Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
222,00 210,00 217,00
GO MT RJ
210,00 198,00 206,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2010,00
Garrote 18m 2310,00
Boi Magro 30m 2810,00
Bezerra 12m 1510,00
Novilha 18m 1720,00
Vaca Boiadeira 2140,00

Atualizado em: 4/8/2020 12:29

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Agro faz Mato Grosso bater recorde de empregos

 
 
 
Publicado em 31/07/2020

A agropecuária sustentou a geração de novas vagas de emprego formal em Mato Grosso, em junho, conforme dados divulgados ontem pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) . Dos 6.790 novos postos criados no mês passado, 44%, ou 3.014, vieram do campo. Junho foi – no primeiro semestre - o mês mais afetado pela pandemia do novo coronavírus no Estado, período marcado pelo aumento exponencial dos registros de novos casos de Covid-19, bem como de óbitos. As atividades econômicas sofreram com medidas de restrição e de isolamento social impostas por decretos municipais.

Apesar de todo o contexto, a performance desse setor da economia mato-grossense colocou o Estado no topo do ranking nacional: foi o que mais criou postos de trabalho formal (carteira assinada) no período. No País, o saldo de junho seguiu negativo, com a eliminação de 10.984 vagas.

Junho foi o primeiro mês de saldo positivo no mercado formal mato-grossense após três meses seguidos (março, abril e maio) de cortes na contração de pessoal. O saldo atual, 6.790 vagas criadas, é o resultado da movimentação entre contratações (27.475) e demissões (20.685) contabilizadas no mês.

Além de ser o Estado brasileiro com a maior oferta de trabalho formal, Mato Grosso foi responsável por quase 70% do total de novas frentes registradas no Centro-Oeste. Conforme os dados do Ministério, a região – que reúne quatro estados, MT, MS, GO e DF – somou 10.010 novas vagas.

O destaque entre as principais atividades econômicas de Mato Grosso é da agropecuária, mas todos os cincos setores de maior peso na contratação de pessoal fecharam junho com saldo positivo. Pela ordem, a indústria criou 1.426 novas frentes formais, seguida pelo setor da construção civil com mais 986 vagas. Comércio e Serviços também tiveram papel importante, e ofertaram 950 e 414 postos, respectivamente.

A PANDEMIA – Na comparação com o mesmo período do ano passado, quando não havia a pandemia, é possível avaliar melhor o impacto da Covid-19. Mato Grosso, em junho de 2019, por exemplo, criou 7.367 novas vagas de emprego com carteira assinada e fechou o primeiro semestre com 20.705 novos postos gerados.

No acumulado desse ano, Mato Grosso lidera também a geração de empregos no País, mas com um saldo de 3.565. Entre os seis primeiros meses de 2019 e de 2020, a geração de postos no Estado encolheu 82,78%.

Apenas Mato Grosso e o Acre, esse com saldo de 1.270 novas vagas criadas, encerraram o primeiro semestre desse ano com resultados positivos. Todos os outros estados brasileiros eliminaram mais postos do que criaram, com destaque para São Paulo, cujo corte somou 364.470. No País, o resultado ficou negativo em 1,2 milhão de vagas formais. No mesmo período de 2019, o saldo foi positivo em 408 mil postos. Com informações do Diário de Cuiabá.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[04/08/2020] - Julho confirma recorde histórico das exportações
[04/08/2020] - Arroba: não tem boi no mercado
[04/08/2020] - Oferta curta segue puxando a arroba em MT
[04/08/2020] - Para onde vai a arroba do boi?
[04/08/2020] - Indústria brasileira cresce pelo segundo mês
[04/08/2020] - Cade aprova mais uma aquisição da JBS

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[03/08/2020] - Arroba: boi comum já consegue preço de boi China?
[03/08/2020] - Carne sobe com otimismo do mercado
[03/08/2020] - Leite: preços tiveram forte alta em julho
[03/08/2020] - JBS usa Banco Original para fazer caixa
[03/08/2020] - Milho: mercado vive impasse
[03/08/2020] - Presidente do BC elogia medidas no crédito rural
[03/08/2020] - Polícia apreende 700 bovinos em operação
[03/08/2020] - Produtor deve tomar cuidado com o ITR deste ano
[31/07/2020] - Preço do boi pode bater recorde nos próximos dias
[31/07/2020] - Arroba: disparada do boi já começou
[31/07/2020] - Enchentes podem espalhar peste suína na China
[31/07/2020] - China: exportadores argentinos reagem a exigências
[31/07/2020] - A disparada nos preços da reposição
[31/07/2020] - Justiça condena fiscais do MAPA por Carne Fraca
[31/07/2020] - Justiça nega fechamento de unidade da JBS
[31/07/2020] - Agro faz Mato Grosso bater recorde de empregos
[30/07/2020] - Média da arroba do boi é recorde para julho
[30/07/2020] - Leite também bate recorde histórico de preço
[30/07/2020] - Arroba dispara com ajuda firme das exportações
[30/07/2020] - Reposição cada vez mais cara no Tocantins
[30/07/2020] - Goiás gerou empregos graças ao agronegócio
[30/07/2020] - Empresa da JBS nos EUA tem prejuízo no trimestre
[30/07/2020] - Confiança de serviços recuperou 50% da crise
[29/07/2020] - Mercado aponta para mais altas pro boi
[29/07/2020] - Minerva aproveita o momento e reverte prejuízo
[29/07/2020] - China bloqueia mais um frigorífico, agora de aves
[29/07/2020] - Confiança da indústria subiu, segundo a FGV
[29/07/2020] - Paraná muda regras para brucelose e tuberculose
[29/07/2020] - China vai investir em fazendas na Argentina?
[28/07/2020] - Exportações de carnes já bateram recorde histórico
[28/07/2020] - Sindicato quer reserva de mercado na fiscalização
[28/07/2020] - Carne sobe no atacado pela quinta semana
[28/07/2020] - Arroba: mercado devagar em SP
[28/07/2020] - Arroba: diferença entre MT e SP caiu
[28/07/2020] - Leite tem preço firme no Rio Grande do Sul
[28/07/2020] - RS terá inspeção decisiva em agosto
[27/07/2020] - Importações chinesas de carne subiram 74%
[27/07/2020] - China pode exigir testagem em massa em frigorífico
[27/07/2020] - Analistas recomendam ações de frigoríficos
[27/07/2020] - Arroba: tem como o boi cair?
[27/07/2020] - Mais um acordo bilionário para a pecuária
[27/07/2020] - Milho: preços variam conforme a região
[27/07/2020] - RS começa programa para vigiar gado na fronteira
[24/07/2020] - MAPA rebate declarações de diplomata da China
[24/07/2020] - Arroba: frigoríficos pagam mais para achar boi
[24/07/2020] - Reposição: impasse trava o mercado
[24/07/2020] - MP pede fechamento de outra unidade da JBS
[24/07/2020] - JBS: produção nos EUA já voltou à normalidade
[24/07/2020] - Confiança do consumidor subiu em julho
[24/07/2020] - Superávit do Agro ajuda a fechar as contas de SP

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br