Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
191,00 176,00 190,00
GO MT RJ
179,00 176,00 175,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1750,00
Garrote 18m 2100,00
Boi Magro 30m 2550,00
Bezerra 12m 1350,00
Novilha 18m 1600,00
Vaca Boiadeira 1890,00

Atualizado em: 21/1/2020 09:45

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Tereza: veto dos EUA não é nenhuma catástrofe

 
 
 
Publicado em 06/11/2019

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comentou nesta terça-feira (5) a decisão dos Estados Unidos de manter o veto da carne bovina in natura do Brasil. Segundo ela, isso não é uma catástrofe, já que o país vem com resultados positivos na exportação da proteína.

"Eu acho que não tem essa catástrofe toda. Mesmo porque hoje estamos aí nessa euforia das exportações de carne brasileira para a China. Estados Unidos é excelente mercado, nós vamos reabrir, sim. Agora, vamos ver o que está precisando do dever de casa que faltou a gente fazer”, disse a ministra.

Mesmo assim, Tereza Cristina admitiu que ficou decepcionada com a manutenção do embargo. Isso porque, em junho, fiscais americanos fizeram vistorias em frigoríficos de seis estados do país, e a expectativa do governo era de que a reabertura iria ocorrer após essa inspeção.

"Eu fiquei um pouco decepcionada. Eu achei que a gente já tinha cumprido todas as etapas. Mas isso é mercado internacional, é assim que funciona", afirmou.

A ministra da Agricultura disse que tem uma viagem agendada para os Estados Unidos entre os dias 17 e 23 de novembro e que pretende discutir o assunto com o secretário de Agricultura do país, Sonny Perdue.

"Nós vamos lá saber, ver o que pode ser feito, o que pode ser revisto. Eu vou ver como é que vai ser encaminhado isso junto ao secretário de Agricultura americano", explicou Tereza, completando que ainda não existe uma nova data para a inspeção americana.

Segundo apurou o G1 na segunda-feira (4), uma fonte do governo avaliou que não há justificativa para uma nova missão e que o relatório não traz nenhuma alegação concreta para uma nova vistoria.

A avaliação de quem teve acesso ao documento, segundo informou essa fonte, é de que a decisão é protelatória, com o objetivo de adiar ainda mais a abertura do mercado.

Em junho de 2017, os americanos suspenderam as compras de cortes bovinos do Brasil, devido às reações (abcessos) provocadas no rebanho pela vacina contra a febre aftosa.

A autorização para venda de carne in natura para os Estados Unidos havia sido obtida em 2015 após 15 anos se limitando a vender apenas carne cozida.

A reabertura do mercado para carne bovina in natura foi um dos temas tratados durante a viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, em setembro.  Com informações da Globo.com

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[21/01/2020] - China quer renegociar até carne já embarcada
[21/01/2020] - Exportações perderam ritmo mas seguem fortes
[21/01/2020] - Frigoríficos querem forçar baixa do boi
[21/01/2020] - Pecuaristas travam vendas com arroba menor
[21/01/2020] - Queda da carne não é generalizada
[21/01/2020] - PIB do Agro cresceu 1,15% até outubro
[20/01/2020] - Arroba: preços continuarão caindo?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[20/01/2020] - SC bate recorde na exportação de carne
[20/01/2020] - Vai faltar leite em 2020?
[20/01/2020] - Farelo de soja está mais caro
[20/01/2020] - Novos adidos agrícolas tomam posse
[20/01/2020] - Anvisa decide que abamectina continuará à venda
[20/01/2020] - MS deve criar fundo privado para sanidade
[20/01/2020] - Tabela de frete será julgada em fevereiro?
[17/01/2020] - O acordo EUA-China prejudica a carne brasileira?
[17/01/2020] - China: produção de carne suína tem queda histórica
[17/01/2020] - Bois e carne viram foco de bandidos
[17/01/2020] - Carne volta a cair com força no atacado
[17/01/2020] - Arroba volta a cair: pressão de baixa continua
[17/01/2020] - Controladores do Minerva venderão ações
[17/01/2020] - Minerva quer voltar a distribuir lucro
[17/01/2020] - Saída do BNDES da JBS vai atrasar novamente
[17/01/2020] - Nova tabela de frete: alta de 11 a 15%
[16/01/2020] - Arroba: frigoríficos estão pagando preços iguais?
[16/01/2020] - A alta do boi em 2019 foi realmente forte?
[16/01/2020] - Agro respondeu por 43% das exportações do Brasil
[16/01/2020] - Pecuarista investiu apesar da crise
[16/01/2020] - Inflação medida pelo IGP mostra desaceleração
[16/01/2020] - Leite: preço deve subir no curto prazo
[16/01/2020] - Minerva fará oferta de ações
[15/01/2020] - Arroba volta a cair com pressão dos frigoríficos
[15/01/2020] - Preço da carne bovina tem queda forte em MT
[15/01/2020] - China pressiona frigoríficos por preços menores
[15/01/2020] - China vende mais carne das reservas estatais
[15/01/2020] - Arábia Saudita abre mercado ao Uruguai
[15/01/2020] - Vendas do varejo tiveram alta em novembro
[15/01/2020] - MAPA prevê crescimento de 17% no PIB da Pecuária
[15/01/2020] - Reposição: muita especulação em Mato Grosso
[15/01/2020] - Leite: captação caiu com força no RS
[15/01/2020] - Milho: exportações reduzem ritmo em janeiro
[14/01/2020] - Exportações de carne começaram o ano em alta
[14/01/2020] - JBS aumentará abates em SP
[14/01/2020] - Arroba: frigoríficos aumentam a pressão de baixa
[14/01/2020] - CEPEA prevê ano bom para a pecuária brasileira
[14/01/2020] - Impasse trava mercado de reposição
[14/01/2020] - Acordo tenta formalizar pecuaristas em MT
[13/01/2020] - Frigoríficos: exportações continuarão com força
[13/01/2020] - Arroba: frigoríficos pressionam por arroba menor
[13/01/2020] - Chuvas ajudam pecuarista a segurar o boi
[13/01/2020] - Carne caiu no atacado
[13/01/2020] - Preço da carne caiu no pasto, mas não no prato
[13/01/2020] - Donos da JBS venderam ações em dezembro
[13/01/2020] - JBS anuncia aumento de produção em outra unidade
[13/01/2020] - Agro protesta contra aumento de impostos
[13/01/2020] - Acordo com China vai puxar vendas do agro dos EUA
[10/01/2020] - JBS abre unidade prevendo demanda forte da Ásia
[10/01/2020] - Austrália: incêndios podem favorecer o Brasil

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br