Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
179,00 166,00 169,00
GO MT RJ
164,00 161,00 172,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1600,00
Garrote 18m 1850,00
Boi Magro 30m 2220,00
Bezerra 12m 1260,00
Novilha 18m 1470,00
Vaca Boiadeira 1610,00

Atualizado em: 12/11/2019 09:46

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Bolsonaro tentará negociar acordo com o Japão

 
 
 
Publicado em 16/10/2019

O presidente Jair Bolsonaro inicia, dentro de uma semana, uma visita oficial ao Japão e à China. Segundo o secretário de negociações bilaterais na Ásia, Pacífico e Rússia do Itamaraty, embaixador Reinaldo José de Almeida Salgado, o objetivo é consolidar o comércio com as duas nações e de dar uma sinalização para o mundo de que o Brasil está comprometido com a abertura econômica, com o ambiente de negócios e com o programa de reformas.

Juntos, Japão e China têm um estoque de US$ 100 bilhões em investimentos no Brasil. A Ásia lidera as exportações e importações brasileiras. Só nos primeiros nove meses de 2019, 40% das exportações brasileiras foram destinadas à região, ao mesmo tempo em que 33% das importações brasileiras vieram da Ásia.

A visita do presidente Bolsonaro começará pelo Japão. O presidente deve ter uma reunião com os membros do grupo de notáveis, formada pelos dirigentes das principais empresas do Japão (Mitsui, Toyota, Honda, Mitsubishi, etc). “O prato mais forte serão os investimentos (para o futuro)”, afirmou o embaixador Reinaldo Salgado.

Acordo comercial

Segundo ele, tanto o Brasil quanto o Japão têm interesse em retomar o dinamismo do comércio bilateral. Os dois países, juntamente com os outros integrantes do Mercosul, pretendem inclusive iniciar as negociações em breve para a assinatura de um acordo comercial que inclua os países do Mercosul e o Japão.

De acordo com o embaixador Reinaldo Salgado, o comércio entre os dois países atingiu US$ 7 bilhões de janeiro a setembro deste ano, o que significa um crescimento de 15%. “Não é ruim. O que é ruim é que esse número é declinante (nos últimos anos)”, afirmou o diplomata. Em 2011, os números do comércio bilateral eram duas vezes maior que os de hoje, observou.

Para o embaixador, o Japão, que antes não era um país favorável a acordos comerciais, agora está também favorável a buscar uma negociação com o Brasil. Conforme disse, cálculos realizados por consultorias japonesas alertam que, do ponto de vista do Japão, o acordo União Europeia-Mercosul retira força do mercado exportador japonês. De acordo com esses estudos, 97% das exportações da União Europeia para o Brasil correspondem a produtos que já são exportados pelo Japão para o mercado brasileiro.

China

Na sequência, o presidente brasileiro seguirá do Japão para a China. A visita ao país constituirá o prosseguimento de uma extensa agenda de visitas mútuas de autoridades dos dois países, afirmou o embaixador.

Além de ministros brasileiros que foram à China e de autoridades chinesas que vieram ao Brasil, o embaixador citou a visita do vice-presidente Hamilton Mourão, em maio, para o país asiático. Ele lembrou que ele copresidiu uma comissão bilateral sino-brasileira de alto nível e coordenou as atividades de 12 subcomissões.

“A visita do presidente Bolsonaro celebra os 45 anos de relações diplomáticas Brasil-China”, disse o embaixador Reinaldo Salgado. Segundo ele, haverá um encontro de empresários e de brasileiros e chineses promovido pela Apex-Brasil, a agência que promove as exportações brasileiras. O diplomata disse que a ampliação das exportações brasileiras para a China e para o resto do continente asiático é feito por meio desses encontros, que ajudam a remover dificuldades nas exportações e a atrair investimentos  Com informações da Agência Brasil.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[12/11/2019] - China oficializa liberação de mais 13 frigoríficos
[12/11/2019] - Veja a lista dos frigoríficos liberados pela China
[12/11/2019] - Arroba do boi passa de R$ 180. Até onde chega?
[12/11/2019] - Abates bovinos cresceram 4% no trimestre passado
[12/11/2019] - Marfrig bate recorde de faturamento
[12/11/2019] - Leite: derivados em alta em São Paulo
[12/11/2019] - Leite: produção do MS caiu quase pela metade
[12/11/2019] - Preço da vacina contra aftosa continua alto
[12/11/2019] - Governo também acaba com a multa sobre o FGTS
[12/11/2019] - Bolsonaro extingue o seguro obrigatório DPVAT
[12/11/2019] - DPVAT não funcionava e era foco de corrupção

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[11/11/2019] - Arroba do boi: semana do feriado será de alta?
[11/11/2019] - Arábia Saudita libera 8 novos frigoríficos
[11/11/2019] - Bezerro subiu 25% em Mato Grosso do Sul
[11/11/2019] - Preço do garrote tem forte alta no Tocantins
[11/11/2019] - Exportações do Agro batem recorde de volume
[11/11/2019] - Milho: preços sobem no mercado interno
[11/11/2019] - Milho: preços ainda podem subir?
[11/11/2019] - Novas regras do leite podem ser suspensas
[11/11/2019] - Leite: produtor pode ter leite descartado
[08/11/2019] - Exportações: alta é puxada por vários países
[08/11/2019] - Alta da arroba do boi não dá sinal de trégua
[08/11/2019] - Qual será o preço do boi em janeiro?
[08/11/2019] - O preço do boi vai subir ainda mais?
[08/11/2019] - Carne: preços sobem com força para o consumidor
[08/11/2019] - Vendas de sêmen cresceram 17,5%
[08/11/2019] - Aumenta a entrega de fertilizantes em 2019
[08/11/2019] - STF derruba prisão em segunda instância
[07/11/2019] - Arroba do boi dispara em vários estados
[07/11/2019] - CEPEA: arroba bate novamente o recorde histórico
[07/11/2019] - Arroba já passa de R$ 200 no mercado futuro
[07/11/2019] - Frigoríficos: exportações vão continuar com força
[07/11/2019] - Governo prevê crescimento maior da economia
[07/11/2019] - Inflação tem o menor índice em 21 anos
[07/11/2019] - Com ações em queda, JBS anuncia nova compra
[07/11/2019] - CNA protesta contra mais impostos sobre o Agro
[06/11/2019] - China deve aumentar ainda mais as importações
[06/11/2019] - Bolsonaro terá nova reunião com presidente chinês
[06/11/2019] - Tereza: veto dos EUA não é nenhuma catástrofe
[06/11/2019] - Arroba a R$ 200 reais já é realidade?
[06/11/2019] - Arroba: frigos pagam até R$ 5 a mais por boi China
[06/11/2019] - Reposição: preços vão continuar subindo?
[06/11/2019] - JBS: PF pediu prisão de Dilma em operação
[06/11/2019] - JBS perde R$ 3 bilhões com ação da PGR
[06/11/2019] - Mais um estado quer taxar o produtor rural
[06/11/2019] - Preço do caroço de algodão caiu em Mato Grosso
[06/11/2019] - Produtor PF pode conseguir recuperação judicial
[05/11/2019] - Arroba: exportações e oferta curta puxam alta
[05/11/2019] - Preços do boi e da vaca subiram em Mato Grosso
[05/11/2019] - Carne em alta no varejo
[05/11/2019] - Exportações de carne para China cresceram 62%
[05/11/2019] - EUA mantêm veto à carne do Brasil
[05/11/2019] - Porta-voz: expectativa era fim do veto
[05/11/2019] - Banco do Brasil está otimista com mercado da carne
[05/11/2019] - Dona da JBS é alvo da PF em nova operação
[05/11/2019] - Leite: produtor do nordeste pode ter aumento
[05/11/2019] - Leite: está mais caro produzir
[05/11/2019] - Milho: mercado perdeu força, mas fechou em alta
[04/11/2019] - Arroba do boi pode chegar perto de R$ 200 em 2020
[04/11/2019] - Exportações de carne batem recorde histórico
[04/11/2019] - Arroba do boi continua em alta

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br