Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
151,00 138,00 145,00
GO MT RJ
137,00 137,00 144,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1380,00
Garrote 18m 1650,00
Boi Magro 30m 2000,00
Bezerra 12m 1020,00
Novilha 18m 1280,00
Vaca Boiadeira 1430,00

Atualizado em: 21/1/2019 09:46

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Exportações reagem e batem 110 mil toneladas

 
 
 
Publicado em 11/06/2018

As exportações totais de carne bovina (in natura e processada) reagiram em maio e voltaram a um patamar superior a 100 mil toneladas depois do tombo registrado em abril quando atingiram apenas 85 mil toneladas mesmo sem ainda contar com a Rússia, um dos maiores clientes do país, e cuja movimentação de produto está embargada desde dezembro passado. No mês passado, a comercialização atingiu a 111.502 toneladas e a receita a US$ 462 milhões, contra 113.281 toneladas e receita de US$ 465 milhões em 2017. Com isso, o saldo dos cinco primeiros meses do ano ainda é positivo: 617.000 toneladas exportadas com receita de US$ 2,39 bilhões, crescimento de 16% na quantidade e de 13% nos valores em relação a 2017 quando se movimentou 533.267 toneladas que renderam US$ 2,1 bilhões.

As informações são da Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO), que que compilou os dados finais de movimentação de maio, divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), através da SECEX/DECEX. Segundo a entidade, a greve dos caminhoneiros teve algum impacto na movimentação da carne bovina no mês passado, mas o mais importante é que se esperava o reinicio das compras pelo mercado russo, o que acabou não ocorrendo.

Os chineses, através da importação direta pelo continente e pela triangulação da movimentação feita por empresas do Hong Kong, continuam imbatíveis no ranking dos maiores compradores do produto brasileiro: nos cinco primeiros meses do ano importaram 267.705 toneladas contra 195.743 toneladas no mesmo período de 2017. Com isso a receita subiu de US$ 768,5 milhões ano passado para US$ 1,087 bilhão neste ano. Outros crescimentos importantes foram o do Egito, que já é o segundo maior cliente do país - de 29.241 toneladas importadas em 2017 foi para 42.334, com 124% de elevação; e o do Chile, que passou de 21.181 toneladas no ano passado para 42.334 toneladas neste ano, num aumento de quase 100%. Alta digna de registro também foi a do Paraguai que, em 2017, importou 1.869 toneladas de carne bovina brasileira até maio e em 2018 já saltou para 8.718 toneladas (+ 366%).

Entre os recuos mais importantes nas importações, depois da Rússia, que até maio havia adquirido 62 mil toneladas de carne bovina no ano passado e zerou suas compras em 2018, estão os do Irã (-33,7%), de 43.010 toneladas para 28. 524 toneladas neste ano; e da Arábia Saudita (-39%), de 23.981 para 14.528 no mesmo período analisado. No total, segundo a ABRAFRIGO, 82 países aumentaram as suas aquisições enquanto que outros 46 reduziram. Com informações da Abrafrigo e do Notícias Agrícolas.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[21/01/2019] - Exportações do Agro passam de US$ 100 bi
[21/01/2019] - Arroba: como está o boi em 2019?
[21/01/2019] - Após denúncias, fiscalização está mais rigorosa
[21/01/2019] - JBS: frigorífico reabre após ser fechado pelo MAPA
[21/01/2019] - Como está o preço do milho?
[21/01/2019] - ANTT publica nova tabela de frete
[21/01/2019] - Armas: produtor rural aprovou a liberalização?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[14/12/2018] - Arroba: frigoríficos continuam procurando boi
[14/12/2018] - Arroba sobe forte no RJ
[14/12/2018] - Agência otimista com a situação do Minerva
[14/12/2018] - Leite: importações podem ser suspensas
[14/12/2018] - CNA pede ao STF decisão urgente sobre frete
[14/12/2018] - Incerteza sobre frete trava negócios
[13/12/2018] - Fux volta atrás e tabela de fretes volta a valer
[13/12/2018] - CNA recorrerá contra tabela do frete
[13/12/2018] - Líder dos caminhoneiros agradece Fux
[13/12/2018] - Exportações de gado em pé cresceram 80%
[13/12/2018] - Arroba chega ao maior valor do ano
[13/12/2018] - Abates de novilhas batem recorde
[13/12/2018] - Abates bovinos cresceram 7% em um ano
[13/12/2018] - Exportações poderiam ter crescido mais
[13/12/2018] - Leite: longa vida tem preços estáveis
[13/12/2018] - Mercado do leite está estagnado
[13/12/2018] - Onde criar gado é correr risco de vida
[12/12/2018] - Exportações devem bater recorde em 2019
[12/12/2018] - Arroba: frigoríficos precisam de boi para o Natal
[12/12/2018] - Para onde vai o preço da reposição?
[12/12/2018] - Fracassa leilão de frigorífico em SP
[12/12/2018] - Venda da parte do BNDES na JBS ficou para 2019
[12/12/2018] - Ruralistas nunca foram contra ambiente e índios
[12/12/2018] - Deputados querem prorrogar o Refis do Funrural
[11/12/2018] - PF investiga propina da JBS a Aécio Neves
[11/12/2018] - Árabes aumentam pressão sobre Bolsonaro
[11/12/2018] - Caminhoneiros temem falta de apoio para greve
[11/12/2018] - Arroba: festas de final de ano puxam o boi
[11/12/2018] - Oferta curta valoriza preço da reposição
[11/12/2018] - Alta no atacado puxa preço da carne no varejo
[11/12/2018] - Exportações de carne: dezembro começa forte
[10/12/2018] - Caminhoneiros protestam contra decisão do STF
[10/12/2018] - Arroba do boi segue subindo
[10/12/2018] - Atacado da carne tem recorde de preço
[10/12/2018] - Marfrig será líder global em hambúrguer
[10/12/2018] - Leite: oferta aumentou e derrubou preço
[10/12/2018] - MG terá nova referência para o preço do leite
[10/12/2018] - Milho: preços seguem firmes
[10/12/2018] - Agro dá apoio ao novo ministro do Meio Ambiente
[07/12/2018] - STF impede multa por desrespeito à tabela do frete
[07/12/2018] - Mais uma greve dos caminhoneiros?
[07/12/2018] - Arroba do boi ganha força na alta
[07/12/2018] - Mercado do boi está devagar em SC
[07/12/2018] - Marfrig fecha compra de unidades da BRF
[07/12/2018] - Tereza: produtor deve ser pago para preservar
[07/12/2018] - Milho deve ficar mais caro em 2019
[07/12/2018] - Funai irá para o Ministério dos Direitos Humanos
[06/12/2018] - Arroba do boi voltou a subir em São Paulo
[06/12/2018] - Exportação de boi em alta em novembro
[06/12/2018] - Boi deve subir no Mato Grosso

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br