Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
145,00 133,00 136,00
GO MT RJ
129,00 128,00 138,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1300,00
Garrote 18m 1600,00
Boi Magro 30m 1930,00
Bezerra 12m 980,00
Novilha 18m 1150,00
Vaca Boiadeira 1400,00

Atualizado em: 23/3/2017 13:15

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Novilho Precoce MS reabre inscrições

 
 
 
Publicado em 08/12/2016

Já estão abertas as inscrições para o processo de credenciamento dos produtores interessados em participar do Proape Precoce/MS. O Subprograma é o antigo “Novilho Precoce” que desde novembro de 2015 passa por reformulações e voltará em fevereiro de 2017, totalmente informatizado.

Com importantes melhorias técnicas que buscam agregar, de forma voluntária, atributos de qualidade e consequentemente valor à cadeia produtiva da bovinocultura de Mato Grosso do Sul, o Precoce MS foi reformulado buscando principalmente a ampliação de sua segurança e dos processos de aferição de resultados de desempenho de estabelecimentos pecuários e dos produtos obtidos (animais).

Como exemplo de melhorias pode-se citar a adoção das boas práticas agropecuárias, protocolos de gestão sanitária individual de animais, sistemas sustentáveis de utilização de áreas com capacidade de apascentamento abaixo do potencial existente, ao associativismo, à melhoria do peso e da cobertura de gordura dos animais, maior uniformidade nos lotes, além de oferecer padrão seguro e confiável dos seus produtos aos mercados nacional e internacional.

Nesse novo formato, haverá a cobrança de maior empenho e compromisso dos responsáveis técnicos pelos empreendimentos pecuários sob sua orientação, com a utilização de instrumentos legais como Anotação de Responsabilidade Técnica (ART’s), fiscalizados pelos Conselhos de Classe (CREA e CRMV), com o compromisso dos estabelecimentos frigoríficos credenciados, de disporem e utilizarem equipamentos de coleta/ transmissão de dados e informações, sobre a tipificação de animais em tempo real, ao banco de dados do Estado e também do pagamento de eventuais bonificações, por depósito bancário, na conta do beneficiário, em até três dias após o abate.

Para os estabelecimentos frigoríficos credenciados caberá ainda o compromisso de a partir de 2017 assumirem integralmente a função de classificação e tipificação de carcaças dos animais abatidos, que até então era realizado pelos servidores vinculados à SFA-MS.

A inscrição para habilitação das empresas independentes que farão a classificação e tipificação dos animais nos frigoríficos encontra-se aberta no sistema da Secretaria de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf), e também podem ser realizadas via internet na página destinada ao PRECOCE MS.

No inicio do mês janeiro a Secretaria abre as inscrições para cadastramento das industrias frigoríficas, que é uma das ultimas etapas a serem cumpridas dentro do cronograma de reformulação antes do lançamento do subprograma.

Desenvolvido há mais de duas décadas com o intuito de incentivar a produção de bovinos em Mato Grosso do Sul, o programa vem passando por reformulações desde julho último, respeitando um cronograma que tem a previsão de estar finalizado até 1º de fevereiro do próximo ano, 2017, quando será relançado.

Aumentar o desfrute do rebanho de corte, estimular o mercado de qualidade e incentivar a eficiência e a eficácia do produtor rural, premiando com incentivo financeiro a qualidade do produto obtido (animal) e o nível do processo produtivo continuam sendo o mote do subprograma do qual podem participar produtores rurais de Mato Grosso do Sul que atendam aos critérios exigidos. Com informações da IAGRO/MS.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[23/03/2017] - Pecuaristas não vão aceitar manipulação da arroba
[23/03/2017] - JBS reduziu abates em até 30%
[23/03/2017] - Arroba: alguns frigoríficos tentam derrubar o boi
[23/03/2017] - CEPEA: mercado do boi tem pior dia em 23 anos
[23/03/2017] - Exportações de carne estão praticamente paradas
[23/03/2017] - Deputados europeus pressionam UE contra Brasil
[23/03/2017] - Em quanto tempo as exportações voltarão?
[23/03/2017] - Milho: operação da PF já derruba cotações
[23/03/2017] - Câmara aprova terceirização ampla

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[22/03/2017] - Embargos deverão cair logo, dizem analistas
[22/03/2017] - PF reconhece exagero em divulgação da operação
[22/03/2017] - Comissário Europeu virá ao Brasil
[22/03/2017] - Chile manterá embargo somente a investigados
[22/03/2017] - Japão suspende compra de frigoríficos investigados
[22/03/2017] - JBS suspende compra de bois no Mato Grosso
[22/03/2017] - Arroba: como ficará após a operação da PF?
[22/03/2017] - Frigoríficos pretendem visitar países importadores
[22/03/2017] - Leite: preço em alta
[21/03/2017] - Hong Kong suspende compras, Coréia volta atrás
[21/03/2017] - Chile suspende temporariamente as importações
[21/03/2017] - Egito também suspende compras
[21/03/2017] - Maggi tenta convencer China a reabrir importações
[21/03/2017] - Arroba: após susto, frigoríficos suspendem compras
[21/03/2017] - Exportações: antes do escândalo, uma melhora
[21/03/2017] - Marfrig já tem plano para embargo prolongado
[21/03/2017] - Entidade vê espaço para frigoríficos menores
[21/03/2017] - Uréia tem queda de preço
[20/03/2017] - China suspende importações de carne do Brasil
[20/03/2017] - UE decide suspender importações de investigados
[20/03/2017] - Maggi: prejuízos são inevitáveis
[20/03/2017] - Temer tenta tranquilizar importadores
[20/03/2017] - Maggi promete rigor com frigoríficos investigados
[20/03/2017] - PF é criticada pela forma como anunciou operação
[20/03/2017] - Arroba: lentidão continua
[20/03/2017] - Reposição: para onde vão os preços?
[20/03/2017] - Oferta de bezerros em alta em Goiás
[17/03/2017] - PF faz operação contra frigoríficos e prende 38
[17/03/2017] - Frigoríficos vendiam carne vencida
[17/03/2017] - Arroba: sem pressão de baixa
[17/03/2017] - Chuva dificulta negociações com gado no Pará
[17/03/2017] - Carne bovina: a única com queda na exportação
[16/03/2017] - IBGE: recessão derrubou abates
[16/03/2017] - No Mato Grosso, abates aumentaram
[16/03/2017] - Arroba: frigoríficos compram devagar
[16/03/2017] - CEPEA: cenário é de estabilidade para o boi
[16/03/2017] - Carne bovina ganha mais espaço do frango
[16/03/2017] - IBGE contabiliza mais couros do que bois abatidos
[16/03/2017] - Produção de leite caiu pelo segundo ano
[16/03/2017] - Sócio do JBS vai depor à Justiça amanhã
[16/03/2017] - Justiça tem dúvidas sobre recuperação de laticínio
[16/03/2017] - Começa a vacinação contra a aftosa
[15/03/2017] - Arroba: frigoríficos ainda tentam pagar menos
[15/03/2017] - Reposição: queda de preços no MS
[15/03/2017] - JBS concentra investimentos nos EUA
[15/03/2017] - Operação faz novas prisões por fraude no leite
[15/03/2017] - Cai volume exportado de milho
[15/03/2017] - Relator fala sobre mudanças na previdência rural
[14/03/2017] - JBS: lucro quase 92% menor e nova aquisição
[14/03/2017] - JBS: investigação não afetou operações

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br