Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
151,00 141,00 146,00
GO MT RJ
139,00 136,00 146,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1380,00
Garrote 18m 1650,00
Boi Magro 30m 2000,00
Bezerra 12m 1020,00
Novilha 18m 1250,00
Vaca Boiadeira 1420,00

Atualizado em: 17/12/2018 10:49

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Produtor rural já sofreu 20 assaltos

 
 
 
Publicado em 07/03/2018

A escalada de violência que atinge o Brasil deixou de ser uma característica das grandes cidades e hoje também se espalha pelo campo. Os crimes em propriedades rurais colocam em risco o desenvolvimento de regiões produtoras que têm dado suporte à economia do país.

O produtor rural Walfredo Pereira de Oliveira retrata bem essa realidade. Sua propriedade, na zona rural de Brazlândia, no Distrito Federal, foi alvo de quadrilhas por 20 vezes. No episódio mais recente, 18 pessoas, entre familiares e funcionários, foram rendidos e mantidos confinados. Os bandidos fugiram, levando carros, celulares e dinheiro, num prejuízo estimado em R$ 200 mil.

“Eles estão de olho nos nossos insumos. Não foi o caso agora, mas estão atrás disso, procurando levar nossos instrumentos de trabalho, de valor agregado alto”, diz Oliveira, que se queixa da situação delicada em que sua família vem sendo colocada, sem ter a quem pedir socorro.

Na região de Brazlândia, ao menos seis propriedades já foram atacadas por criminosos nos últimos meses. O batalhão local de polícia rural conta com 50 policiais e quatro viaturas. O capitão Rafael Cunha afirma que é difícil impedir a ação das quadrilhas sem a ajuda da comunidade, que se une através do uso da internet e grupos de WhatsApp.

"O policiamento rural não tem as mesmas características do policiamento urbano. Esses grupos fazem com que a polícia esteja mais presente nas comunidades”, diz o capitão. Ele conta que, quando solicitado, a polícia faz uma visita comunitária, levantando informações. nos solicita a gente manda uma visita comunitária, para levantar dados e dar dicas de segurança. “O patrulhamento cotidiano existe, mas é complicado a gente cobrir 30% do Distrito Federal com quatro viaturas”.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Paz Social, os produtores do DF aparecem com frequência nas estatísticas de violência. Em 2017, foram registrados ao menos dois casos diários de furtos ou assaltos em propriedade rurais: no total, foram registrados durante o ano 101 roubos e 749 furtos.

Armas

A liberação do uso de armas no campo é defendida pelo Legislativo como alternativa para combater a violência nas áreas rurais. Já são quatro propostas em tramitação: três na Câmara e uma no Senado Federal.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que pretende colocar um dos projetos em votação ainda neste semestre. Ele afirma que uma das pautas é chegar a um texto que garanta a proteção da população sem ampliar o desarmamento de forma “desenfreada”. “Está se avançando e eu acho que em pouco tempo, 30, 40 dias vai estar o projeto pronto”, diz.

Para o capitão Rafael Cunha, o projeto de lei que garante o porte de arma é importante para a segurança. “É um aliado, mas cabe ressaltar que o produtor precisa ter o registro da arma, e ela tem que estar legalizada, enquadrada no calibre que é autorizado a ele”, diz. Ele ainda lembra que é preciso atenção ao local onde a arma será acondicionada, mantendo-a longe do alcance de crianças e de pessoas que não estejam habilitadas. Com informações do Canal Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[17/12/2018] - BOLETIM NOTÍCIAS DA PECUÁRIA EM RECESSO
[14/12/2018] - Arroba: frigoríficos continuam procurando boi
[14/12/2018] - Arroba sobe forte no RJ
[14/12/2018] - Agência otimista com a situação do Minerva
[14/12/2018] - Leite: importações podem ser suspensas
[14/12/2018] - CNA pede ao STF decisão urgente sobre frete
[14/12/2018] - Incerteza sobre frete trava negócios

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[13/12/2018] - Fux volta atrás e tabela de fretes volta a valer
[13/12/2018] - CNA recorrerá contra tabela do frete
[13/12/2018] - Líder dos caminhoneiros agradece Fux
[13/12/2018] - Exportações de gado em pé cresceram 80%
[13/12/2018] - Arroba chega ao maior valor do ano
[13/12/2018] - Abates de novilhas batem recorde
[13/12/2018] - Abates bovinos cresceram 7% em um ano
[13/12/2018] - Exportações poderiam ter crescido mais
[13/12/2018] - Leite: longa vida tem preços estáveis
[13/12/2018] - Mercado do leite está estagnado
[13/12/2018] - Onde criar gado é correr risco de vida
[12/12/2018] - Exportações devem bater recorde em 2019
[12/12/2018] - Arroba: frigoríficos precisam de boi para o Natal
[12/12/2018] - Para onde vai o preço da reposição?
[12/12/2018] - Fracassa leilão de frigorífico em SP
[12/12/2018] - Venda da parte do BNDES na JBS ficou para 2019
[12/12/2018] - Ruralistas nunca foram contra ambiente e índios
[12/12/2018] - Deputados querem prorrogar o Refis do Funrural
[11/12/2018] - PF investiga propina da JBS a Aécio Neves
[11/12/2018] - Árabes aumentam pressão sobre Bolsonaro
[11/12/2018] - Caminhoneiros temem falta de apoio para greve
[11/12/2018] - Arroba: festas de final de ano puxam o boi
[11/12/2018] - Oferta curta valoriza preço da reposição
[11/12/2018] - Alta no atacado puxa preço da carne no varejo
[11/12/2018] - Exportações de carne: dezembro começa forte
[10/12/2018] - Caminhoneiros protestam contra decisão do STF
[10/12/2018] - Arroba do boi segue subindo
[10/12/2018] - Atacado da carne tem recorde de preço
[10/12/2018] - Marfrig será líder global em hambúrguer
[10/12/2018] - Leite: oferta aumentou e derrubou preço
[10/12/2018] - MG terá nova referência para o preço do leite
[10/12/2018] - Milho: preços seguem firmes
[10/12/2018] - Agro dá apoio ao novo ministro do Meio Ambiente
[07/12/2018] - STF impede multa por desrespeito à tabela do frete
[07/12/2018] - Mais uma greve dos caminhoneiros?
[07/12/2018] - Arroba do boi ganha força na alta
[07/12/2018] - Mercado do boi está devagar em SC
[07/12/2018] - Marfrig fecha compra de unidades da BRF
[07/12/2018] - Tereza: produtor deve ser pago para preservar
[07/12/2018] - Milho deve ficar mais caro em 2019
[07/12/2018] - Funai irá para o Ministério dos Direitos Humanos
[06/12/2018] - Arroba do boi voltou a subir em São Paulo
[06/12/2018] - Exportação de boi em alta em novembro
[06/12/2018] - Boi deve subir no Mato Grosso
[06/12/2018] - Há frigoríficos pagando mais pelo boi
[06/12/2018] - CNA pede suspensão de multas por tabela
[06/12/2018] - Custos devem derrubar PIB do Agro em 2018
[06/12/2018] - Dívida do Funrural será extinta?
[06/12/2018] - Minerva nega oferta para comprar ativos da BRF
[06/12/2018] - Prazo para o CAR termina em 31 de dezembro

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br