Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
146,00 131,00 141,00
GO MT RJ
138,00 133,00 140,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1310,00
Garrote 18m 1580,00
Boi Magro 30m 1990,00
Bezerra 12m 980,00
Novilha 18m 1180,00
Vaca Boiadeira 1350,00

Atualizado em: 23/1/2018 10:22

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

MT faz operação sanitária na fronteira boliviana

 
 
 
Publicado em 11/09/2017

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) inicia na terça-feira (12), uma operação inédita de vigilância veterinária e fiscalização na faixa de 15 Km denominada “Área de Vigilância da Fronteira com a República da Bolívia”. O objetivo é reduzir o risco de introdução e/ou instalação de doenças exóticas e pragas quarentenárias já erradicadas no território mato-grossense. Pouco antes do início das atividades, às 09h, a equipe do Indea entregará seis caminhonetes adquiridas por meio do convênio com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Sindicato Rural de Cáceres.

A nova estratégia de fiscalização móvel de trânsito e no acompanhamento de bovinos que embarcam e desembarcam será implementada em estabelecimentos rurais, áreas de posse e reservas indígenas dos municípios de Cáceres, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade, bem como, aqueles que, devido a vínculo epidemiológico, representam risco sanitário aos rebanhos mato-grossenses.

Toda a ação foi desenvolvida em consonância com Mapa, alicerçado pela Guia Técnica de Trabalho para a última etapa do Programa Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa.

“Estamos substituindo a fiscalização que hoje fazemos, parados nas barreiras apenas fiscalizando os veículos que passam durante todo o ano, por essa ação proativa de ida até as fazendas. A nossa motivação é que temos de ser mais efetivos no controle de trânsito e minimizar os riscos, além de aumentar os nossos dados de vigilância na região para podermos avançar para o estágio de retirada da vacinação”, explica a diretora técnica do Indea-MT, médica veterinária Daniella Bueno.

Ainda de acordo com veterinária, o plano de retirada da vacinação contra Febre Aftosa gera a necessidade de planejar e implantar uma fase de transição para a continuidade destas atividades e, também, no contexto de integração dos programas sanitários, o que exige uma mudança de paradigmas nos serviços de defesa sanitária animal. “Foi neste sentido que criamos esta nova estratégia de fiscalização, de modo que nos permita alcançar, com ainda mais segurança e rapidez, o objetivo do programa nacional de erradicação da doença”, ressalta.

Toda a execução da operação será realizada por seis equipes compostas por dois servidores do Indea, sendo um deles, médico veterinário, que utilizarão as instalações das Barreiras Sanitárias já construídas na região da fronteira como pontos de apoio de onde partirão diariamente para acompanhar os embarques e desembarques de bovinos das propriedades alvo da vigilância.

Além desta atividade, também serão realizadas diariamente fiscalizações volantes de trânsito, que serão executadas por quatro equipes compostas por dois servidores e mais dois policiais militares.

Para chegar ao resultado que será implementado a partir do dia 12, a equipe do Indea-MT realizou no início do mês algumas reuniões com representantes do setor produtivo e produtores rurais nos municípios de Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda e Cáceres.

O objetivo foi debater o assunto e desenvolver um bom relacionamento com os produtores rurais da região no sentido de buscar o apoio comunitário para desenvolvimento das atividades de defesa sanitária em prol do fortalecimento e expansão do setor agropecuário de Mato Grosso. Com informações do Olhar Direto.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[23/01/2018] - Arroba: pressão de baixa vai continuar?
[23/01/2018] - Frigoríficos já dão sinais de recuperação
[23/01/2018] - E para o pecuarista? Como será 2018?
[23/01/2018] - JBS vai devolver Funrural descontado a mais
[23/01/2018] - JBS perde mercado depois de escândalos
[23/01/2018] - Dona da JBS pode confessar mais um crime
[23/01/2018] - Leite: qual a perspectiva para o produtor?
[23/01/2018] - É hora de comprar farelo de soja?
[23/01/2018] - Governo oficializa dose menor de vacina
[23/01/2018] - Maggi acha difícil fechar acordo Mercosul-UE
[23/01/2018] - Maggi: competidores tentam prejudicar nossa imagem

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[22/01/2018] - Arroba: frigoríficos pressionam o pecuarista
[22/01/2018] - Carne: mercado ainda não está bom
[22/01/2018] - Exportações de carne batem recorde no Mato Grosso
[22/01/2018] - Alckmin veta a absurda Segunda sem Carne
[22/01/2018] - Abates subiram no MT em 2017
[22/01/2018] - Quadrilha usa violência para roubar gado
[22/01/2018] - O Funrural vai mudar a arroba do boi?
[22/01/2018] - Sem terra invadem fazendas em protesto por Lula
[22/01/2018] - Embrapa vive crise com folha de pagamento inchada
[22/01/2018] - Sem crédito, produtor recorre ao consórcio
[15/12/2017] - Arroba: frigoríficos correm atrás de boi
[15/12/2017] - Carne sobe e está no maior preço do ano
[15/12/2017] - Exportações de carne podem bater novo recorde
[15/12/2017] - CNA: manutenção de vacina complica vendas aos EUA
[15/12/2017] - Senado aprova Lei do Funrural mas Temer deve vetar
[15/12/2017] - Produtor foi expulso de terras por indígenas
[15/12/2017] - Índios são usados para obter verbas públicas
[15/12/2017] - ARTIGO: Governo é dono de 47% das terras do País
[15/12/2017] - Esvaziada, CPMI da JBS acaba
[14/12/2017] - Arroba: altas são generalizadas
[14/12/2017] - Arroba: frigoríficos têm dificuldade para comprar
[14/12/2017] - Exportações de carne seguem fortes em dezembro
[14/12/2017] - Exportações de carne do MT batem recorde
[14/12/2017] - Abates cresceram 9% no terceiro trimestre
[14/12/2017] - MAPA cede e facilita importação de trigo russo
[13/12/2017] - Arroba: frigoríficos estão precisando comprar boi
[13/12/2017] - Reposição ganha força com a chegada das chuvas
[13/12/2017] - Exportação de gado subiu quase 32% em 2017
[13/12/2017] - Agência prevê 2018 melhor para os frigoríficos
[13/12/2017] - Mercosul cede, mas UE adia acordo para 2018
[13/12/2017] - Brasil trabalha forte para abrir mercado britânico
[13/12/2017] - Maggi crê que mercado dos EUA será reaberto logo
[13/12/2017] - Argentina ganha espaço entre os exportadores
[13/12/2017] - JBS deverá devolver terreno de frigorífico no MT
[13/12/2017] - Câmara conclui aprovação da Lei do Funrural
[13/12/2017] - Famato pede prorrogação para inscrição no CAR
[13/12/2017] - MST invade fazenda recém-desocupada no Paraná
[12/12/2017] - Exportações de carne bovina: recorde histórico
[12/12/2017] - MAPA vai atender exigências dos russos
[12/12/2017] - Arroba: frigoríficos tentam segurar alta do boi
[12/12/2017] - Produção de carne fica estável no MS
[12/12/2017] - Frigoríficos criticam imposto menor para o boi
[12/12/2017] - Mais um processo contra a JBS e Wesley Batista
[12/12/2017] - UE quer abertura, mas carne bovina ainda é entrave
[11/12/2017] - Operação da PF investiga propina da JBS a fiscal
[11/12/2017] - Arroba continua a subir com firmeza
[11/12/2017] - Carne sobe e melhora perspectiva para o boi
[11/12/2017] - Reposição começa a se agitar no Tocantins
[11/12/2017] - Acordo com a UE pode ser anunciado até o dia 21
[11/12/2017] - Missão oficial de Hong Kong inspeciona frigorífico

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br