Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
152,00 139,00 149,00
GO MT RJ
139,00 139,00 143,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1500,00
Garrote 18m 1820,00
Boi Magro 30m 2060,00
Bezerra 12m 1140,00
Novilha 18m 1360,00
Vaca Boiadeira 1520,00

Atualizado em: 19/7/2019 10:14

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

FPA: Bolsonaro prorrogará adesão ao CAR

 
 
 
Publicado em 07/06/2019

O governo editará uma nova medida provisória com mudanças relacionadas à adequação dos produtores ao Cadastro Ambiental Rural, estabelecendo que não haverá mais prazo para agricultores regularizarem o chamado CAR, disse à Reuters nesta quinta-feira o presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Alceu Moreira (MDB-RS).

O texto que vai focar apenas no CAR, pré-condição para a tomada de crédito rural, deve ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. 

A MP 867, que trazia essas e outras flexibilizações ao Código Florestal, caducou na última segunda-feira, e por isso o movimento da FPA, acompanhado atentamente por ambientalistas preocupados com a regularização de áreas desmatadas.

Mesmo depois de a MP 867 ter sido aprovada pela Câmara, não houve tempo para o Senado analisá-la. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre, recusou-se a pôr o texto em votação, já que não havia acordo entre os senadores.

O governo cogitou então em reeditar a MP, considerando que o primeiro texto havia sido editado pelo governo de Michel Temer, mas concluiu-se que iria abrir espaço para uma briga judicial.

"Tem uma decisão do Supremo Tribunal Federal entendendo que a reedição é vedada mesmo em governos diferentes", explicou Alceu Moreira. "Então, para evitar a judicialização, optou-se por editar um texto apenas com a parte relativa ao CAR, que é o mais urgente."

O restante das mudanças introduzidas na MP pela Câmara seria feito por projeto de lei.

O texto restrito dribla a proibição da reedição de MPs e, segundo o deputado, resolve o problema da regularização dos produtores rurais para poderem ter acesso ao crédito rural.

A inscrição dos produtores no CAR é obrigatória para acesso ao crédito. No entanto, o Código Florestal previa que a inscrição no CAR terminaria em 31 de dezembro de 2018.

A MP inicial estendia o prazo de regularização até 2020 sem que o produtor perdesse o acesso ao crédito, mas entre as mudanças feitas na Câmara o limite foi retirado, não havendo prazo final. O texto da MP manterá o que foi aprovado na Câmara.

Mais de 90% dos produtores do Brasil já realizaram o CAR, mas há algumas áreas na Bahia com baixo índice de adesão. No Estado nordestino está uma das novas fronteira agrícolas do Brasil, conhecida como Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

"Não tem anistia. O que se quer é consolidar as normas e permitir que os produtores tenham tempo para se regularizar. Hoje, se eu dividir minha terra, não vou poder regularizar a divisão", alega o deputado.

A MP 867 trazia ainda outras mudanças, como a alteração do marco temporal para a existência de reservas legais dentro das áreas, o que reduziria a exigências de reservas, e exige que os Estados façam uma apuração do passivo ambiental das propriedades para que os programas de regularização ambiental sejam aplicados.

Essas alterações, conta Moreira, serão feitas através de um projeto de lei a ser apresentado pelo senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS), com texto igual ao da MP aprovada pela Câmara.

"A idéia é começar pelo Senado, em que há mais resistência, para termos mais tempo de negociação e convencimento. Tenho certeza de quando os senadores conhecerem o texto vão ver que não há problema algum", defendeu. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[19/07/2019] - Consultoria prevê alta de 12% nas exportações
[19/07/2019] - Arroba: frigoríficos pressionam o preço do boi
[19/07/2019] - Carne: consumo piorou, mas preço não caiu
[19/07/2019] - Liberação do FGTS pode ser ótima para o Agro
[19/07/2019] - O preço do leite vai mesmo despencar?
[19/07/2019] - Exportações de milho podem bater recorde
[19/07/2019] - Delegado da PF é nomeado presidente da Funai

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[19/07/2019] - Ministro promete nova reunião sobre frete
[19/07/2019] - Caminhoneiros voltam a ameaçar entrar em greve
[19/07/2019] - Bolsonaro não cré em nova greve
[19/07/2019] - Projeto acaba com licença ambiental para estradas
[18/07/2019] - China deve habilitar mais 25 frigoríficos
[18/07/2019] - China inspeciona frigoríficos até por aplicativo
[18/07/2019] - Preço da carne continua a subir na China
[18/07/2019] - China aumenta importações de carne da Europa
[18/07/2019] - Arroba: pecuarista segura o boi esperando alta
[18/07/2019] - Como ficará o confinamento em 2019?
[18/07/2019] - Marfrig emitirá R$ 300 milhões em dívida
[18/07/2019] - Reposição firme em Rondônia
[18/07/2019] - Liberdade para os produtores de queijo artesanal
[18/07/2019] - Paraguai exige divisão da cota de carne à Europa
[18/07/2019] - Aftosa: Paraná pode não vacinar já em novembro
[18/07/2019] - Reforma da previdência passa de R$ 900 bi
[18/07/2019] - Imposto maior sobre o milho revolta produtores
[17/07/2019] - Exportações devem crescer com doença na China
[17/07/2019] - Arroba: como ficará o preço do boi em agosto?
[17/07/2019] - Preço da carne subiu no atacado
[17/07/2019] - Arroba: frigoríficos pressionam a arroba do boi
[17/07/2019] - Rebanho bovino cresceu no Mato Grosso
[17/07/2019] - Crise eleva abates de vacas na Argentina
[17/07/2019] - Deputado quer proibir cães na caça ao javali
[17/07/2019] - ANTT aprova mudanças na tabela de frete
[16/07/2019] - Como estão as exportações de carne em julho?
[16/07/2019] - Arroba: mercado devagar e indefinido
[16/07/2019] - Exportações de carne do MS cresceram 60%
[16/07/2019] - Turquia está importando menos bois do Brasil
[16/07/2019] - PIB da Pecuária sobe e evita queda maior do Agro
[16/07/2019] - Mercosul avança em novos acordos comerciais
[16/07/2019] - Impostos travam investimento na pecuária do MT
[16/07/2019] - Agro: 97% das exportações do Mato Grosso
[16/07/2019] - Indenizações sanitárias em alta no RS
[15/07/2019] - Há espaço para uma alta da arroba do boi?
[15/07/2019] - Arroba: o que está segurando uma alta do boi?
[15/07/2019] - Pecuária mostra força e puxa vendas do Agro
[15/07/2019] - Milho: exportações seguem fortes
[15/07/2019] - Milho: recordes travam negócios
[15/07/2019] - Acordo UE-Mercosul: agora, italianos protestam
[12/07/2019] - Fusão BRF-Marfrig não vai acontecer
[12/07/2019] - Por que a fusão BRF-Marfrig fracassou?
[12/07/2019] - PIB da Pecuária deve crescer mais de 7%
[12/07/2019] - Arroba: consumo interno está segurando o boi
[12/07/2019] - Reposição: mercado congela com tempo frio
[12/07/2019] - MAPA marca auditoria para retirar vacina no RS
[12/07/2019] - Acordo com a UE pode começar a valer em 2 anos
[12/07/2019] - Produtores não aceitam imposto maior no MT
[12/07/2019] - Polícia prende cobradores de dívidas rurais
[11/07/2019] - Arroba: frio pressiona o preço do boi

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br