Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
157,00 142,00 148,00
GO MT RJ
143,00 142,00 144,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1420,00
Garrote 18m 1700,00
Boi Magro 30m 2030,00
Bezerra 12m 1050,00
Novilha 18m 1300,00
Vaca Boiadeira 1470,00

Atualizado em: 18/4/2019 10:57

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

MAPA confirma redução de dose da vacina

 
 
 
Publicado em 06/02/2019

O Ministério da Agricultura atendeu a uma solicitação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e vai disponibilizar a nova vacina contra febre aftosa, em dose reduzida de 5 ml para 2 ml, na primeira etapa de imunização do rebanho, em maio deste ano.

Segundo o assessor técnico da Comissão de Bovinocultura de Corte da CNA, Ricardo Nissen, a vacina com menor dosagem reduzirá as reações (abcessos) nos animais e os impactos econômicos ao produtor rural.

“Quando o animal vai para o abate, se houver alguma inflamação causada pela vacina, a parte afetada é retirada da carcaça antes de ser pesada e isso gera prejuízo ao pecuarista. A ideia da nova fórmula é que esse impacto seja zero ou o menor possível”.

Ricardo explica que o produtor perde, em média, 2 a 3 quilos de carne por animal abatido, quando as lesões provocadas pela vacinação são encontradas. “O pecuarista já possui gasto com a compra da vacina e não é ressarcido pela carne descartada”.

Em julho de 2017, a CNA assinou uma nota técnica pedindo a mudança na composição da vacina com a redução do volume da dose e a retirada da substância saponina.

De acordo com o calendário nacional, os estados brasileiros devem vacinar todo o rebanho bovino e bubalino em maio. Acre, Espírito Santo e Paraná, que aplicam apenas em animais jovens (de até 24 meses de idade), Amapá, que faz a imunização somente no segundo semestre, e Santa Catarina, livre de febre aftosa sem vacinação, são as exceções.

Retirada da vacina – Em 2018 o Brasil foi reconhecido pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) como país livre de febre aftosa com vacinação. A próxima etapa é obter o status livre da doença sem a vacina.

Para isso, o Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA) do Ministério da Agricultura dividiu o país em cinco blocos e propôs um cronograma para a retirada:

Bloco 1 (AC e RO)

- Maio de 2019 - última data para vacinação.

Bloco 2 (AM, PA E RR) e Bloco 3 (todos os estados do NE, com exceção de SE e BA)

- Maio de 2020 – última data para vacinação.

Bloco 4 (BA, SE, ES, RJ, MG, SP, GO, DF, e TO) e Bloco 5 (MS, MT, PR¹, RS e SC²)

- Maio de 2021 – última data para vacinação.

¹O Ministério da Agricultura aprovou no ano passado o pedido do Paraná de antecipar para novembro de 2019 a retirada da vacinação. O estado continuará integrando o bloco 5 no PNEFA.

²Atualmente, Santa Catarina é o único estado com reconhecimento de área livre sem vacinação.  Com informações da CNA.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[17/04/2019] - Arroba: tem frigorífico pagando mais
[17/04/2019] - Carne: varejo dá sinais de melhora
[17/04/2019] - Leite vai continuar subindo?
[17/04/2019] - Especialistas defendem prazo maior para o CAR
[17/04/2019] - Governo quer destravar o crédito rural
[16/04/2019] - Arroba: alta perdeu força
[16/04/2019] - É hora de vender o boi?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[16/04/2019] - Carne: preços não têm força para subir
[16/04/2019] - Exportações estão mais fracas em abril
[16/04/2019] - China fala em ampliar compras de carne do Brasil
[16/04/2019] - Rússia adia visita que liberaria mais frigoríficos
[16/04/2019] - Bertin terá que explicar negócio com a JBS
[16/04/2019] - Banco prevê alta forte para ações da JBS
[16/04/2019] - PIB do Agro deverá crescer mais que o previsto
[16/04/2019] - Nova Previdência trará investimentos para o Agro
[16/04/2019] - Governo anuncia pacote para evitar greve
[16/04/2019] - Caminhoneiros se dizem insatisfeitos com ajuda
[15/04/2019] - Invasões de terra caíram com Bolsonaro
[15/04/2019] - Arroba: preço não dá sinal de queda
[15/04/2019] - Reposição está ficando mais cara
[15/04/2019] - Bezerro está em falta no Mato Grosso
[15/04/2019] - JBS vale R$ 35 bilhões a mais após a delação
[15/04/2019] - Produtores rurais cobram aplicação de impostos
[15/04/2019] - Vai sobrar milho em 2019?
[12/04/2019] - Governo teme nova greve dos caminhoneiros
[12/04/2019] - Líder dos caminhoneiros elogia ação de Bolsonaro
[12/04/2019] - Arroba: boi segue em subindo com força
[12/04/2019] - Milho: como ficará a produção em 2019?
[12/04/2019] - Arroba em alta forte também no Pará
[12/04/2019] - Paraná vai debater fim da vacinação
[12/04/2019] - Crise chega forte à pecuária argentina
[11/04/2019] - Arroba: boi continua subindo sem parar
[11/04/2019] - CEPEA: uma mudança importante na arroba
[11/04/2019] - Exportação de gado em pé subiu em março
[11/04/2019] - Imposto sobre a carne sobe 140%
[11/04/2019] - Catástrofe sanitária pode beneficiar a JBS
[11/04/2019] - Lácteos: importações caíram com força em março
[11/04/2019] - Bolsonaro: Brasil está de braços abertos a árabes
[11/04/2019] - Qual opinião dos árabes sobre encontro?
[11/04/2019] - Bolsonaro enfrenta dilema com setor rural
[10/04/2019] - A arroba do boi vai continuar subindo?
[10/04/2019] - Arroba do boi em alta firme
[10/04/2019] - JBS e Marfrig começam nova briga
[10/04/2019] - JBS compra mais uma empresa nos EUA
[10/04/2019] - IMEA prevê produção recorde de milho no MT
[10/04/2019] - Dívida do Funrural preocupa produtores rurais
[10/04/2019] - Preservação ambiental tem que virar negócio
[09/04/2019] - Arroba: preço do boi segue subindo
[09/04/2019] - Reposição fechou mês em alta
[09/04/2019] - Carne: varejo com preços firmes
[09/04/2019] - Carne do JBS continha plástico
[09/04/2019] - Leite longa vida volta a subir
[09/04/2019] - Bolsonaro deve participar de jantar com árabes
[09/04/2019] - Exportações de milho subiram 400%
[09/04/2019] - Funrural: Receita facilita certidão negativa
[09/04/2019] - Tereza: tabela de frete deveria cair
[09/04/2019] - PGR defende frete tabelado

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br