Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
149,00 144,00 144,00
GO MT RJ
142,00 134,00 144,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1350,00
Garrote 18m 1570,00
Boi Magro 30m 1940,00
Bezerra 12m 970,00
Novilha 18m 1160,00
Vaca Boiadeira 1380,00

Atualizado em: 15/10/2018 13:59

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Ministro diz que efeito da Carne Fraca já passou

 
 
 
Publicado em 01/11/2017

Quase oito meses após a Operação Carne Fraca, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse que os volumes e os valores das vendas da carne brasileira foram recuperados no mercado internacional.

Segundo o ministro, o efeito da Carne Fraca na balança comercial "é desprezível neste momento". Maggi participou ontem de audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, para apresentar as medidas adotadas pela pasta após a operação.

De acordo com os dados apresentados por Maggi, logo após a operação, a média diária das exportações desses produtos caiu de aproximadamente US$ 60 milhões para US$ 74 mil nas primeiras semanas. Segundo ele, o mercado se recuperou. "Depois dessa confusão da Carne Fraca {não só ministro, mas associações} tivemos que voltar nesses mercados e reafirmar nossos compromissos, reafirmar que o sistema brasileiro é bom, é forte e tem condições de continuar no mercado mundial".

De 93 compradores, 90 estão com o mercado aberto. Desses, 33 estão com o comércio regular e 56 estão com suspensão parcial ou inspeção reforçada. Pelo menos 25 países fecharam o mercado e acabaram abrindo posteriormente. Três países não retomaram as importações: Zimbábue, Trindade e Tobago e Santa Lúcia. A República do Congo integrava essa lista até anteontem, mas o ministro diz que o país já se comprometeu a retomar as compras.

Segundo o ministério, os mercados atualmente abertos representaram cerca de US$ 14,21 bilhões ou 99,8% dos valores exportados em carnes, no ano de 2016. As restrições impostas às exportações de carnes do Brasil foram retiradas pelos principais compradores do produto brasileiro. "Na União Europeia agora 100% dos containeres são abertos e são feitas análises para ver se estão em conformidade. Mesmo com esse rigor, não tivemos problemas maiores", disse o ministro.

Em relação aos países que seguem fechados, Maggi diz que enviou uma carta na semana passada a cada um deles explicando o contexto atual e dizendo que espera que voltem a importar o produto brasileiro.A Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, teve início em 17 de março deste ano e desarticulou um esquema de corrupção envolvendo fiscais agropecuários e donos de frigoríficos nos estados do Paraná, Minas Gerais e Goiás.

Segundo as investigações da PF, os fiscais alvos da operação recebiam propina das empresas para emitir certificados sanitários sem fiscalização efetiva da carne, o que permitia a venda de produtos com prazo de validade vencido.

Logo que a operação foi deflagrada, o Brasil recebeu 374 comunicados oficiais envolvendo demandas de 93 países. "Montamos uma força tarefa para esclarecer parte a parte, país a país o que estava acontecendo. O máximo de transparência é necessário para que não se perca nenhum mercado", disse Maggi aos parlamentares.  Com informações do Diário de Cuiabá.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[15/10/2018] - Abílio Diniz é indiciado pela Carne Fraca
[15/10/2018] - Incêndio fecha unidade do Marfrig
[15/10/2018] - JBS tenta levantar US$ 500 mi para rolar dívidas
[15/10/2018] - Arroba: frigoríficos estão testando o mercado
[15/10/2018] - Reposição: preços vão subir?
[15/10/2018] - Carne recua no atacado
[15/10/2018] - Milho: compradores se retraem e preço cai
[15/10/2018] - Leite: preço afasta pecuaristas da atividade
[15/10/2018] - Confusão sobre Refis do Funrural só aumenta
[15/10/2018] - STF mantém liberação de gado em Santos
[15/10/2018] - Invasão de índios à Funai termina em morte

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/10/2018] - Exportações do Agro devem chegar a R$ 100 bi
[11/10/2018] - Exportações de carne bovina devem bater R$ 7 bi
[11/10/2018] - Arroba: frigoríficos pressionam e mercado trava
[11/10/2018] - CEPEA: preço do boi oscila com força
[11/10/2018] - EUA batem recorde na exportação de carne
[10/10/2018] - Aliado detalha propostas de Bolsonaro para o Agro
[10/10/2018] - Bancada vai ao RJ para dar apoio a Bolsonaro
[10/10/2018] - Arroba: confinamento pressiona cotação do boi
[10/10/2018] - Preço da carne não caiu
[10/10/2018] - Leite: primeira queda em sete meses
[10/10/2018] - Custo para produzir leite continua subindo
[10/10/2018] - Novas regras devem facilitar o SISBOV
[10/10/2018] - Mato Grosso bate recorde de exportação de carne
[10/10/2018] - Senado deixa Funrural para o último dia
[09/10/2018] - Arroba: frigoríficos testam o mercado
[09/10/2018] - Carne tem preço firme no varejo
[09/10/2018] - Abrafrigo: exportações bateram recorde histórico
[09/10/2018] - Exportação começa outubro mantendo ritmo
[09/10/2018] - UE comprará mais carne bovina dos EUA
[09/10/2018] - Exportação de couro cresceu quase 20%
[09/10/2018] - Leite: preço do longa vida continua recuando
[09/10/2018] - JBS dobra capacidade em duas unidades
[09/10/2018] - CNA tenta cancelar audiência sobre frete
[08/10/2018] - Bolsonaro e Haddad farão segundo turno
[08/10/2018] - Como fica a Bancada do Agro após as eleições?
[08/10/2018] - JBS sofre processo por carne contaminada
[08/10/2018] - Arroba: frigoríficos pisam no freio
[08/10/2018] - Queda do dólar chega ao farelo de soja
[08/10/2018] - Milho: preço cai com retração compradora e dólar
[08/10/2018] - MAPA investiga multas canceladas
[08/10/2018] - Paraná deve antecipar retirada da vacina
[05/10/2018] - BB vê ótimas perspectivas para carne bovina
[05/10/2018] - Arroba: mercado sem força para cair
[05/10/2018] - Qual a perspectiva para os preços de reposição?
[05/10/2018] - Preço da carne pára de subir
[05/10/2018] - Para onde vão os preços do leite?
[05/10/2018] - Italac negocia fusão e acirra guerra pelo leite
[05/10/2018] - Deputado diz que prazo do Refis será prorrogado
[05/10/2018] - Foco de aftosa tira certificado da Colômbia
[04/10/2018] - Arroba: exportações firmes sustentam o boi
[04/10/2018] - Arroba: oferta curta segue puxando o boi
[04/10/2018] - JBS faz recall de carne por suspeita de salmonela
[04/10/2018] - Leite: pressão de baixa sobre o longa vida
[04/10/2018] - Milho: preços recuam
[04/10/2018] - A confusão sobre o fim do Refis do Funrural
[03/10/2018] - Sauditas vão importar boi e carne do Brasil
[03/10/2018] - Arroba continua em alta, sem sinal de virada
[03/10/2018] - Leite: depois de 7 meses, preço caiu
[03/10/2018] - Queda de postes mata 18 vacas no RS
[02/10/2018] - Exportações de carne bovina batem novo recorde

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br