Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
214,00 202,00 213,00
GO MT RJ
202,00 190,00 200,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2010,00
Garrote 18m 2310,00
Boi Magro 30m 2780,00
Bezerra 12m 1445,00
Novilha 18m 1690,00
Vaca Boiadeira 2110,00

Atualizado em: 13/7/2020 10:37

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Produtores fazem greve contra baixo preço do leite

 
 
 
Publicado em 01/06/2020

Produtores de leite da região Oeste de Mato Grosso, que engloba 20 cidades que vão de Porto Esperidião a Nova Lacerda, começaram nesta segunda-feira (1) uma greve, deixando de entregar leite para os laticínios em protesto contra os baixos preços. 

Segundo alguns produtores, a greve já era para ter ocorrido em março, depois abril, mas foi adiada devido à pandemia. Os laticínios chegam a pagar até 90 centavos pelo litro, preço que é considerado muito baixo, tendo em vista que em outras regiões do estado as empresas pagam até R$ 1,25.

"Não podemos aceitar isso. Estamos pagando para trabalhar. Pagar 90 centavos é muito injusto. Como todos estavam aceitando entregar lete por esse preço, não tinha acordo. Mas agora que paramos, só vamos voltar a entregar o leite novamente se houver reajuste do preço", disse José Carlos, que faz parte do grupo Beba Mais Leite, de Conquista D'Oeste.

Para o produtor, os preços oferecidos seriam uma falta de respeito com a classe produtiva. Segundo ele, os laticínios culpam a pandemia pelo valor pago, porém a diferença de preço já ocorreria há mais tempo.

"O produtor tem respeito ao próximo e não paralisamos mês passado por conta da pandemia. Mas os laticínios não tiveram respeito para com o produtor de leite. Desde janeiro de 2019 estamos recebendo 0,15 centavos a menos que o restante do MT e em plena Pandemia abaixaram mas 0,15. Chega, o produto é nosso vendemos e entregamos a quem quisermos e quando quisermos", comentou.

Segundo Zé Carlos, cada produtor tirou leite hoje apenas para fazer queijo ou alimentar animais, mas não para entrega nos laticínios.

A reportagem procurou o Sindicato dos Laticínios de Mato Grosso (Sindlat) e falou com o presidente da instituição, Leonir Chaves, que falou que irá buscar um entendimento com a categoria e com os produtores.

"Estamos em pandemia e distribuindo pouco para os mercados e outros locais, como restaurantes, pizzarias, lanchonetes, mercados. Agora que outros estados estão voltando ao normal. Nossa medida é São Paulo. Tem laticínio aqui que distribui pra lá. Por isso medimos por lá. Então, temos que ter um entendimento e buscar conversar com todos para ajustar isso. De fato, 90 centavos é pouco. Mas vamos ouvir os lados", disse o presidente. Com informações do Olhar Direto.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[13/07/2020] - Agro brasileiro ocupa espaço no mercado mundial
[13/07/2020] - EUA: Covid não é transmitido pelos alimentos
[13/07/2020] - MP já pediu o fechamento de 11 frigoríficos
[13/07/2020] - Impasse no mercado do boi
[13/07/2020] - Arroba: pressão de baixa não funcionou
[13/07/2020] - JBS aproveita caixa alto para antecipar dívidas
[13/07/2020] - Molina compra mais ações da Marfrig
[13/07/2020] - Qual a tendência para o preço do milho?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[10/07/2020] - PIB do Agro deve crescer quase 9% em 2020
[10/07/2020] - Exportações do Agro são as maiores da história
[10/07/2020] - FIESP prevê disparada no preço da carne bovina
[10/07/2020] - Arroba: frigoríficos continuam precisando de boi
[10/07/2020] - Mercado faz sua aposta para o futuro da arroba
[10/07/2020] - Carne bovina volta a subir no atacado
[10/07/2020] - Justiça manda JBS seguir normas estaduais
[10/07/2020] - Normas podem reduzir produção de frigos em 50%
[09/07/2020] - Começa a faltar carne na China
[09/07/2020] - Exportações: governo manda carta aos chineses
[09/07/2020] - Arroba: frigoríficos pressionam o pecuarista
[09/07/2020] - Arroba do boi volta ao recorde de dezembro
[09/07/2020] - Frigoríficos: excesso de normas gera confusão
[09/07/2020] - Preço do milho em alta
[09/07/2020] - Pedidos de seguro-desemprego recuam em junho
[09/07/2020] - Governo permite inspeção privada em frigoríficos
[09/07/2020] - Crédito rural cresceu 11% em 2020
[09/07/2020] - Agro responde por 72% das exportações de SC
[08/07/2020] - Tendência para o boi é de alta
[08/07/2020] - Como estão as exportações de carne em julho?
[08/07/2020] - Arroba: pressão dos frigoríficos fracassou
[08/07/2020] - Onde o preço do bezerro disparou?
[08/07/2020] - Comércio tem maior alta nas vendas em 20 anos
[08/07/2020] - Inflação subiu em junho, segundo a FGV
[08/07/2020] - Mais um recorde a ser batido pelo Agro brasileiro
[08/07/2020] - Teste detecta 185 funcionários curados em frigoríf
[07/07/2020] - PIB da Pecuária cresceu 8% de janeiro a abril
[07/07/2020] - Frigoríficos querem testar carne vendida à China
[07/07/2020] - Pequenos frigoríficos têm medo de vender à China
[07/07/2020] - Arroba: o boi vai continuar subindo?
[07/07/2020] - Reposição: mercado está aquecido
[07/07/2020] - Leite: preço dos lácteos disparou em junho
[07/07/2020] - Marfrig lança crédito para bares e restaurantes
[07/07/2020] - JBS informa contaminação em outra unidade
[07/07/2020] - Governador do MS é indiciado por propinas da JBS
[07/07/2020] - Bolsonaro testa positivo para o coronavírus
[06/07/2020] - China suspende importações de mais duas unidades
[06/07/2020] - Justiça permite que JBS reabra unidade
[06/07/2020] - Tereza Cristina fala sobre o embargo chinês
[06/07/2020] - Abrafrigo confirma recorde na exportação de carne
[06/07/2020] - Arroba; mercado firme para o boi
[06/07/2020] - Reabertura de restaurantes pode puxar preço do boi
[06/07/2020] - Varejo segue repassando alta do boi para a carne
[06/07/2020] - Milho chega perto de R$ 50 a saca
[03/07/2020] - Um alerta urgente para toda a Pecuária Brasileira
[03/07/2020] - Qual será o real impacto do embargo chinês aqui?
[03/07/2020] - Arroba: frigoríficos precisam comprar boi
[03/07/2020] - Arroba do boi já chegou a R$ 214 em MG
[03/07/2020] - Preço do boi disparou também no Rio Grande do Sul
[03/07/2020] - Expointer 2020 é oficialmente cancelada

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br