Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
142,00 130,00 136,00
GO MT RJ
131,00 128,00 130,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1270,00
Garrote 18m 1520,00
Boi Magro 30m 1820,00
Bezerra 12m 960,00
Novilha 18m 1160,00
Vaca Boiadeira 1330,00

Atualizado em: 17/7/2018 10:52

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

JBS: governador promete cobrar R$ 500 milhões

 
 
 
Publicado em 04/09/2017

A JBS é ré confessa e o Governo de Mato Grosso do Sul vai pedir o ressarcimento de valores à empresa. É o que afirma o chefe do Executivo estadual, Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta segunda-feira, dia 4.

A estimativa é que, contando todos os termos de acordos firmados entre Estado e empresa, chegue-se ao valor de R$ 500 milhões.

Uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Assembleia Legislativa de MS investitga a concessão de incentivos fiscais à empresas ao longo da última e atual administrações estaduais.

Até agora, o que se confirma, inclusive pela própria JBS, é que a empresa não investiu o que se comprometeu em contrapartida aos incentivos recebidos.

"Com certeza iremos pedir o ressarcimento dos recursos. Eles já mostraram que são réus confessos, não cumpriram os investimentos dos acordos". O pedido de retorno aos cofres públicos, no entanto, ainda não será feito neste momento.

Tudo porque, conforme Azambuja, a Controladoria, Procuradoria-Geral e o Fisco do governo estão fazendo levantamento dos recursos e acordos firmados com a JBS, "assim como a CPI". "Estamos avaliando todos os processos e, no momento oportuno, iremos pedir o dinheiro de volta", disse.

Reinaldo afirma que endureceu critérios para conceder incentivos fiscais. Lembrou de um decreto publicado este ano "tornando as regras de fiscalização mais rígidas". Um projeto de lei neste sentido também vai ser enviado à Assembleia Legislativa, afirma. Além disso, a aprovação da convalidação dos incentivos, pelo Senado, traz "uma nova realidade" aos processos.

O projeto trata da regularização de incentivos, isenções e benefícios fiscais oferecidos pelos estados ao longo dos anos em desacordo com a legislação vigente. Até então, cada unidade federativa tinha seu próprio regramento para atrair empresas, o que, em alguns casos, tornava a concorrência desleal, o que gerava a chamada "guerra fiscal".

As quatro visitas que a CPI agendou para fazer em unidades da JBS foram canceladas. Isto porque, a própria empresa confirmou que não adotou as exigências previstas nos contratos, para melhoria do local e investimentos no Estado.

Seriam vistoriadas as duas sedes que a empresa mantém em Campo Grande, uma em Ponta Porã e outra em Cassilândia.

Agora, o colegiado decidiu continuar a previsão de visitas e só no fim dos trabalhos vai requisitar o ressarcimento de valores. Com informações do Campo Grande News.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[17/07/2018] - Exportações batem recorde de outubro de 2014
[17/07/2018] - Arroba: boi deveria subir mais
[17/07/2018] - Carne não sobe e reduz margem do frigorífico
[17/07/2018] - MT: 300 mil animais tiveram que ser revacinados
[17/07/2018] - Preços do milho sem direção definida
[16/07/2018] - Lula teria pedido para agilizar verba para a JBS
[16/07/2018] - Arroba: frigoríficos oferecem acima da referência

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[16/07/2018] - Reposição ganhou força
[16/07/2018] - Exportações de boi em pé cresceram 84%
[16/07/2018] - Exportações do Agro seguem firmes, apesar da greve
[13/07/2018] - Arroba: frigoríficos cm dificuldade para comprar
[13/07/2018] - Preço da carne continua caindo no varejo
[13/07/2018] - STF nega liminar que suspenderia tabela de frete
[13/07/2018] - Frete: aprovação não derruba ações judiciais
[13/07/2018] - O Brasil ganha ou perde com a guerra comercial?
[13/07/2018] - Preço do milho recua e pode cair mais
[13/07/2018] - CNA: campo precisa entrar na política de segurança
[12/07/2018] - Arroba subiu, frigoríficos já pagam mais
[12/07/2018] - CEPEA: arroba em alta, carne em baixa
[12/07/2018] - Frigoríficos apostam em retomada das exportações
[12/07/2018] - Abates batem recorde positivo no MT após a greve
[12/07/2018] - PIB da Pecuária recua no MT mas deve se recuperar
[12/07/2018] - Câmara aprova tabela de frete
[12/07/2018] - Senado aprova tabela de frete em tempo recorde
[12/07/2018] - Lactalis vai produzir marca francesa no Brasil
[11/07/2018] - Arroba: frigoríficos não acham boi para comprar
[11/07/2018] - Carne bovina deve subir mais
[11/07/2018] - Leite pára de subir
[11/07/2018] - Custo deve subir até 50% com tabela de frete
[11/07/2018] - Frete alto dificulta entrega de fertilizantes
[11/07/2018] - JBS: Noruega decide não investir e cita corrupção
[11/07/2018] - Polpa cítrica: oferta está menor
[10/07/2018] - Quem quer vender boi a R$ 150 a arroba?
[10/07/2018] - Consumo de carne bovina segue devagar
[10/07/2018] - Proibição da exportação pode ser votada hoje
[10/07/2018] - Inspeção privada tem data para começar no RS
[10/07/2018] - Crise e inflação podem piorar com tabela
[10/07/2018] - Tabelamento do frete pode ser aprovado hoje
[10/07/2018] - Doença que atinge o milho chegou ao Paraná
[10/07/2018] - Prefeitura fecha acordo para reabrir frigorífico
[09/07/2018] - Arroba: feriado em SP pode puxar cotação do boi
[09/07/2018] - Proibição das exportações pode parar na Justiça
[09/07/2018] - Milho: compradores esperam que preços caiam
[09/07/2018] - Brasil precisa vender melhor lá fora
[06/07/2018] - Consultoria prevê aumento das exportações
[06/07/2018] - MAPA tenta ampliar vendas aos árabes
[06/07/2018] - Arroba: consumo ainda segura a alta do boi
[06/07/2018] - Reposição começa a se movimentar
[06/07/2018] - Pecuaristas do MS pedem redução do ICMS
[06/07/2018] - Proibição de exportação é adiada novamente
[06/07/2018] - Contra tabela, produtores compram caminhões
[06/07/2018] - Milho disparou. Para onde vão os preços?
[06/07/2018] - Crime: união com pecuaristas reduz furtos e roubos
[05/07/2018] - Arroba: frigoríficos já pagam acima da referência
[05/07/2018] - Preço da carne exportada bate recorde
[05/07/2018] - Carne bovina recupera espaço em relação ao frango
[05/07/2018] - Relator da tabela de fretes ignora produtores

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br