Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
147,00 131,00 142,00
GO MT RJ
143,00 132,00 141,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1300,00
Garrote 18m 1570,00
Boi Magro 30m 1930,00
Bezerra 12m 950,00
Novilha 18m 1170,00
Vaca Boiadeira 1320,00

Atualizado em: 15/12/2017 11:42

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

EDITORIAL: Um craque que fará falta à ExpoZebu

 
 
 
Publicado em 25/04/2007

O mercado pecuário recebe, todos os anos, diversos novos investidores. Empresários bem sucedidos, novos integrantes de famílias já tradicionais em outros ramos do agronegócio e demais recém-chegados chegam e são festejados, como devem ser. A ampliação do mercado é sempre benéfica a todos, trazendo maior diversidade e investimentos. Porém todos os anos alguns criadores deixam o setor e, mesmo apresentando um trabalho de relevância, saem sem que sua competência seja reconhecida publicamente, não somente com os (importantes) lances de um leilão de liquidação, mas também através de uma reflexão sobre os resultados de seu trabalho, que se propagarão pelas próximas gerações. Um destes criadores liquidou sua genética premiada no último mês de março e não estará mais com seu time de pista na ExpoZebu: Antônio Villela Couto, da Fazenda Santa Nilza.

Couto, já um industrial de sucesso, começou sua seleção de Nelore Elite no ano de 2001 quando, em parceria com Luiz Humberto, da Nova Índia Genética, adquiriu em leilões suas primeiras matrizes: Iguana, Parse, Pistacha e Yamuna. Na época as instalações da Fazenda ainda estavam em reforma, com os primeiros animais permanecendo na central.

A partir daí surgiu uma carreira de sucesso marcada por diversos momentos importantes e por uma presença regular no topo do Ranking Nacional da ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil). No campeonato expositor, Antônio Couto conquistou o vice-campeonato no certame 2002-2003, terceiro lugar em 2003-2004 e 2004-2005. Já no campeonato Melhor Criador, a Santa Nilza chegou ao quinto lugar já no ranking 2003-2004, conquistando o título nacional em 2004-2005 e a quarta colocação em 2005-2006. No ranking atual, mesmo após deixar as pistas, Couto figura no nono lugar parcial no campeonato melhor criador. Isto sem contar os diversos animais do plantel que estão e estiveram entre os primeiros do atual ranking e em edições anteriores, que nos alongaríamos muito a citar.

O plantel da Santa Nilza também contou com a contribuição genética de matrizes que fazem história no Nelore. JEN Açuncena, a própria Parse, já mencionada acima, Iryba, Bélgica, Iguana e diversas outras estão nos topos de ranking de suas respectivas categorias e suas genéticas ainda contribuirão muito para o futuro da raça. Há que se citar também alguns exemplos do sucesso dos animais da própria criação: entre os machos jovens no ranking do ano passado, três dos 25 primeiros colocados têm o sufixo da fazenda e entre as fêmeas adultas, duas são crias da Santa Nilza: Ciana TE da Santa Nilza, quinta colocada, e Duna TE da Santa Nilza, sexta.

Com todos estes resultados, entre diversos outros, conquistados ao longo de pouco menos de seis anos de seleção, a ausência do time de pista da Santa Nilza e de Couto, Cristina - sua esposa sempre atuante - e do onipresente Júnior, serão sentidas na próxima semana. Seus exemplos de competência, seriedade e dedicação ao Nelore permanecerão, servindo de exemplo para os recém-chegados.

Conhecemos Couto em 2001, chamados para discutir o possível desenvolvimento do site da Fazenda, que acabou se concretizando pouco tempo depois. A fazenda em obras, pastagens em formação, instalações ainda em construção, tudo conspirava contra a publicidade naquele momento, já que não havia muito a fotografar. Mas Couto decidiu pela divulgação assim mesmo: “É bom pois as pessoas verão que estou começando e acompanharão tudo comigo”, dizia. Indagado sobre a urgência em registrar o nome da fazenda na Internet, já que nomes de santos são comuns e bastante visados, Couto saiu-se com seu típico bom humor: “Fique tranqüilo, esta santa não existe. Nilza é o nome de minha mãe.”

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[15/12/2017] - Arroba: frigoríficos correm atrás de boi
[15/12/2017] - Carne sobe e está no maior preço do ano
[15/12/2017] - Exportações de carne podem bater novo recorde
[15/12/2017] - CNA: manutenção de vacina complica vendas aos EUA
[15/12/2017] - Senado aprova Lei do Funrural mas Temer deve vetar
[15/12/2017] - Produtor foi expulso de terras por indígenas
[15/12/2017] - Índios são usados para obter verbas públicas

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[15/12/2017] - ARTIGO: Governo é dono de 47% das terras do País
[15/12/2017] - Esvaziada, CPMI da JBS acaba
[14/12/2017] - Arroba: altas são generalizadas
[14/12/2017] - Arroba: frigoríficos têm dificuldade para comprar
[14/12/2017] - Exportações de carne seguem fortes em dezembro
[14/12/2017] - Exportações de carne do MT batem recorde
[14/12/2017] - Abates cresceram 9% no terceiro trimestre
[14/12/2017] - MAPA cede e facilita importação de trigo russo
[13/12/2017] - Arroba: frigoríficos estão precisando comprar boi
[13/12/2017] - Reposição ganha força com a chegada das chuvas
[13/12/2017] - Exportação de gado subiu quase 32% em 2017
[13/12/2017] - Agência prevê 2018 melhor para os frigoríficos
[13/12/2017] - Mercosul cede, mas UE adia acordo para 2018
[13/12/2017] - Brasil trabalha forte para abrir mercado britânico
[13/12/2017] - Maggi crê que mercado dos EUA será reaberto logo
[13/12/2017] - Argentina ganha espaço entre os exportadores
[13/12/2017] - JBS deverá devolver terreno de frigorífico no MT
[13/12/2017] - Câmara conclui aprovação da Lei do Funrural
[13/12/2017] - Famato pede prorrogação para inscrição no CAR
[13/12/2017] - MST invade fazenda recém-desocupada no Paraná
[12/12/2017] - Exportações de carne bovina: recorde histórico
[12/12/2017] - MAPA vai atender exigências dos russos
[12/12/2017] - Arroba: frigoríficos tentam segurar alta do boi
[12/12/2017] - Produção de carne fica estável no MS
[12/12/2017] - Frigoríficos criticam imposto menor para o boi
[12/12/2017] - Mais um processo contra a JBS e Wesley Batista
[12/12/2017] - UE quer abertura, mas carne bovina ainda é entrave
[11/12/2017] - Operação da PF investiga propina da JBS a fiscal
[11/12/2017] - Arroba continua a subir com firmeza
[11/12/2017] - Carne sobe e melhora perspectiva para o boi
[11/12/2017] - Reposição começa a se agitar no Tocantins
[11/12/2017] - Acordo com a UE pode ser anunciado até o dia 21
[11/12/2017] - Missão oficial de Hong Kong inspeciona frigorífico
[11/12/2017] - Funrural: votação deve acabar amanhã na Câmara
[11/12/2017] - Venda de milho está parada
[08/12/2017] - Arroba: frigoríficos pagam cada vez mais pelo boi
[08/12/2017] - Frigoríficos: vendas para o Natal surpreendem
[08/12/2017] - Reação do mercado agora depende do consumidor
[08/12/2017] - JBS diz que vai recuperar o mercado perdido
[08/12/2017] - BNDES deve vender ações da JBS
[08/12/2017] - JBS mantém planos de vender ações em NY
[08/12/2017] - Venda da Itambé pode parar na Justiça
[08/12/2017] - Governo do MS reduz impostos para laticínios
[08/12/2017] - Preço do farelo de algodão cai com força
[07/12/2017] - Arroba: boi sobe e tem mais espaço para alta
[07/12/2017] - Preço do bezerro sobe com volta das chuvas
[07/12/2017] - Exportações podem fechar ano com forte alta
[07/12/2017] - Ameaça de Trump faz México buscar carne do Brasil
[07/12/2017] - Negociações para reabertura da Rússia vão bem
[07/12/2017] - Compra da Itambé cria nova líder no leite

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br