Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
156,00 143,00 148,00
GO MT RJ
143,00 142,00 144,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1430,00
Garrote 18m 1720,00
Boi Magro 30m 2100,00
Bezerra 12m 1080,00
Novilha 18m 1350,00
Vaca Boiadeira 1480,00

Atualizado em: 22/4/2019 10:08

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

UE ameaça aumentar embargo à carne brasileira

 
 
 
Publicado em 06/04/2018

Descontente com as respostas dadas pelo Ministério da Agricultura em relação à Operação Trapaça, a União Europeia já sinalizou ao governo brasileiro que se prepara para barrar de maneira definitiva todas as importações de carne de frango da BRF, apurou o Valor. A situação mobilizou o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que irá para Bruxelas, neste fim de semana, para tentar evitar o embargo definitivo à empresa.

A BRF não deve ser a única prejudicada. Considerada "drástica" por técnicos do serviço sanitário brasileiro, a medida também pode atingir um abatedouro da Seara, da JBS, além de frigoríficos de cooperativas. Fábricas de mel, unidades produtoras de pescados e de carne bovina também podem ser atingidas pela barreira, disse uma fonte.

No setor privado, há quem acredite que o embargo definitivo europeu pode ser mais ameno. "Não se sabe se eles vão vetar somente as três fábricas da BRF", disse outra fonte, citando os frigoríficos da empresa em Mineiros (GO), Rio Verde (GO) e Carambeí (PR). Irregularidades nas três unidades são investigadas na Operação Trapaça, que apura suposta fraude nas análises de salmonela em frango, envolvendo a BRF e laboratórios.

Ainda que fique restrito às três unidades, o embargo definitivo tem um peso grande. Para reabilitar as unidades para a exportação, o Ministério da Agricultura levaria mais de um ano. Assim, a BRF perderia espaço em um mercado que paga preços mais elevados.

Na União Europeia, a ideia é que o Comitê Permanente de Controle de Plantas, Animais, Alimentos e Condições de Importação da Comissão Europeia coloque em votação essas possíveis barreiras às carnes brasileiras já em suas próximas reuniões, marcadas para os dias 18 e 19 de abril.

Mas as unidades da BRF podem ser "deslistadas" antes disso, segundo informações de importadores europeus. Por esse motivo, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, irá às pressas a Bruxelas, já neste sábado, na tentativa de evitar que o bloco europeu adote a sanção. "Já pedi uma audiência com os europeus e estou indo este fim de semana para Bruxelas, mas não tenho como antecipar qualquer conversa", disse o ministro ontem em cerimônia para comemorar o status de país livre de febre aftosa com vacinação.

"Nosso serviço sanitário esteve há duas semanas por lá esclarecendo que as investigações da Operação Trapaça são anteriores à Carne Fraca", acrescentou.

Maggi comentou a interlocutores que está disposto a ficar em Bruxelas até que seja recebido pelas autoridades e consiga avançar nas negociações. Para fontes do governo, os europeus aproveitam o momento para adotar medidas protecionistas. "Poderiam suspender e somente voltar a comprar quando tivessem certeza de que tudo estaria novamente sob controle", disse uma fonte.

Procurados, o Ministério da Agricultura e a BRF não quiseram comentar. A JBS afirmou não ter recebido qualquer informação sobre embargo do bloco europeu. Com informações do Valor.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[22/04/2019] - Doença na China pode ajudar pecuaristas do Brasil
[22/04/2019] - Arroba perde força mas oferta está curta
[22/04/2019] - Como está o mercado do boi no Maranhão?
[22/04/2019] - Caminhoneiros estão divididos sobre greve
[22/04/2019] - Caminhoneiros: governo enfrenta negociação difícil
[22/04/2019] - Milho cai ao menor valor desde novembro
[22/04/2019] - Produtores rurais argentinos criticam Macri

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[18/04/2019] - Arroba: não tem espaço para baixa
[18/04/2019] - Melhorou cenário para o confinamento?
[18/04/2019] - Chuvas puxam preço do boi no Mato Grosso
[18/04/2019] - Como está a reposição no Pará?
[18/04/2019] - RS procura mercados para exportar gado em pé
[18/04/2019] - Exportações: receita do frango supera carne bovina
[18/04/2019] - Caminhoneiros vão mesmo entrar em greve?
[18/04/2019] - Pecuaristas preocupados com a volta da aftosa
[17/04/2019] - Arroba: tem frigorífico pagando mais
[17/04/2019] - Carne: varejo dá sinais de melhora
[17/04/2019] - Leite vai continuar subindo?
[17/04/2019] - Especialistas defendem prazo maior para o CAR
[17/04/2019] - Governo quer destravar o crédito rural
[16/04/2019] - Arroba: alta perdeu força
[16/04/2019] - É hora de vender o boi?
[16/04/2019] - Carne: preços não têm força para subir
[16/04/2019] - Exportações estão mais fracas em abril
[16/04/2019] - China fala em ampliar compras de carne do Brasil
[16/04/2019] - Rússia adia visita que liberaria mais frigoríficos
[16/04/2019] - Bertin terá que explicar negócio com a JBS
[16/04/2019] - Banco prevê alta forte para ações da JBS
[16/04/2019] - PIB do Agro deverá crescer mais que o previsto
[16/04/2019] - Nova Previdência trará investimentos para o Agro
[16/04/2019] - Governo anuncia pacote para evitar greve
[16/04/2019] - Caminhoneiros se dizem insatisfeitos com ajuda
[15/04/2019] - Invasões de terra caíram com Bolsonaro
[15/04/2019] - Arroba: preço não dá sinal de queda
[15/04/2019] - Reposição está ficando mais cara
[15/04/2019] - Bezerro está em falta no Mato Grosso
[15/04/2019] - JBS vale R$ 35 bilhões a mais após a delação
[15/04/2019] - Produtores rurais cobram aplicação de impostos
[15/04/2019] - Vai sobrar milho em 2019?
[12/04/2019] - Governo teme nova greve dos caminhoneiros
[12/04/2019] - Líder dos caminhoneiros elogia ação de Bolsonaro
[12/04/2019] - Arroba: boi segue em subindo com força
[12/04/2019] - Milho: como ficará a produção em 2019?
[12/04/2019] - Arroba em alta forte também no Pará
[12/04/2019] - Paraná vai debater fim da vacinação
[12/04/2019] - Crise chega forte à pecuária argentina
[11/04/2019] - Arroba: boi continua subindo sem parar
[11/04/2019] - CEPEA: uma mudança importante na arroba
[11/04/2019] - Exportação de gado em pé subiu em março
[11/04/2019] - Imposto sobre a carne sobe 140%
[11/04/2019] - Catástrofe sanitária pode beneficiar a JBS
[11/04/2019] - Lácteos: importações caíram com força em março
[11/04/2019] - Bolsonaro: Brasil está de braços abertos a árabes
[11/04/2019] - Qual opinião dos árabes sobre encontro?
[11/04/2019] - Bolsonaro enfrenta dilema com setor rural
[10/04/2019] - A arroba do boi vai continuar subindo?
[10/04/2019] - Arroba do boi em alta firme

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br