Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
214,00 202,00 213,00
GO MT RJ
202,00 190,00 200,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2010,00
Garrote 18m 2310,00
Boi Magro 30m 2780,00
Bezerra 12m 1445,00
Novilha 18m 1690,00
Vaca Boiadeira 2110,00

Atualizado em: 13/7/2020 10:37

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

BNDES: funcionários estariam travando venda da JBS

 
 
 
Publicado em 16/10/2019

O objetivo do governo do Brasil de vender até R$ 30 bilhões em ações pertencentes ao seu banco de desenvolvimento neste ano foi inviabilizado por uma disputa entre funcionários de carreira da instituição e sua nova administração.

A controvérsia já resultou na saída do diretor de crédito, participações e investimentos, André Laloni, que assumiu seu cargo em julho com a missão de vender a carteira do banco de cerca de R$ 110 bilhões em ações de empresas como Vale, JBS e Petrobras.

Enquanto o BNDES disse que Laloni pediu uma licença temporária por motivos pessoais, uma pessoa familiarizada com o assunto disse que o governo já está procurando alguém para substituí-lo.

Laloni, como diversos executivos anteriores do BNDES que tentavam alienar os ativos do banco, enfrentou oposição de funcionários responsáveis ​​por avaliações de pré-venda e consultoria jurídica, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

Sua primeira missão foi vender cerca de R$ 1 bilhão em ações do Banco do Brasil (BBAS3) pertencentes a um fundo do Tesouro, em uma oferta conjunta com a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

O departamento jurídico do banco foi contra. Em uma disputa sobre o assunto, a chefe do departamento, Luciana Tito, foi convidada a deixar seu cargo.

Laloni estava planejando substituir toda a equipe jurídica quando o presidente do banco, Gustavo Montezano, e seus diretores executivos votaram contra.

A disputa destaca as dificuldades políticas e técnicas do governo na venda de ativos prometidos aos investidores. Muitos presidentes anteriores do BNDES, incluindo Joaquim Levy, indicado pelo atual Ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, não conseguiram se desfazer de ativos na velocidade desejada.

A ex-presidente do BNDES Maria Silvia Bastos Marques, hoje chairman do Goldman Sachs no Brasil, e a ex-diretora Eliane Lustosa, também tetaram vender ações pertencentes ao BNDES.

Os funcionários do banco, que são contratados por meio de concurso público e não podem ser demitidos sem justa causa, criam dificuldades às vendas, disseram pessoas a par do assunto.

Esses funcionários argumentam, por exemplo, que os preços das ações no mercado nunca são altos o suficiente para a venda ou dizem que o BNDES não deveria pagar comissões aos bancos de investimento em ofertas organizadas, disseram as pessoas.

O governo já percebeu que não conseguirá vender cerca de R$ 30 bilhões em ações pertencentes ao BNDES este ano, como esperado anteriormente.

Como todas as vendas de participações do Tesouro Nacional em empresas devem seguir as mesmas regras do BNDES, que atua como agente do Tesouro, outras privatizações podem estar em risco, disse outra pessoa. Isso inclui a venda das Centrais Elétricas Brasileiras e Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

O governo ainda espera que Montezano seja capaz de encontrar uma maneira de apaziguar os ânimos de seus funcionários e realizar as vendas planejadas de ativos, mesmo que em um ritmo mais lento.

Laloni, ex-executivo do UBS e do Goldman Sachs, assumiu como diretor do BNDES após conseguir vender rapidamente ativos de outro banco controlado pelo governo, a Caixa Econômica Federal.

Laloni e o BNDES não quiseram comentar.  Com informações do Money Times.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[13/07/2020] - Agro brasileiro ocupa espaço no mercado mundial
[13/07/2020] - EUA: Covid não é transmitido pelos alimentos
[13/07/2020] - MP já pediu o fechamento de 11 frigoríficos
[13/07/2020] - Impasse no mercado do boi
[13/07/2020] - Arroba: pressão de baixa não funcionou
[13/07/2020] - JBS aproveita caixa alto para antecipar dívidas
[13/07/2020] - Molina compra mais ações da Marfrig
[13/07/2020] - Qual a tendência para o preço do milho?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[10/07/2020] - PIB do Agro deve crescer quase 9% em 2020
[10/07/2020] - Exportações do Agro são as maiores da história
[10/07/2020] - FIESP prevê disparada no preço da carne bovina
[10/07/2020] - Arroba: frigoríficos continuam precisando de boi
[10/07/2020] - Mercado faz sua aposta para o futuro da arroba
[10/07/2020] - Carne bovina volta a subir no atacado
[10/07/2020] - Justiça manda JBS seguir normas estaduais
[10/07/2020] - Normas podem reduzir produção de frigos em 50%
[09/07/2020] - Começa a faltar carne na China
[09/07/2020] - Exportações: governo manda carta aos chineses
[09/07/2020] - Arroba: frigoríficos pressionam o pecuarista
[09/07/2020] - Arroba do boi volta ao recorde de dezembro
[09/07/2020] - Frigoríficos: excesso de normas gera confusão
[09/07/2020] - Preço do milho em alta
[09/07/2020] - Pedidos de seguro-desemprego recuam em junho
[09/07/2020] - Governo permite inspeção privada em frigoríficos
[09/07/2020] - Crédito rural cresceu 11% em 2020
[09/07/2020] - Agro responde por 72% das exportações de SC
[08/07/2020] - Tendência para o boi é de alta
[08/07/2020] - Como estão as exportações de carne em julho?
[08/07/2020] - Arroba: pressão dos frigoríficos fracassou
[08/07/2020] - Onde o preço do bezerro disparou?
[08/07/2020] - Comércio tem maior alta nas vendas em 20 anos
[08/07/2020] - Inflação subiu em junho, segundo a FGV
[08/07/2020] - Mais um recorde a ser batido pelo Agro brasileiro
[08/07/2020] - Teste detecta 185 funcionários curados em frigoríf
[07/07/2020] - PIB da Pecuária cresceu 8% de janeiro a abril
[07/07/2020] - Frigoríficos querem testar carne vendida à China
[07/07/2020] - Pequenos frigoríficos têm medo de vender à China
[07/07/2020] - Arroba: o boi vai continuar subindo?
[07/07/2020] - Reposição: mercado está aquecido
[07/07/2020] - Leite: preço dos lácteos disparou em junho
[07/07/2020] - Marfrig lança crédito para bares e restaurantes
[07/07/2020] - JBS informa contaminação em outra unidade
[07/07/2020] - Governador do MS é indiciado por propinas da JBS
[07/07/2020] - Bolsonaro testa positivo para o coronavírus
[06/07/2020] - China suspende importações de mais duas unidades
[06/07/2020] - Justiça permite que JBS reabra unidade
[06/07/2020] - Tereza Cristina fala sobre o embargo chinês
[06/07/2020] - Abrafrigo confirma recorde na exportação de carne
[06/07/2020] - Arroba; mercado firme para o boi
[06/07/2020] - Reabertura de restaurantes pode puxar preço do boi
[06/07/2020] - Varejo segue repassando alta do boi para a carne
[06/07/2020] - Milho chega perto de R$ 50 a saca
[03/07/2020] - Um alerta urgente para toda a Pecuária Brasileira
[03/07/2020] - Qual será o real impacto do embargo chinês aqui?
[03/07/2020] - Arroba: frigoríficos precisam comprar boi
[03/07/2020] - Arroba do boi já chegou a R$ 214 em MG
[03/07/2020] - Preço do boi disparou também no Rio Grande do Sul
[03/07/2020] - Expointer 2020 é oficialmente cancelada

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br