Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
141,00 133,00 137,00
GO MT RJ
133,00 130,00 136,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1200,00
Garrote 18m 1430,00
Boi Magro 30m 1720,00
Bezerra 12m 900,00
Novilha 18m 1130,00
Vaca Boiadeira 1350,00

Atualizado em: 16/10/2017 10:09

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

ARTIGO - De São Paulo para Goiás e Pará

 
 
 
Publicado em 30/10/2009

Fabiano Tito Rosa
Zootecnista - Scot Consultoria

Nos últimos 30 dias estive reunido com pecuaristas em Goiás (Goiânia), São Paulo (Presidente Prudente e Bauru) e Pará (Tucumã e Paragominas). Vi, ouvi e aprendi muita coisa, e a idéia aqui é passar um pouco dessas informações.

Em Goiás ficou evidente a queda do volume de animais confinados. Muitos produtores deixaram de realizar o segundo ciclo/rodada. Acontece que, mesmo em queda, o confinamento em Goiás ainda é bastante representativo (no ano passado alcançou o equivalente a 28% dos abates totais do estado) e os pecuaristas locais estão cientes de que Goiás praticamente já não tem mais entressafra.

Em São Paulo, região de Presidente Prudente, havia muita “revolta” em função dos calotes praticados por algumas indústrias frigoríficas que entraram, recentemente, com pedidos de recuperação judicial. Especialmente por parte da maior delas, pois muitos pecuaristas locais possuem fazendas no Mato Grosso do Sul.

Outra preocupação latente era o preço dos bezerros, ainda considerados altos (as relações de troca continuam bem abaixo das médias históricas). E senti também bastante pessimismo com relação aos preços do boi gordo para este final de ano.

Ainda em São Paulo, dessa vez em Bauru, conversei com alguns pecuaristas que têm sido bastante tentados pelo eucalipto. Estão lhes oferecendo, em arrendamento, algo próximo de R$800,00/alqueire (e aí fica realmente difícil de resistir).

No Pará, percebi que no Sul do estado (Redenção-Tucumã) praticamente choveu o ano inteiro. Pecuaristas locais, que usam sal proteinado, conseguiram ganhos médios de 0,8 a 1 kg/cabeça/dia na “seca”, quatro vezes mais do que se consegue no Brasil Central.

Já na região de Paragominas, os pastos não estavam tão verdes. O destaque é o avanço da agricultura, que dá suporte, inclusive, a alguns projetos de integração agricultura-pecuária e à chegada dos primeiros confinamentos.

Dois problemas que têm incomodado demais os pecuaristas paraenses. O acirramento das pressões ambientais (que já estão ultrapassando o limite do suportável) e as invasões de terra. Aliás, passei por pelo menos quatro fazendas invadidas e por vários acampamentos do MST e de grupos similares. Por conta disso, a instalação da CPI do MST foi bastante comemorada.

Uma notícia boa é que lideranças do Pará acreditam que em no máximo mais dois anos todo o estado já será considerado área livre de febre aftosa com vacinação. Assim, esperam aumentar as vendas de externas de carne e, principalmente, de gado em pé.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[16/10/2017] - JBS desiste de oferta de ações nos EUA
[16/10/2017] - Cade deve rejeitar nesta semana compra do Mataboi
[16/10/2017] - Arroba: mercado vive impasse
[16/10/2017] - Atacado da carne caiu mas margem de frigo subiu
[16/10/2017] - ICMS cai, mas preço da carne não cairá
[16/10/2017] - Leite: produtor pede socorro
[16/10/2017] - Governo envia missão para discutir leite uruguaio

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[16/10/2017] - Reposição lenta não derruba preços em MG
[16/10/2017] - Uréia agrícola está mais cara
[16/10/2017] - Argentina quer 5% do mercado da UE para o Mercosul
[11/10/2017] - MPF concorda com a PF e denuncia irmãos Batista
[11/10/2017] - PF vê risco de calote bilionário da JBS
[11/10/2017] - Frigoríficos esperam novos mercados ainda em 2017
[11/10/2017] - Arroba: mercado em ritmo de feriadão
[11/10/2017] - MAPA tenta solução para vender mais ao Irã
[11/10/2017] - Brasil suspende importação de leite do Uruguai
[11/10/2017] - O leite vai subir com embargo ao Uruguai?
[11/10/2017] - CEPEA: consumo de leite ainda é fraco
[11/10/2017] - Produtor de leite vive momento complicado
[11/10/2017] - Milho volta a subir
[10/10/2017] - Justiça já bloqueou R$ 730 milhões da JBS
[10/10/2017] - PF aponta que irmãos Batista manipularam o mercado
[10/10/2017] - Carne: preço sobe e ensaia recuperação
[10/10/2017] - Exportações: outubro começou com alta de 25%
[10/10/2017] - Arroba: frigoríficos estão testando o pecuarista
[10/10/2017] - Governo do MT não vai prorrogar ICMS menor
[10/10/2017] - Acrimat: ICMS menor estimula concorrência pelo boi
[09/10/2017] - MPF vê risco de quebra da JBS
[09/10/2017] - Pecuaristas ainda preocupados com a crise da JBS
[09/10/2017] - Carne sobe e pode puxar a arroba do boi
[09/10/2017] - Arroba: frigoríficos tentam pressão sobre o boi
[09/10/2017] - Reposição: esperando pela chuva e pela alta do boi
[09/10/2017] - Pecuaristas do Mercosul criticam oferta européia
[06/10/2017] - Juiz bloqueia todos os bens da família Batista
[06/10/2017] - Justiça do MS bloqueia unidades e R$ 115 mi da JBS
[06/10/2017] - JBS reage a bloqueio de bens e dinheiro no MS
[06/10/2017] - Arroba: nem para lá, nem para cá
[06/10/2017] - Brasil abre mais um mercado para carne
[06/10/2017] - Arroba: preço do boi cai em Belo Horizonte
[06/10/2017] - Pecuaristas pedem volta do ICMS menor no MT
[06/10/2017] - Mato Grosso tem receita recorde com a carne bovina
[06/10/2017] - Pecuaristas denunciam fraude no leite uruguaio
[06/10/2017] - Funrural: Receita ignora resolução do Senado
[06/10/2017] - Governo prorroga desconto no ICMS de insumos
[05/10/2017] - BNDES volta a pedir mudanças na JBS
[05/10/2017] - Advogados vão atrás de provas contra os Batista
[05/10/2017] - Arroba: frigoríficos oferecem mais
[05/10/2017] - Arroba: exportações em alta não deixam sobrar boi
[05/10/2017] - Maggi negocia ampliação das vendas à Rússia
[05/10/2017] - Pecuarista joga 1.000 litros de leite fora
[05/10/2017] - Temer nega ter prometido arrendamento de reservas
[04/10/2017] - Arroba: reação dos preços está próxima?
[04/10/2017] - Reposição: relação de troca melhora no Tocantins
[04/10/2017] - Coaf identifica repasse de frigoríficos a político
[04/10/2017] - Coutinho diz que não apoiou monopólio da JBS
[04/10/2017] - PIB do Agro bate recorde histórico no Mato Grosso
[04/10/2017] - UE oferece cota baixa para carne do Mercosul

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br