Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
146,00 131,00 142,00
GO MT RJ
142,00 131,00 141,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1280,00
Garrote 18m 1550,00
Boi Magro 30m 1910,00
Bezerra 12m 950,00
Novilha 18m 1170,00
Vaca Boiadeira 1320,00

Atualizado em: 13/12/2017 12:20

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

ARTIGO - Frialto: Não gosto de prato feito

 
 
 
Publicado em 14/12/2010

Mario Candia de Figueiredo
Presidente da Acrimat - Associação dos Criadores de Mato Grosso

Sou pecuarista desde que nasci. Tenho outras atividades, mas criar gado está no sangue, na tradição da família. Apesar do prazer em trabalhar no campo o que encontramos nos últimos tempos é o desrespeito para com os pecuaristas. Alguns homens da cidade estão usando o boi para tirar proveito. Estou falando mais diretamente com os banqueiros. A crise que começou em 2008 quebrou a grande maioria dos frigoríficos que entraram com a famigerada Lei de Recuperação Judicial depois de créditos irresponsáveis liberados pelos bancos às empresas sem suporte para cumprir as obrigações assumidas e com taxas de juros exorbitantes e surreais.

Aqui em Mato Grosso o resultado foi o fechamento de mais de 40% das plantas frigoríficas e uma dívida com os pecuaristas que ultrapassa os R$ 200 milhões. Entre esses frigoríficos está o Frialto, localizado em Sinop, do grupo dos irmãos Bellincanta, que no próximo dia 16 de dezembro vai realizar sua quarta assembleia geral de credores. Um frigorífico que fui fiel fornecedor desde sua abertura em 1996.

Mas, eu não vou a Sinop. Por quê? Por que como credor e presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso, a Acrimat, não acredito mais nas ´boas intenções’ do Frialto, pois quem fala e decide pelos Bellincanta, são os bancos e não os pecuaristas e os trabalhadores, que são meros expectadores nas assembléias gerais convocadas. E será assim nos próximos 20 anos, caso o Frialto consiga se manter no mercado. Eles querem usar o boi futuro para consertarem o mal feito do passado e do presente.

Se depender de mim, Mario Candia de Figueiredo, isso só vai acontecer se mudar a proposta indecente de pagamento à vista de 15 mil e, acima desse teto, em 10 anos para pagar os R$ 95 milhões que estão devendo aos pecuaristas que trabalharam três anos para produzirem o boi gordo entregue nos frigoríficos. A partir de janeiro de 2011 vamos fazer uma campanha incessante junto aos pecuaristas da região Norte de Mato Grosso para não venderem mais boi, nem à vista, para o Frialto. Eu não vendo mais.

Não gosto de prato feito, o famoso PF. Gosto de fazer meu próprio prato e servir o que tenho vontade e não aceito goela abaixo o que os bancos, que detém 92% da divida de mais de meio milhão, decidem servir. A cada assembleia geral as propostas feitas aos pecuaristas e trabalhadores pioram consideravelmente, uma proporção inversa para com os bancos. Imaginem como será a quarta AGC! Não eu não aceito comer prato feito. Eu não vou a Sinop e podem acreditar, meu boi o Frialto não vai ver mais. Só no prato.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[13/12/2017] - Arroba: frigoríficos estão precisando comprar boi
[13/12/2017] - Reposição ganha força com a chegada das chuvas
[13/12/2017] - Exportação de gado subiu quase 32% em 2017
[13/12/2017] - Agência prevê 2018 melhor para os frigoríficos
[13/12/2017] - Mercosul cede, mas UE adia acordo para 2018
[13/12/2017] - Brasil trabalha forte para abrir mercado britânico
[13/12/2017] - Maggi crê que mercado dos EUA será reaberto logo

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[13/12/2017] - Argentina ganha espaço entre os exportadores
[13/12/2017] - JBS deverá devolver terreno de frigorífico no MT
[13/12/2017] - Câmara conclui aprovação da Lei do Funrural
[13/12/2017] - Famato pede prorrogação para inscrição no CAR
[13/12/2017] - MST invade fazenda recém-desocupada no Paraná
[12/12/2017] - Exportações de carne bovina: recorde histórico
[12/12/2017] - MAPA vai atender exigências dos russos
[12/12/2017] - Arroba: frigoríficos tentam segurar alta do boi
[12/12/2017] - Produção de carne fica estável no MS
[12/12/2017] - Frigoríficos criticam imposto menor para o boi
[12/12/2017] - Mais um processo contra a JBS e Wesley Batista
[12/12/2017] - UE quer abertura, mas carne bovina ainda é entrave
[11/12/2017] - Operação da PF investiga propina da JBS a fiscal
[11/12/2017] - Arroba continua a subir com firmeza
[11/12/2017] - Carne sobe e melhora perspectiva para o boi
[11/12/2017] - Reposição começa a se agitar no Tocantins
[11/12/2017] - Acordo com a UE pode ser anunciado até o dia 21
[11/12/2017] - Missão oficial de Hong Kong inspeciona frigorífico
[11/12/2017] - Funrural: votação deve acabar amanhã na Câmara
[11/12/2017] - Venda de milho está parada
[08/12/2017] - Arroba: frigoríficos pagam cada vez mais pelo boi
[08/12/2017] - Frigoríficos: vendas para o Natal surpreendem
[08/12/2017] - Reação do mercado agora depende do consumidor
[08/12/2017] - JBS diz que vai recuperar o mercado perdido
[08/12/2017] - BNDES deve vender ações da JBS
[08/12/2017] - JBS mantém planos de vender ações em NY
[08/12/2017] - Venda da Itambé pode parar na Justiça
[08/12/2017] - Governo do MS reduz impostos para laticínios
[08/12/2017] - Preço do farelo de algodão cai com força
[07/12/2017] - Arroba: boi sobe e tem mais espaço para alta
[07/12/2017] - Preço do bezerro sobe com volta das chuvas
[07/12/2017] - Exportações podem fechar ano com forte alta
[07/12/2017] - Ameaça de Trump faz México buscar carne do Brasil
[07/12/2017] - Negociações para reabertura da Rússia vão bem
[07/12/2017] - Compra da Itambé cria nova líder no leite
[07/12/2017] - Índios pedem ajuda para poder produzir
[06/12/2017] - Arroba: cotações firmes e subindo
[06/12/2017] - Confinamento deve fechar o ano com alta de 5,5%
[06/12/2017] - CCPR surpreende e vende Itambé imediatamente
[06/12/2017] - Leite: qual a perspectiva para os próximos meses?
[06/12/2017] - Leite caiu, mas custo de produção segue subindo
[06/12/2017] - Lácteos: Brasil importa menos, mas deficit segue
[06/12/2017] - Gilmar Mendes pede vista e Wesley continuará preso
[06/12/2017] - CPI da JBS pode convocar Lula e Dilma para depor
[06/12/2017] - Bancada corre contra o tempo por Funrural
[06/12/2017] - CNA pede aprovação da Reforma da Previdência
[06/12/2017] - Fazenda de frigorífico falido é invadida em SP
[05/12/2017] - Arroba sobe com demanda firme
[05/12/2017] - Carnes sobem e devem puxar a arroba do boi
[05/12/2017] - Recuperação no consumo puxa ações de frigoríficos

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br