014] - Governo aumenta crédito para a pecuária
[01/08/2014] - Minerva volta a lucrar e diz que chuva ajuda
[01/08/2014] - Agro já responde por quase 45% da balança
[01/08/2014] - Pressão sobre a arroba no Mato Grosso
[01/08/2014] - CEPEA: demanda fraca segura preço do leite
[01/08/2014] - Pecuarista: modernizar, arrendar ou vender?
[01/08/2014] - Mato Grosso adota regras contra a estomatite
[01/08/2014] - Tarifa zero para a carne de frango brasileira

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[31/07/2014] - Frigoríficos já têm dificuldade em encontrar boi
[31/07/2014] - Margem do frigorífico se mantém com queda do boi
[31/07/2014] - CADE prorroga por 90 dias análise do JBS-Rodopa
[31/07/2014] - Greve tira o site do Cepea do ar
[31/07/2014] - Leite cai durante a entressafra em Goiás
[31/07/2014] - Agro quer que governo reduza impostos
[30/07/2014] - Frio pode ter matado mais de 1.000 bois
[30/07/2014] - China ainda não empolga frigoríficos
[30/07/2014] - Minerva pretende abrir filial na Austrália
[30/07/2014] - Pecuaristas podem ter prioridade em falências
[30/07/2014] - Estoques abastecidos pressionam valor da arroba
[30/07/2014] - Agro agora também ajuda a conter a inflação
[29/07/2014] - Mercado do boi: início de semana travado
[29/07/2014] - Carne: consumo devagar, preços em queda
[29/07/2014] - Aquisições da JBS ainda não ameaçam a BRF
[29/07/2014] - Novas aquisições da JBS podem criar problemas
[29/07/2014] - Assembléia da LBR é adiada
[29/07/2014] - Caroço do algodão: preços em queda
[29/07/2014] - Frio já mata bois no Mato Grosso do Sul
[29/07/2014] - Quadrilhas armadas roubam gado no Paraná
[28/07/2014] - Pressão dos frigoríficos sobre a arroba continua
[28/07/2014] - Boi teve alta de quase 20% em um ano no MS
[28/07/2014] - Chuvas ajudam a manter pastos verdes em SP
[28/07/2014] - Copa não ajudou a vender mais carne
[28/07/2014] - JBS compra unidades da Tyson no Brasil e México
[28/07/2014] - Confirmados casos de estomatite em 4 estados
[28/07/2014] - MAPA orienta: como enfrentar a estomatite?
[25/07/2014] - Demanda fraca prejudica arroba do boi
[25/07/2014] - Entidade pede mudança na lei da tuberculose
[25/07/2014] - MPF e Abiec assinam acordo por sustentabilidade
[25/07/2014] - Farelo e caroço de algodão mais baratos
[24/07/2014] - Pressão de baixa no boi é maior em São Paulo
[24/07/2014] - CEPEA: com confinamento, frigoríficos pressionam
[24/07/2014] - Economia piora e pressiona frigoríficos
[24/07/2014] - Pecuária cresce 15,6% e puxa PIB do agro
[24/07/2014] - Multinacionais de lácteos de olho no Brasil
[24/07/2014] - Entidade pede Zona de Alta Vigilância para aftosa
[24/07/2014] - Reação à vacina: prejuízo para o pecuarista
[24/07/2014] - Como combater lagartas nas pastagens?
[24/07/2014] - Governo publica regras para o ITR 2014
[23/07/2014] - Confinamento começa a afetar preço da arroba
[23/07/2014] - Após bater recorde, preço do bezerro cai
[23/07/2014] - Imea: economia pode prejudicar demanda por carne
[23/07/2014] - Pecuarista já se prepara para a estação de monta
[23/07/2014] - Polpa cítrica em falta
[23/07/2014] - Foco de estomatite já traz prejuízos no MT
[22/07/2014] - Acordo com EUA poderá prejudicar carne do Brasil
[22/07/2014] - Pressão e lentidão no mercado do boi
[22/07/2014] - Indea confirma estomatite e descarta aftosa no MT
[22/07/2014] - O boi em xeque

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br