Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
155,00 143,00 149,00
GO MT RJ
141,00 139,00 146,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1440,00
Garrote 18m 1760,00
Boi Magro 30m 2050,00
Bezerra 12m 1120,00
Novilha 18m 1340,00
Vaca Boiadeira 1510,00

Atualizado em: 23/8/2019 09:21

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Crise eleva abates de vacas na Argentina

 
 
 
Publicado em 17/07/2019

Os mundialmente famosos pecuaristas argentinos estão sacrificando suas vacas reprodutoras ao maior ritmo em 30 anos para aproveitar a demanda chinesa e pagar contas em meio a uma seca no acesso a crédito rural no país.

O movimento destaca como o aperto na política monetária da Argentina tem espremido o setor agrícola com taxas de juros ao redor de astronômicos 60%, que prejudicam investimentos necessários para manter valiosos rebanhos de vacas e bezerros por vários anos até a maturidade.

"Os fazendeiros, sem fonte real de financiamento, estão procurando liquidez por meio dessas vendas de vacas", disse à Reuters o presidente da Federação Agrária Argentina, Carlos Achetoni.

A câmara argentina do setor de carnes, CICCRA, disse que no primeiro semestre de 2019 as fêmeas representaram 50,1% dos animais sacrificados, maior nível nas últimas três décadas e bem acima da taxa máxima vista como sustentável, de cerca de 43%.

Essa tendência pode levar o rebanho do país a ser reduzido em até 400 mil cabeças em 2020, ante um total de 53 milhões de cabeças em março.

"É uma decisão de sobrevivência", disse o presidente da CICCRA, Miguel Schiaritti.

Segundo ele, os fazendeiros estão precisando pensar no curto prazo e se desfazer de ativos porque não conseguem tomar empréstimos às atuais taxas de juros.

"Para os fazendeiros, a vaca é a máquina que produz bezerros. É como se alguém que fabrica parafusos vendesse a máquina que faz os parafusos para se financiar e pagar suas despesas."

A demanda chinesa, segundo os fazendeiros, tem sido importante para que essas vendas ao menos sejam lucrativas.

As exportações de carne bovina da Argentina para a segunda maior economia do mundo se multiplicaram, com embarques nos primeiros cinco meses do ano para os portos chineses representando 72% do total de 180.000 toneladas exportados pelo país, segundo a CICCRA.

A China demanda principalmente cortes mais baratos de carne de vacas --que se adequam melhor à culinária local, mais focada em pratos compartilhados do que em cortes de carnes nobres. Isso elevou o preço dessa categoria de carne em 88% contra um ano atrás, para média de 43 pesos (1,01 dólar) por quilo vivo nos principais mercados de gado da Argentina.

Os agricultores vendem as vacas para matadouros locais, que por sua vez enviam a carne para compradores globais, incluindo na China.

Carlos Iannizzotto, presidente da associação argentina de produtores rurais CONINAGRO, disse que os preços mais elevados devido à demanda da China ajudaram, embora a questão central ainda seja as finanças dos agricultores.

"As exportações para a China significam que pelo menos os produtores não precisam entregar suas vacas, eles podem obter um bom preço. Isso é uma bênção", acrescentou Schiaritti. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[23/08/2019] - UE pode banir importações de carne do Brasil
[23/08/2019] - Governo dispara ofensiva para evitar embargo
[23/08/2019] - Tereza: não foi Bolsonaro que devastou a Amazônia
[23/08/2019] - Governo pode enviar exército para a Amazônia
[23/08/2019] - Ibama vai contratar brigadistas de incêndio
[23/08/2019] - Arroba: frigoríficos seguram aumentos pro boi
[23/08/2019] - MAPA ainda aguarda relatório americano

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[23/08/2019] - Brasil gera empregos pelo quarto mês seguido
[23/08/2019] - JBS vai emitir dívida para comprar boi
[23/08/2019] - Preço do milho caiu
[23/08/2019] - Índios e caminhoneiros contra nova ferrovia
[22/08/2019] - Arroba: frigoríficos estão pagando mais
[22/08/2019] - NASA afirma que queimadas estão abaixo da média
[22/08/2019] - CPI do BNDES apura assinatura forjada na JBS
[22/08/2019] - Itaú segue confiante na JBS
[22/08/2019] - Arroba não acompanhou a alta do milho
[22/08/2019] - Agro ajuda a manter inflação baixa em SP
[22/08/2019] - Câmara aprova posse de arma em toda propriedade
[22/08/2019] - Pecuarista vende 260 bois e cai em golpe
[21/08/2019] - BNDES: MP descobre que prejuízo com JBS foi maior
[21/08/2019] - JBS comprou avião com juro subsidiado
[21/08/2019] - Arroba: falta de boi puxa preço em duas praças
[21/08/2019] - Bolsonaro: queimadas podem ser ação criminosa
[21/08/2019] - Salles: notícias falsas prejudicam meio ambiente
[21/08/2019] - Ministro aguarda verba prometida por europeus
[21/08/2019] - Fusão cria a segunda maior em medicamentos
[21/08/2019] - MP da Liberdade Econômica muda algo para o Agro?
[20/08/2019] - Arroba: escalas encurtaram em SP
[20/08/2019] - Frigoríficos seguram compra para não perder lucro
[20/08/2019] - Está faltando boi em algumas praças
[20/08/2019] - Faltam animais para reposição
[20/08/2019] - Exportações de carnes perderam força
[20/08/2019] - CNA pede que ADA não seja obrigatório no ITR
[20/08/2019] - MAPA digitaliza registro genealógico de animais
[20/08/2019] - Leite está estável no RS
[20/08/2019] - BNDES estende renegociação de crédito rural
[20/08/2019] - Governo vai monitorar represas em fazendas
[19/08/2019] - JBS: MPF vai denunciar funcionários do BNDES
[19/08/2019] - BRF não é mais acionista do Minerva
[19/08/2019] - Arroba: frigoríficos menores pagam mais pelo boi
[19/08/2019] - Arroba: fim de mês vai esfriar as cotações?
[19/08/2019] - Oferta curta encareceu reposição na Bahia
[19/08/2019] - Fundos estão de olho em empresas do agronegócio
[19/08/2019] - Ex-ministro de Lula elogia ações do governo
[19/08/2019] - Milho: queda no exterior pressiona preço no Brasil
[19/08/2019] - ITR deverá ser apresentado junto com CAR
[16/08/2019] - JBS muda estratégia para exportar mais à China
[16/08/2019] - JBS volta a falar em aquisições
[16/08/2019] - Dívida do Marfrig voltou a crescer
[16/08/2019] - Marfrig lamenta fim da fusão com a BRF
[16/08/2019] - China aumentará tarifa sobre carne da Austrália
[16/08/2019] - Arroba: oferta curta mantém preços firmes
[16/08/2019] - Atacado da carne em alta
[16/08/2019] - Milho: safra do MS baterá recorde
[16/08/2019] - Imposto sobre exportações preocupa o governo
[16/08/2019] - Agronegócio pede Embrapa mais moderna
[15/08/2019] - JBS lucrou mais de R$ 2 bi no trimestre

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br