Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
 
 
 
 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

JBS dita preço do boi em Barra do Garças
 
 
Publicado em 26/07/2010

A região de Barra do Garças, em Mato Grosso, já foi o melhor lugar do Estado para vender gado. A presença de unidades dos frigoríficos Independência, Margen, Bertin e JBS garantia competição entre eles e a oferta dos preços mais altos para os pecuaristas. De dois anos para cá, Independência e Margen quebraram e o Bertin foi comprado pelo JBS, que ficou sozinho na região e derrubou o preço da arroba.

"O JBS é o dono do pedaço e paga quanto quer. Barra do Garças agora paga um dos piores preços do Estado", diz Luciano Vacari, superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), o Estado que tem o maior rebanho de gado bovino do País.

Os outros frigoríficos, concorrentes de JBS e Marfrig, também reclamam. "Queremos igualdade", afirma Péricles Salazar, presidente da Associação Brasileira de Frigoríficos. "Tudo bem apoiar o Friboi e Marfrig, mas outros frigoríficos precisam de financiamento e o BNDES só tem dinheiro para os grandes."

De acordo com José Vicente Ferraz, analista da consultoria Agra FNP, a política de criação de grandes frigoríficos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deu ao JBS - e em menor escala, também ao Marfrig - uma força desproporcional em relação aos pecuaristas e mesmo a frigoríficos menores. "Isso provoca um desequilíbrio na cadeia produtiva. É perigoso", afirma Ferraz.

Para José Carlos Hausknecht. sócio da consultoria MB Agro, a estratégia do BNDES é equivocada. "Pelas nossas contas, o JBS hoje tem 80% de seu faturamento no exterior. Por que o BNDES precisa financiar a produção em outros países?", questiona.

O consultor cita como exemplo a compra da Pilgrim"s Pride, uma das líderes no abate de frangos nos Estados Unidos, pelo JBS, com apoio financeiro do BNDES. "Além de gerar empregos lá fora, vão usar dinheiro do BNDES para fortalecer a exportação americana de frangos, que vai competir com a produção brasileira." Com informações do portal Estadão.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir


   Leia também:
 
[31/10/2014] - Frigoríficos pagam acima da referência pela arroba
[31/10/2014] - Preço do milho volta a subir
[31/10/2014] - Boi sobe com força no mercado futuro
[31/10/2014] - Marfrig: futuro de unidade dependerá de oferta
[31/10/2014] - Estrangeiros investem no agro brasileiro
[31/10/2014] - Vacinação contra a aftosa começa amanhã
[31/10/2014] - MP quer proibir mais de 300 defensivos agrícolas

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[30/10/2014] - Justiça multa governo por medida que ajudou JBS
[30/10/2014] - Pressão de alta no boi continua forte
[30/10/2014] - Abate de fêmeas em queda no MT
[30/10/2014] - MP quer interditar unidade da JBS
[30/10/2014] - Projeto pode permitir dedução de gastos ambientais
[30/10/2014] - Longa vida cai mesmo na entressafra
[30/10/2014] - Justiça homologa venda de ativos da LBR
[30/10/2014] - Cadastro Ambiental Rural: 500 mil inscritos
[29/10/2014] - Arroba do boi tem forte alta
[29/10/2014] - Técnica permite coletar sêmen de animais mortos
[29/10/2014] - Seca derruba produção de leite
[29/10/2014] - Bancada do agro: mais forte e com mais oposição
[29/10/2014] - Churrasco aumenta o dobro da inflação
[28/10/2014] - Pressão de alta no mercado do boi
[28/10/2014] - Pecuaristas têm conseguido aumentar o lucro
[28/10/2014] - Pecuaristas animados com exportações de carne
[28/10/2014] - Marfrig: trabalhadores rejeitam acordo por unidade
[28/10/2014] - Leite: custo de produção caiu um pouco
[28/10/2014] - Agro coloca reivindicações para Dilma reeleita
[27/10/2014] - Frigoríficos pagam cada vez mais pelo boi
[27/10/2014] - Fêmeas e bezerros são foco de investimentto
[27/10/2014] - Risco Rússia aumenta nas vendas do MT
[27/10/2014] - Congresso voltará à polêmica com demarcações
[27/10/2014] - Feira em Paris rende US$ 1,1 bi ao agro do Brasil
[24/10/2014] - Líder do agro não esconde preferência por Aécio
[24/10/2014] - Carne valoriza e abre espaço para alta da arroba
[24/10/2014] - Farelo de soja está mais barato
[24/10/2014] - Exportações de couro batem recorde
[23/10/2014] - Como ficará o preço da carne em 2014?
[23/10/2014] - Arroba do boi teve alta de quase 5% em 30 dias
[23/10/2014] - Marfrig: RS estuda taxar gado para ajudar frigo
[23/10/2014] - Agro já gerou R$ 428 bi em 2014
[22/10/2014] - Indicador da arroba do boi bate recorde histórico
[22/10/2014] - Arroba do boi segue em forte alta
[22/10/2014] - Margens dos frigoríficos estão apertadas
[22/10/2014] - Reposição subiu 6,4% em um mês no Tocantins
[22/10/2014] - JBS Foods reinicia processo de abertura de capital
[22/10/2014] - Declaração de vacinação será eletrônica em MG
[21/10/2014] - RS reduzirá imposto para manter Marfrig
[21/10/2014] - Arroba do boi volta a subir
[21/10/2014] - Especialização leva a pecuária a dar um salto
[21/10/2014] - Alta das carnes diminui e reduz alta da inflação
[21/10/2014] - Boi em alta no Maranhão
[21/10/2014] - Dezesseis presos em ação contra leite adulterado
[21/10/2014] - JBS Foods recua em abertura de capital
[21/10/2014] - Justiça mantém resultado da eleição na CNA
[20/10/2014] - Racionamento de água já atinge os frigoríficos
[20/10/2014] - Frigoríficos tentam reduzir a arroba do boi
[20/10/2014] - Pecuária crescerá mais que restante do agro
[20/10/2014] - Arroba em alta melhora relação com o milho

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br