Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Preço do bezerro preocupa criadores
 
 
Publicado em 09/04/2009

Os pecuaristas que tem gado para a recria estão preocupados com o aumento no preço dos bezerros. Na região de Araçatuba, em São Paulo, a oferta de animais é pequena.

Alexandre Ferreira é pecuarista em Araçatuba, no noroeste do estado. Ele compra bezerros para engorda. Entre comprar o animal jovem e esperar até o abate, são 24 meses, em média. Na última semana, ele comprou 200 animais e disse que foi difícil encontrar os bezerros no mercado. “Está cada dia mais complicado de comprar, está tendo uma falta de bezerro. Antes você comprava mais perto de casa. Cada dia que passa, está precisando ir mais longe para adquirir os animais”, conta Alexandre Ferreira, pecuarista.

No mais recente lote comprado pelo pecuarista, foram pagos 12% a mais do que no lote anterior.

O valor do bezerro vem subindo de preço. De acordo com o Cepea, O Centro de Estudos Avançados da USP, a média em São Paulo, em abril do ano passado, era de R$ 550 por animal. Hoje a média é de R$ 650. Aumento que preocupa quem faze recria, como Alexandre.

“Quando você consegue terminar de engordar ele no confinamento, na hora que você vai pegar tua matéria prima que é o bezerro, que você tem que comprar para engordar novamente, daí você cai na mão dos criadores que estão com o preço muito elevado”, garante ele.

Na tela do computador, o consultor de agronegócio Gustavo Garcia acompanha a evolução dos preços e explica o aumento. “O motivo é um só, o abate de matrizes, principalmente de 2005 para cá. Nós estamos tendo agora, uma continuação da trajetória do preço do bezerro. Ele subiu em 2008, ele não subiu de graça, subiu porque estava faltando. Em 2009 ele continua sua trajetória de alta. Continua tendo pouco bezerro, uma demanda maior, o preço do bezerro continua subindo”, explica Gustavo Garcia, consultor agropecuário. Com informações do Globo Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir


   Leia também:
 
[22/09/2014] - Boi volta a subir
[22/09/2014] - Onde está o boi mais disputado do Brasil?
[22/09/2014] - JBS adia oferta de ações temendo eleição
[22/09/2014] - Governo zera imposto de importação de tratores
[19/09/2014] - Preço do bezerro dispara
[19/09/2014] - A arroba vai subir no MS?
[19/09/2014] - Frigoríficos voltam a pagar mais pelo boi em SP

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[19/09/2014] - Rússia já pede desconto para comprar carne
[19/09/2014] - Acordo China-Austrália pode afetar carne do Brasil
[19/09/2014] - Índios: produtores aliviados com decisão do STF
[18/09/2014] - MAPA contraria regra para favorecer o JBS
[18/09/2014] - Oferta curta impede queda da arroba
[18/09/2014] - CEPEA: frigoríficos não conseguem derrubar arroba
[18/09/2014] - Carne aumenta no varejo
[18/09/2014] - Abate de bois tem pequena redução no 2° tri
[18/09/2014] - Roberto Rodrigues confirma apoio a Aécio Neves
[17/09/2014] - STF cancela demarcação de terra indígena
[17/09/2014] - Apesar da oferta curta, arroba cai em SP
[17/09/2014] - Carne cai no atacado
[17/09/2014] - Exportações de carne do MT: ritmo forte
[17/09/2014] - Desunido, Agro tenta mudar programa de Marina
[16/09/2014] - Pecuária puxou expansão do PIB do agro
[16/09/2014] - Frigoríficos tentam baixar o boi
[16/09/2014] - Surto mata 500 animais em MG e se espalha
[16/09/2014] - Falta de água vai aumentar exportação australiana
[16/09/2014] - Marfrig aposta no mercado do Reino Unido
[15/09/2014] - Boi em alta e carne em baixa travam o mercado
[15/09/2014] - Confinamento puxa os preços do boi magro
[15/09/2014] - Irrigar pastagens pode sair mais barato que ração
[15/09/2014] - Marfrig: negociação tenta salvar unidade
[15/09/2014] - Briga familiar pode levar frigorífico à falência
[12/09/2014] - Pressão de alta sobre o boi continua firme
[12/09/2014] - CEPEA: Boi segue firme
[12/09/2014] - Rio zera ICMS de pecuaristas e frigoríficos
[12/09/2014] - Presidente da SGPA faz acusações a frigoríficos
[12/09/2014] - Eficiência alimentar aumenta lucro com o boi
[12/09/2014] - Pecuaristas adotam resíduo de cevada como forragem
[12/09/2014] - Melhora relação de troca com o milho
[11/09/2014] - Frigoríficos pressionam, mas arroba resiste
[11/09/2014] - Nem cadeia pára fraude no leite do RS
[11/09/2014] - Silo em sacos: solução para o produtor rural
[11/09/2014] - Minerva abre mercado no Marrocos
[11/09/2014] - Minerva pode vender unidade para atender CADE
[11/09/2014] - Exportações de lácteos caem
[10/09/2014] - Brasil já exportou 1 milhão de toneladas de carne
[10/09/2014] - Frigoríficos não conseguem derrubar a arroba
[10/09/2014] - Carne está mais cara no varejo
[10/09/2014] - Surge uma nova mega empresa de lácteos
[10/09/2014] - Mosca-do-estábulo leva produtores ao desespero
[10/09/2014] - Falta de pessoal prejudica inseminação no Brasil
[09/09/2014] - Frigoríficos tentam travar alta do boi
[09/09/2014] - Faturamento com exportações cresceu 15,5%
[09/09/2014] - Exportações do agro batem US$ 67 bilhões
[09/09/2014] - Produção de rações em alta
[09/09/2014] - Produtores de sementes mantêm benefício em GO
[08/09/2014] - Alta da arroba continua firme
[08/09/2014] - Carne subiu menos na semana passada

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br