Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
140,00 129,00 135,00
GO MT RJ
130,00 127,00 136,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1270,00
Garrote 18m 1530,00
Boi Magro 30m 1860,00
Bezerra 12m 940,00
Novilha 18m 1160,00
Vaca Boiadeira 1320,00

Atualizado em: 20/11/2017 10:50

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

2017: Frigoríficos prevêem exportações 9% maiores

 
 
 
Publicado em 12/12/2016

As exportações brasileiras de carne bovina devem encerrar 2016 com um faturamento de aproximadamente US$ 5,5 bilhões, estima a Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne (Abiec). O montante deve ficar abaixo da estimativa inicial da entidade, que era de uma receita total de US$ 7,5 bilhões. O resultado também deve ficar abaixo dos US$ 5,9 bilhões arrecadados em 2015 (queda de 6,8%).

Em volume, a expectativa da Abiec é de que as vendas externas de carne bovina em 2016 totalizem 1,4 milhão de toneladas, estável em relação ao ano anterior. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 12, durante entrevista de imprensa da Abiec, realizada em São Paulo.

De janeiro a novembro, as exportações da proteína bovina (considerando a carne in natura, miúdos, tripas, industrializados e salgados) somam US$ 5 bilhões, valor 6% abaixo dos US$ 5,4 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. Em volume, os embarques até novembro alcançam 1,3 milhão de toneladas, 1,7% acima com igual período no ano passado. Apenas em novembro, estes embarques somaram US$ 423 milhões e 99,6 mil toneladas, respectivamente.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne (Abiec), Antônio Jorge Camardelli, afirmou que as oscilações cambiais ao longo do ano, além de problemas econômicos locais de importantes compradores, como a Rússia, Venezuela, Irã e Egito afetaram negativamente os embarques ao longo do ano. "A Rússia antecipava boa parte das compras até dezembro e isso não foi feito", disse.

Crescimento à vista

Para 2017, a associação estima que as exportações do setor devem atingir US$ 6 bilhões e um total de 1,5 milhão toneladas, o que representaria um aumento de 9% e de 7% em relação ao estimado para o fechamento de 2016. A associação aposta em novas aberturas de mercado para o próximo ano, com foco em Coreia do Sul, Taiwan, Indonésia, Canadá, México e Japão. Para Jorge Camardelli, as vendas para esses países da Ásia e América do Norte podem resultar em incremento de 180 mil toneladas ao ano. "São mercados com um preço médio alto para a carne bovina, o que poderia ampliar o faturamento do setor em US$ 1 bilhão por ano", afirmou.

Em 2017, os Estados Unidos também estarão no centro de atenção. Até novembro, a indústria brasileira exportou 525 toneladas ao mercado americano. A expectativa é elevar esse número, já que atualmente o Brasil tem direito a uma cota - junto com outros países - de 64,8 mil toneladas/ano. "Em 2016, apenas 61% desta cota foi utilizada, o que nos abre uma possibilidade de preencher esta demanda", ressaltou Camardelli.  Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[20/11/2017] - Rússia confirma bloqueio à carne bovina brasileira
[20/11/2017] - Arroba segue em alta
[20/11/2017] - BNDES quer avaliar mercado pecuário
[20/11/2017] - Preço do leite continua a cair em Minas Gerais
[20/11/2017] - Pesquisadores querem vaca gir transgênica
[20/11/2017] - Compradores de milho recuam e preço cai
[20/11/2017] - MP do Funrural é presente de Natal à JBS

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[20/11/2017] - Prazo para aderir ao Refis rural está acabando
[17/11/2017] - Arroba: mercado está movimentado
[17/11/2017] - Reposição começa a se novimentar
[17/11/2017] - Frigol reabre unidade em Goiás
[17/11/2017] - Marfrig quer avançar mais sobre o mercado da JBS
[17/11/2017] - JBS já levantou R$ 6 bi com vendas de ativos
[17/11/2017] - Polícia recupera carga milionária de sêmen
[17/11/2017] - Milho: produção deve cair em 2018
[16/11/2017] - Arroba: mercado firma e pode subir mais
[16/11/2017] - Arroba: frigoríficos pagam bem acima da referência
[16/11/2017] - Rússia ameaça barrar importações de carnes
[16/11/2017] - Marfrig parcela dívida bilionária no Refis
[16/11/2017] - Funrural: mudanças na MP beneficiam frigoríficos
[16/11/2017] - Produtores expulsam índios invasores no Paraná
[16/11/2017] - Farelo de soja: dólar parou de subir
[16/11/2017] - MAPA ainda prevê queda para o PIB da Pecuária
[14/11/2017] - Confinamento surpreende e sobe 12% no MT
[14/11/2017] - Arroba: mercado firme com alta na demanda
[14/11/2017] - Minerva prevê dois anos favoráveis aos frigos
[14/11/2017] - Delação derrubou as vendas da JBS no Brasil
[14/11/2017] - Marfrig tem prejuízo de R$ 58,4 milhões
[14/11/2017] - China já representa quase 40% das exportações
[14/11/2017] - Leite: margens devem continuar apertadas
[14/11/2017] - CCPR tem até o final do mês para pagar pela Itambé
[14/11/2017] - Confiança da pecuária sobe e puxa índice do Agro
[14/11/2017] - Reforma Trabalhista já está valendo
[14/11/2017] - Empregado rural perde e deve pagar R$ 8,5 mil
[13/11/2017] - Arroba volta a subir
[13/11/2017] - Carne segue em alta no varejo
[13/11/2017] - Reposição começa a subir em Rondônia
[13/11/2017] - Turquia aumenta compras de boi em pé do Brasil
[13/11/2017] - Minerva retoma abates em unidade reaberta
[13/11/2017] - JBS: incertezas quanto ao futuro continuam
[13/11/2017] - MAPA acompanha risco de quebra da JBS
[13/11/2017] - JBS nega que esteja em dificuldades
[13/11/2017] - Para evitar embargo, Brasil libera trigo russo
[13/11/2017] - Exportações puxam para cima o preço do milho
[13/11/2017] - Empréstimo público pode pagar compra da Itambé
[13/11/2017] - Leite: uma maneira simples de aumentar a produção
[10/11/2017] - Arroba começa a subir com alta da carne
[10/11/2017] - Vendas de carne começam a melhorar
[10/11/2017] - Agro brasileiro exportou R$ 8 bi em um mês
[10/11/2017] - Lucro do Minerva tem alta de 81%
[10/11/2017] - Deputados protestam contra destruição de fazenda
[10/11/2017] - Mercosul: Brasil pode igualar exigência sanitária
[09/11/2017] - Mercado futuro indica alta para a arroba do boi
[09/11/2017] - Arroba não acompanhou alta das exportações
[09/11/2017] - Arroba sobe em algumas praças
[09/11/2017] - Reposição: chuvas devem puxar demanda
[09/11/2017] - Porte de arma no campo é aprovado em comissão

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br