Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
147,00 142,00 140,00
GO MT RJ
137,00 133,00 143,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1370,00
Garrote 18m 1600,00
Boi Magro 30m 1970,00
Bezerra 12m 1000,00
Novilha 18m 1190,00
Vaca Boiadeira 1390,00

Atualizado em: 14/11/2018 10:38

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Fusão com Meio Ambiente é boa para o Agro?

 
 
 
Publicado em 31/10/2018

A fusão dos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente gerou dúvidas na Frente Parlamentar Agropecuária (FPA). Tendo apoiado publicamente o pesselista, a bancada ruralista espera mais facilidade de diálogo sobre as demandas do agronegócio com o novo governo, mas desmonstrava mais cautela em relação a unir os ministérios.

Ainda durante a campanha, a deputada Tereza Cristina, presidente do colegiado disse que seria preciso avaliar com clareza o modelo a ser adotado, já que a questão ambiental não se resume ao meio rural. E às vésperas da votação que lhe deu a vitória no segundo turno, Bolsonaro anunciou que estaria disposto a negociar e que a ideia seria revista.

Nesta terça-feira (30/10), a equipe do presidente eleito se reuniu no Rio de Janeiro (RJ) para dar os primeiros passos da transição e fazer os anúncios do dia sobre a estrutura do primeiro escalão. Enquanto isso, em Brasília (DF), a Frente Parlamentar fazia sua tradicional reunião semanal, em que discute sua estratégia de atuação.

Bolsonaro confirmou a fusão das duas pastas. Procurada pela reportagem da Globo Rural, já depois da decisão, a Frente Parlamentar Agropecuária informou pela assessoria que não comentaria o assunto.

Na reunião desta terça-feira, além de discutir o resultado das eleições, os integrantes da bancada ruralista definiram a pauta prioritária de projetos a serem votados no Congresso ainda neste ano. O principal é o PL 3279/2004, que cria novas regras para o licenciamento ambiental no Brasil.

Em relação ao governo eleito, os parlamentares discutiram propostas a serem feitas para a equipe de transição. Tereza Cristina explicou que o colegiado montou uma equipe para receber as sugestões dos parlamentares. E que já existe uma pauta pensada do que é importante para o setor agropecuário.

“Câmbio vai influenciar muito, frete já está influenciando muito a agricultura. Temos muitas coisas a serem discutidas e claro que, com um novo governo, uma nova política, um novo viés, a gente pode influenciar e muito para o bem da agropecuária brasileira”, avaliou a presidente da FPA. Segundo ela, há demandas também na área de crédito e de redução da burocracia.

Na entrevista, Tereza Cristina descartou haver qualquer negociação para indicar o ocupante do Ministério da Agricultura. Anteriormente, chegou a dizer que a FPA poderia sugerir dois ou três nomes para Bolsonaro. Nesta terça-feira, disse entender que isso é secundário, mesmo ressaltando ser um prestígio o grupo poder participar da discussão sobre o novo ministro.

“Mais do que um nome, é importante discutir como será a nossa participação, as sugestões que faremos para ele de políticas públicas para o setor do agronegócio e para a cadeia toda do agronegócio. O agronegócio não é só o Ministério da Agricultura”, frisou Tereza Cristina (DEM-RS), acrescentando que há pautas de interesse do setor em outros ministérios.

Tereza Cristina acredita que há bons nomes para chefiar a pasta e que não precisa ser, necessariamente, um parlamentar. A preocupação dos ruralistas, segundo ela, é com o perfil do ministro. Com informações do Globo Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[14/11/2018] - Exportações têm o terceiro maior valor da história
[14/11/2018] - Exportações puxam abates no terceiro trimestre
[14/11/2018] - Funrural leva JBS a prejuízo
[14/11/2018] - Arroba: feriado não puxou preço do boi
[14/11/2018] - Exportação de boi cai com crise na Turquia
[14/11/2018] - Paraná: está mais caro repor o gado
[14/11/2018] - CNA pede que multas por frete sejam suspensas

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[14/11/2018] - Carne Fraca ainda preocupa o MAPA
[13/11/2018] - Qual a previsão para a pecuária em 2019?
[13/11/2018] - Frigoríficos crêem em ano bom para eles
[13/11/2018] - STJ manda soltar Joesley Batista
[13/11/2018] - Arroba: prisão de Batista não afetou cotações
[13/11/2018] - Reposição: preços firmes para quem vende
[13/11/2018] - Atacado da carne segue sem definição
[13/11/2018] - Como estão as exportações em novembro?
[13/11/2018] - MAPA começa a fazer a transição
[13/11/2018] - Brasileiros vão à Venezuela combater a aftosa
[12/11/2018] - Justiça solta dois presos da Operação Capitu
[12/11/2018] - Operação começou por gravação com Geller
[12/11/2018] - Arroba: pressão de baixa diminuiu
[12/11/2018] - Carne: varejo segue devagar
[12/11/2018] - Milho sobe, depois de três meses de queda
[12/11/2018] - Tereza Cristina fala sobre o futuro do MAPA
[12/11/2018] - Minerva negocia investimento com árabes
[12/11/2018] - Crise não reduz consumo de carne na Argentina
[12/11/2018] - Mosca-dos-estábulos: como controlar?
[09/11/2018] - PF: Batista pagava para garantir monopólio à JBS
[09/11/2018] - Com Joesley preso, desconfiança volta à JBS
[09/11/2018] - Arroba: confinamento pressiona e o boi cai
[09/11/2018] - Preço do boi firme no RS
[09/11/2018] - Leite: segundo mês de queda para o produtor
[09/11/2018] - Leite: custo de produção tem leve queda
[09/11/2018] - Milho: pressão de baixa pode acabar
[09/11/2018] - Funrural: governo oficializa prazo até 31/12
[09/11/2018] - Tereza: frete não pode esperar até janeiro
[09/11/2018] - Descumprir tabela do frete: multa de R$ 10,5 mil
[08/11/2018] - Arroba: mercado está devagar
[08/11/2018] - CEPEA: alguns frigoríficos pagam mais pelo boi
[08/11/2018] - Consumo de leite segue fraco
[08/11/2018] - Tereza Cristina será a nova titular do MAPA
[08/11/2018] - Nova ministra quer defender a propriedade
[07/11/2018] - Arroba: alta da carne pode puxar o preço do boi
[07/11/2018] - Reposição em alta em Rondônia
[07/11/2018] - Irã e Egito querem importar gado do RS
[07/11/2018] - Bolsonaro: decisão sobre Israel não está tomada
[07/11/2018] - Sergio Moro defende punição contra invasões
[07/11/2018] - Bancada participa da transição de governo
[07/11/2018] - Bancada ruralista sai fortalecida das eleições
[07/11/2018] - Minerva anuncia prejuízo e culpa alta do dólar
[07/11/2018] - Marfrig: margem com carne em alta nos EUA
[06/11/2018] - Arroba: frigoríficos tentam pagar menos pelo boi
[06/11/2018] - Reposição sobe há 18 semanas
[06/11/2018] - CEPEA: lácteos seguem em queda
[06/11/2018] - JBS fecha acordo bilionário para vender carne
[06/11/2018] - Exportações do agro faturaram 10% mais
[06/11/2018] - Retaliação árabe traz apreensão ao mercado
[06/11/2018] - Marfrig reduz prejuízo

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br