Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
139,00 131,00 134,00
GO MT RJ
131,00 129,00 134,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1190,00
Garrote 18m 1420,00
Boi Magro 30m 1700,00
Bezerra 12m 890,00
Novilha 18m 1120,00
Vaca Boiadeira 1340,00

Atualizado em: 23/10/2017 10:25

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Delação da JBS: o crime compensou?

 
 
 
Publicado em 19/05/2017

O acordo de delação fechado pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do grupo JBS, causou indignação e perplexidade no centro financeiro paulista. Investidores, banqueiros, advogados e analistas estavam atônitos com a homologação de um acordo nos quais os irmãos não irão presos e nem sequer usarão tornozeleiras e, apenas com o pagamento de multa, encerrarão pendências pessoais nas operações Greenfield e Lava-Jato.

A JBS confirmou ontem que a delação envolve sete executivos e que o valor total da multa aplicada a todos os delatores é de R$ 225 milhões. O valor foi considerado "simbólico" pelo mercado, mesmo tratando-se de pena atribuída aos indivíduos e não à companhia. Como comparação, a todo momento, era lembrado que as empresas do grupo J&F, em seu conjunto, doaram legalmente R$ 370 milhões apenas nas eleições de 2014, para variados partidos.

A pena, em todo seu conjunto, foi considerada excessivamente branda comparada a demais empresários que também foram delatores e que amargaram dias, meses ou anos presos, como Marcelo Odebrecht, Ricardo Pessoa, dono da UTC, e até André Esteves, fundador do banco BTG Pactual, foi lembrado, por ter ficado preso no complexo penitenciário de Bangu e ter perdido a posição de controlador na instituição.

A indignação já era latente com as informações conhecidas na quarta-feira, em que a circunstância foi apenas relatada.

Quando a gravação da conversa com o presidente Michel Temer (PMDB) começou a circular pela internet, no início da noite de ontem, os sentimentos de insatisfação e incredulidade aumentaram.

A visita de Joesley a Temer, no Palácio do Jaburu, dura menos de 38 minutos. A conversa entre Joesley e o presidente começa, de fato, a partir do quinto minuto da gravação. O diálogo sobre a condição do país dura pouco mais de três minutos.

Todo o restante do bate-papo é concentrado nos problemas da JBS e dos irmãos com a Justiça. Sem nenhuma cerimônia, Joesley fala sobre sua gestão dessas crises, com pagamento a políticos e membros do Judiciário, como juízes e procuradores. O empresário fala, inclusive, sobre a tentativa de trocar o procurador que 'estava atrás' dele.

"Foi o perfeito golpe de mestre", disse o presidente de um banco. "O Joesley fez o que fez porque está de mudança para os Estados Unidos. Pagará uma multa patética e irá embora, deixando o país na lama", completou. Um outro alto executivo de instituição financeira relutava em acreditar que não haverá uma pena adicional para Joesley Batista.

"O sujeito faz e desfaz, paga todo mundo e, além de tudo, vai embora, passar bem em Nova York. A mensagem que fica é que o crime compensa", disse o gestor de um grande fundo de participações em ativos de infraestrutura. Junto com a indignação sobre as penas, havia uma cobrança pela contextualização da autorização para que a família toda pudesse ficar fora do Brasil. "Cadê a autorização judicial? Quem deu?", disse um outro executivo.  Com informações do Valor.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[23/10/2017] - JBS fecha acordo e vai reabrir unidades no MS
[23/10/2017] - Marfrig avança sobre mercado da JBS
[23/10/2017] - Marfrig arrenda unidade que estava com a JBS
[23/10/2017] - Arroba: para onde vamos?
[23/10/2017] - Reposição cai com expectativa sobre a arroba
[23/10/2017] - Confinadores prevêem um 2018 positivo para o boi
[23/10/2017] - CCPR tenta ganhar tempo para comprar a Itambé
[23/10/2017] - Farelo de soja está mais caro

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[20/10/2017] - Pecuarista do MS fica sem ter para quem vender
[20/10/2017] - JBS já vinha reduzindo abates no MS
[20/10/2017] - Disputa pode ter consequências graves para a JBS
[20/10/2017] - Agência reduz nota de crédito da JBS
[20/10/2017] - Arroba: frigoríficos aproveitam ação da JBS
[20/10/2017] - Missão do MAPA ao Uruguai já tem data fechada
[20/10/2017] - Agro demitiu mais que contratou em setembro
[20/10/2017] - MAPA está menos pessimista com a pecuária
[19/10/2017] - Saída da JBS trava mercado do boi no MS
[19/10/2017] - Pecuaristas não aceitam tombo da arroba no MS
[19/10/2017] - CPI: ação da JBS é estratégia do medo
[19/10/2017] - Protesto de funcionários da JBS reúne 4 mil no MS
[19/10/2017] - Com parada da JBS, pecuaristas pedem ICMS menor
[19/10/2017] - Justiça suspende bloqueio de bens dos Batista
[19/10/2017] - Arroba: parada da JBS afeta mercado do boi em SP
[19/10/2017] - Incerteza trava o mercado do boi
[19/10/2017] - Cade: venda do Mataboi deve ser anulada em 1 mês
[19/10/2017] - Marfrig reinicia abates em mais uma unidade
[19/10/2017] - Exportação de boi tem queda de quase 70%
[19/10/2017] - Leite cada vez mais caro para produzir
[19/10/2017] - Queda do leite deixa produtores com dívidas
[19/10/2017] - Produtores e índios querem trabalhar. E a Funai?
[19/10/2017] - Juízes e fiscais se recusam a aplicar nova lei
[18/10/2017] - JBS suspende abates em todas as unidades do MS
[18/10/2017] - Cade rejeita compra do Mataboi por Júnior Friboi
[18/10/2017] - BNDES pagou caro por ações da JBS, diz TCU
[18/10/2017] - Arroba: mercado do boi está devagar
[18/10/2017] - Polpa cítrica está mais cara
[18/10/2017] - Cade em alerta por concentração em insumos
[17/10/2017] - A verdade sobre a portaria do trabalho escravo
[17/10/2017] - Funcionários da JBS temem demissões em massa
[17/10/2017] - JBS disse que quer vender ações nos EUA em 2018
[17/10/2017] - CVM abre processo contra diretor da JBS
[17/10/2017] - Exportações de carne bovina sinalizam recorde
[17/10/2017] - UE: França vai usar Carne Fraca para barrar acordo
[17/10/2017] - Arroba: mercado trava com ofertas baixas
[17/10/2017] - Reposição sofre com a seca e indefinição da arroba
[17/10/2017] - Maggi: bloqueio ao leite uruguaio é temporário
[17/10/2017] - Produtores pedem maior atenção à pecuária de leite
[16/10/2017] - JBS desiste de oferta de ações nos EUA
[16/10/2017] - Cade deve rejeitar nesta semana compra do Mataboi
[16/10/2017] - Arroba: mercado vive impasse
[16/10/2017] - Atacado da carne caiu mas margem de frigo subiu
[16/10/2017] - ICMS cai, mas preço da carne não cairá
[16/10/2017] - Leite: produtor pede socorro
[16/10/2017] - Governo envia missão para discutir leite uruguaio
[16/10/2017] - Reposição lenta não derruba preços em MG
[16/10/2017] - Uréia agrícola está mais cara
[16/10/2017] - Argentina quer 5% do mercado da UE para o Mercosul
[11/10/2017] - MPF concorda com a PF e denuncia irmãos Batista

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br