Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Preço do bezerro preocupa criadores
 
 
Publicado em 09/04/2009

Os pecuaristas que tem gado para a recria estão preocupados com o aumento no preço dos bezerros. Na região de Araçatuba, em São Paulo, a oferta de animais é pequena.

Alexandre Ferreira é pecuarista em Araçatuba, no noroeste do estado. Ele compra bezerros para engorda. Entre comprar o animal jovem e esperar até o abate, são 24 meses, em média. Na última semana, ele comprou 200 animais e disse que foi difícil encontrar os bezerros no mercado. “Está cada dia mais complicado de comprar, está tendo uma falta de bezerro. Antes você comprava mais perto de casa. Cada dia que passa, está precisando ir mais longe para adquirir os animais”, conta Alexandre Ferreira, pecuarista.

No mais recente lote comprado pelo pecuarista, foram pagos 12% a mais do que no lote anterior.

O valor do bezerro vem subindo de preço. De acordo com o Cepea, O Centro de Estudos Avançados da USP, a média em São Paulo, em abril do ano passado, era de R$ 550 por animal. Hoje a média é de R$ 650. Aumento que preocupa quem faze recria, como Alexandre.

“Quando você consegue terminar de engordar ele no confinamento, na hora que você vai pegar tua matéria prima que é o bezerro, que você tem que comprar para engordar novamente, daí você cai na mão dos criadores que estão com o preço muito elevado”, garante ele.

Na tela do computador, o consultor de agronegócio Gustavo Garcia acompanha a evolução dos preços e explica o aumento. “O motivo é um só, o abate de matrizes, principalmente de 2005 para cá. Nós estamos tendo agora, uma continuação da trajetória do preço do bezerro. Ele subiu em 2008, ele não subiu de graça, subiu porque estava faltando. Em 2009 ele continua sua trajetória de alta. Continua tendo pouco bezerro, uma demanda maior, o preço do bezerro continua subindo”, explica Gustavo Garcia, consultor agropecuário. Com informações do Globo Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[23/01/2015] - Arroba: vendas de carne preocupam frigoríficos
[23/01/2015] - Fim do embargo russo: preocupação para o Brasil?
[23/01/2015] - JBS já é a quarta maior exportadora do Brasil
[23/01/2015] - Falta de chuva e preço travam a reposição
[23/01/2015] - Produtores de leite vivem drama no RS
[23/01/2015] - Crise no leite também chegou a SC
[23/01/2015] - Carne já é apontada como vilã da iinflação

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[23/01/2015] - Crédito: o maior desafio de Kátia Abreu
[23/01/2015] - Venezuela deve US$ 5 bi a exportadores do Brasil
[22/01/2015] - Governo investiga brucelose em frigorífico
[22/01/2015] - Já tem frigorífico pagando mais pela arroba
[22/01/2015] - CEPEA: pecuarista não aceita pressão
[22/01/2015] - Kátia promete novas regras para frigoríficos
[22/01/2015] - Dilma volta a obrigar produtor a emplacar trator
[22/01/2015] - Indicados por Kátia respondem a processos
[22/01/2015] - Superávit do agro caiu 17% em SP
[21/01/2015] - Arroba do boi: animais de pasto começam a aparecer
[21/01/2015] - Kátia Abreu define relacionamento com frigoríficos
[21/01/2015] - Vendas caem mas preço da carne se mantém
[21/01/2015] - Inseminação cresce com alta na arroba
[21/01/2015] - Brasil dobrou exportações de lácteos em 2014
[21/01/2015] - Ministro quer Kátia fora da PEC das demarcações
[21/01/2015] - Governo tenta solucionar calote do seguro rural
[20/01/2015] - Sindicato ameaça Marfrig com greve nacional
[20/01/2015] - Mais um Batista para dominar o mercado?
[20/01/2015] - Mercado do boi gordo espera por uma definição
[20/01/2015] - Cinco países dominam exportações do agro do Brasil
[20/01/2015] - Bezerro 45% mais caro em Rondônia
[20/01/2015] - Importação de lácteos caiu em 2014
[20/01/2015] - Processo de rastreabilidade gera polêmica no MS
[19/01/2015] - Queda da carne trava compra de boi
[19/01/2015] - Frango na frente na concorrência com o boi
[19/01/2015] - Governo quer dar benefícios para manter Marfrig
[19/01/2015] - Área do milho deve cair 10%
[19/01/2015] - Kátia Abreu: abertura chinesa ajudou pouco
[16/01/2015] - Tabelamento do frete causa polêmica no MT
[16/01/2015] - Rial sai no melhor momento do Marfrig
[16/01/2015] - Um uruguaio no comando do Marfrig
[16/01/2015] - Mercado do boi termina a semana firme
[16/01/2015] - Demanda por reposição deve aumentar
[16/01/2015] - Oferta curta segura a arroba no Tocantins
[16/01/2015] - Como é feito o estudo epidemiológico para aftosa?
[15/01/2015] - CEO do Marfrig renuncia, papéis caem na Bolsa
[15/01/2015] - Frigoríficos já pagam mais pela arroba
[15/01/2015] - CEPEA: pecuaristas resistem a arroba menor
[15/01/2015] - Cai a diferença entre a arroba de SP e MT
[15/01/2015] - Leite longa vida continua caindo
[15/01/2015] - Banco vê tendência de concentração no leite
[15/01/2015] - Agro: um setor de quase meio trilhão
[14/01/2015] - Frigoríficos pagam acima da referência pelo boi
[14/01/2015] - Inflação em alta trava vendas de carne
[14/01/2015] - Marfrig confirma fechamento de unidade
[14/01/2015] - Cade aprova mais uma compra da JBS
[14/01/2015] - MT doou 190 mil doses de vacina à Bolívia
[13/01/2015] - Arroba da vaca subiu quase 40% em 2014
[13/01/2015] - Boi está em falta e puxa alta da arroba
[13/01/2015] - Procura por garrote e boi magro em alta

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br