Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
142,00 130,00 136,00
GO MT RJ
131,00 128,00 130,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1270,00
Garrote 18m 1520,00
Boi Magro 30m 1820,00
Bezerra 12m 960,00
Novilha 18m 1160,00
Vaca Boiadeira 1330,00

Atualizado em: 18/7/2018 09:19

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Onde estão as oportunidades na pecuária?

 
 
 
Publicado em 08/08/2017

O dito “é na crise que surgem as oportunidades”, por mais clichê que possa parecer, tem um significado ainda mais especial no setor da pecuária de corte. Conhecida por possuir um ciclo mercadológico de aproximadamente sete anos, entre altas e baixas, a atividade passa por um momento de instabilidade, com queda no preço da arroba e do bezerro. Para uns, momento exato de investir.

Devido às incertezas do mercado e desvalorização do boi gordo e do bezerro, muitos pecuaristas resolveram enviar as fêmeas para o abate, na intenção de reduzir os custos na propriedade. O consultor técnico e economista da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Amado de Oliveira, explica que a comercialização de fêmeas é natural e se torna opção de renda para o produtor no período de crise.

“Com as contas apertadas, o pecuarista vê na fêmea oportunidade de redução de custos. Porém, àqueles que conseguem manter suas reprodutoras se tornam potenciais fornecedores quando a demanda por animais se aquecer”, afirma o economista.

Levantamento do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta a maior participação de fêmeas nos abates desde 2014, com 48% do total registrado no primeiro semestre.

Isso, no ciclo da pecuária, representa o início da reversão do mercado. Ou seja, quando os preços da arroba e do bezerro caem muito, os pecuaristas abatem as fêmeas e, para a próxima safra, vai reduzir o número de bezerros disponíveis, depois a oferta de bois e, consequentemente aumenta o preço da arroba.

A pesquisadora do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), Mariane Crespolini, explica que no momento em que de agora até o desmame dos bezerros que vão nascer calcula-se cerca de um ano e meio, período em que a demanda por bezerros estará superaquecida justamente pela falta de animais. “Assim, quem segurar a fêmea para emprenhar no começo das águas estará investindo no mercado futuro”.

Outra oportunidade neste momento, segundo Crespolini, é para a reforma de pastagem. Com a redução dos preços das sementes em decorrência do favorecimento climático, o custo para recuperação caiu.

E foi justamente isso que o pecuarista de Pontes e Lacerda, Luciomar Machado, resolver fazer. Com a queda no mercado do boi gordo, ele reduziu o custo que tinha com o arrendamento de áreas e aplicou o dinheiro na aquisição de insumos para o pasto. Além disso, ele também está contratando crédito para auxiliar nos investimentos.

“Meu objetivo é garantir a oferta de animais quando o mercado estiver em alta. Para isso, vou integrar agricultura e produzir grãos para suplementação alimentar dos bois e recuperar terra degradada. Assim, em 2019 estarei com a produção em alta”, afirma o produtor.  Com informações do Diário de Cuiabá.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[18/07/2018] - Lucro dos frigoríficos melhorou com greve e dólar
[18/07/2018] - Frigoríficos seguem pagando acima da referência
[18/07/2018] - Reposição se movimenta no MS
[18/07/2018] - Frigorífico fechado pela JBS será reaberto
[18/07/2018] - Leite longa vida parou de subir

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[17/07/2018] - Exportações batem recorde de outubro de 2014
[17/07/2018] - Arroba: boi deveria subir mais
[17/07/2018] - Carne não sobe e reduz margem do frigorífico
[17/07/2018] - MT: 300 mil animais tiveram que ser revacinados
[17/07/2018] - Preços do milho sem direção definida
[16/07/2018] - Lula teria pedido para agilizar verba para a JBS
[16/07/2018] - Arroba: frigoríficos oferecem acima da referência
[16/07/2018] - Reposição ganhou força
[16/07/2018] - Exportações de boi em pé cresceram 84%
[16/07/2018] - Exportações do Agro seguem firmes, apesar da greve
[13/07/2018] - Arroba: frigoríficos cm dificuldade para comprar
[13/07/2018] - Preço da carne continua caindo no varejo
[13/07/2018] - STF nega liminar que suspenderia tabela de frete
[13/07/2018] - Frete: aprovação não derruba ações judiciais
[13/07/2018] - O Brasil ganha ou perde com a guerra comercial?
[13/07/2018] - Preço do milho recua e pode cair mais
[13/07/2018] - CNA: campo precisa entrar na política de segurança
[12/07/2018] - Arroba subiu, frigoríficos já pagam mais
[12/07/2018] - CEPEA: arroba em alta, carne em baixa
[12/07/2018] - Frigoríficos apostam em retomada das exportações
[12/07/2018] - Abates batem recorde positivo no MT após a greve
[12/07/2018] - PIB da Pecuária recua no MT mas deve se recuperar
[12/07/2018] - Câmara aprova tabela de frete
[12/07/2018] - Senado aprova tabela de frete em tempo recorde
[12/07/2018] - Lactalis vai produzir marca francesa no Brasil
[11/07/2018] - Arroba: frigoríficos não acham boi para comprar
[11/07/2018] - Carne bovina deve subir mais
[11/07/2018] - Leite pára de subir
[11/07/2018] - Custo deve subir até 50% com tabela de frete
[11/07/2018] - Frete alto dificulta entrega de fertilizantes
[11/07/2018] - JBS: Noruega decide não investir e cita corrupção
[11/07/2018] - Polpa cítrica: oferta está menor
[10/07/2018] - Quem quer vender boi a R$ 150 a arroba?
[10/07/2018] - Consumo de carne bovina segue devagar
[10/07/2018] - Proibição da exportação pode ser votada hoje
[10/07/2018] - Inspeção privada tem data para começar no RS
[10/07/2018] - Crise e inflação podem piorar com tabela
[10/07/2018] - Tabelamento do frete pode ser aprovado hoje
[10/07/2018] - Doença que atinge o milho chegou ao Paraná
[10/07/2018] - Prefeitura fecha acordo para reabrir frigorífico
[09/07/2018] - Arroba: feriado em SP pode puxar cotação do boi
[09/07/2018] - Proibição das exportações pode parar na Justiça
[09/07/2018] - Milho: compradores esperam que preços caiam
[09/07/2018] - Brasil precisa vender melhor lá fora
[06/07/2018] - Consultoria prevê aumento das exportações
[06/07/2018] - MAPA tenta ampliar vendas aos árabes
[06/07/2018] - Arroba: consumo ainda segura a alta do boi
[06/07/2018] - Reposição começa a se movimentar
[06/07/2018] - Pecuaristas do MS pedem redução do ICMS
[06/07/2018] - Proibição de exportação é adiada novamente

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br