Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
313,00 302,00 313,00
GO MT RJ
304,00 298,00 298,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2620,00
Garrote 18m 2900,00
Boi Magro 30m 3420,00
Bezerra 12m 2240,00
Novilha 18m 2680,00
Vaca Boiadeira 2840,00

Atualizado em: 6/12/2021 11:15

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Carne: O momento de agir é agora

 
 
 
Publicado em 28/09/2007

Alan Fraga

As exportações brasileiras de carne bovina rumam para um novo recorde, conforme previam diversos especialistas do setor. Dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne Bovina (ABIEC) indicam que entre os meses de janeiro e julho deste ano, as vendas no mercado internacional renderam US$ 2,552 bilhões com os embarques de 1,556 milhão de toneladas, volume 20% superior se comparado ao mesmo período de 2006. Esse ótimo desempenho reflete os esforços de toda cadeia produtiva para agregar valor à carne brasileira.

Além do salto nas vendas externas, a arroba do boi gordo também segue em tendência de alta. O período de entressafra fortaleceu o segmento e deu novo ânimo ao pecuarista. A média geral nas principais praças foi superior a R$ 60/arroba, e muitos acreditam que essa situação deve perdurar. Já estava mais que na hora. Os focos de febre aftosa em 2005 castigaram toda a cadeia produtiva, gerando grandes prejuízos. Muitos produtores desistiram da atividade ou reduziram seus rebanhos para evitar perdas financeiras.

Hoje a realidade é outra, e devemos aproveitar a oportunidade para finalmente colocar as coisas em ordem. A solidez do mercado está proporcionando maior rentabilidade e o investimento na qualidade do gado não deve ser deixado de lado.

Precisamos pensar em um futuro bem próximo, já que estamos às vésperas da época de estação de monta.

O mercado é claro sobre o tipo de produto que deseja: animais jovens, prontos para o abate aos 24 meses de idade, com carcaça padronizada e espessura de gordura acima de 3 centímetros. Para acompanhar esse ritmo de crescimento, é necessário seguir todas as regras, além de fazer nossa lição de casa corretamente. Apenas um descuido no manejo do gado pode ser suficiente para reverter lucro em prejuízo certo. Quem produz animais ‘padrão exportação’ tem maior facilidade em negociar sua produção e pode até ser bonificado pela qualidade da carcaça.

O melhoramento genético do gado é um importante aliado nessa batalha. Seja pelo processo de monta natural ou inseminação artificial, é fundamental utilizar somente touros, matrizes ou sêmen de animais verdadeiramente funcionais, atestados em um programa de melhoramento genético idôneo. Ressalto que plantaremos as sementes que darão frutos somente em 2009, quando os preços serão ainda melhores. Por isso, devemos estar preparados para explorar ao máximo a rentabilidade desse segmento.

Vale lembrar que os consumidores estão cada vez mais exigentes com a qualidade dos produtos que levam à mesa e temos a obrigação de atender suas necessidades. Quem se dá ao luxo de praticar à pecuária que deseja, nunca será competitivo e correrá o risco de afundar em prejuízos.

* Alan Fraga é presidente da Associação Brasileira de Criadores das Raças Simental e Simbrasil (ABCRSS), sediada em Cachoeiro do Itapemirim (SC). [email protected]

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[06/12/2021] - EUA não vão parar de importar carne do Brasil
[06/12/2021] - Não vai ter carne para atender chineses
[06/12/2021] - Arroba: frigoríficos vão pagar ainda mais?
[06/12/2021] - Arroba: mercado de olho no consumo
[06/12/2021] - Milho: vendedores seguram oferta e preço sobe
[03/12/2021] - Arroba: referências em alta
[03/12/2021] - Arroba: frigoríficos pagam bem mais

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[03/12/2021] - Leite: mercado sofre ajuste
[03/12/2021] - Exportações do Agro cresceram quase 20%
[03/12/2021] - Agro precisa de apoio, diz FAESP
[03/12/2021] - Minerva conclui compra de frigoríficos
[03/12/2021] - Crédito rural: contratações cresceram 23,5%
[02/12/2021] - Arroba: frigoríficos entram com força na compra
[02/12/2021] - CEPEA: boi volta a bater nas máximas
[02/12/2021] - Rússia habilita mais duas unidades para exportação
[02/12/2021] - Vizinhos da Rússia também querem importar carne
[02/12/2021] - Por que o PIB do Agro caiu?
[02/12/2021] - Inflação medida pelo IPC também perdeu força
[01/12/2021] - Arroba: boi segue em alta
[01/12/2021] - Arroba: frigoríficos já estão pagando mais em SP
[01/12/2021] - EUA devem aumentar importação de carne do Brasil
[01/12/2021] - Exportações: volume caiu, mas preço da carne subiu
[01/12/2021] - Deputados debatem aumento de custo na pecuária
[01/12/2021] - MAPA prorroga vacinação em 14 estados
[01/12/2021] - Câmara aprova indenização a pecuaristas
[30/11/2021] - Arroba: frigoríficos pagam acima da referência
[30/11/2021] - Scot vê oferta curta de boi
[30/11/2021] - Boi gordo em alta em Goiás
[30/11/2021] - Abates aumentaram 18% em Mato Grosso
[30/11/2021] - Frigoríficos prevêem disparada do boi
[30/11/2021] - Leite: preço do leite caiu com força
[30/11/2021] - Senado aprova preço mínimo para perecíveis
[30/11/2021] - Tereza: produtor precisa ser pago por preservação
[29/11/2021] - Arroba: mercado agora espera sinal do consumo
[29/11/2021] - Embargo chinês é jogada comercial, diz produtor
[29/11/2021] - Ministro chama ameaça da UE de protecionismo
[29/11/2021] - Milho: preços reagem após 2 meses de queda
[29/11/2021] - Vacinação contra aftosa é prorrogada em SP
[29/11/2021] - Leite: indústrias reclamam de queda nas vendas
[29/11/2021] - IGP-M perde força e fica abaixo das previsões
[26/11/2021] - Arroba: boi em alta, carne também subiu
[26/11/2021] - Arroba: preços também subiram em SP
[26/11/2021] - Margem do pecuarista deve subir se China voltar
[26/11/2021] - Confinamento cresceu em 2021 e deve crescer mais
[26/11/2021] - EUA: Brasil lidera produtividade agropecuária
[26/11/2021] - Economia: atividade cresceu 2% em outubro
[26/11/2021] - Senado aprova projeto que pode reduzir frete
[25/11/2021] - Arroba: mercado em alta
[25/11/2021] - CEPEA vê arroba do boi a R$ 310
[25/11/2021] - Milho cai em Mato Grosso do Sul
[25/11/2021] - Produtores de suínos comemoram abertura russa
[25/11/2021] - Arbitragens mostram a briga por trás da JBS
[24/11/2021] - Rússia libera exportações de 12 frigoríficos
[24/11/2021] - Arroba: o que fazer agora?
[24/11/2021] - Arroba: reabertura chinesa já mexe com o preço
[24/11/2021] - Tereza: embargo chinês pode cair em dezembro
[24/11/2021] - Lácteos: preços em queda no Paraná

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br