Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
311,00 301,00 302,00
GO MT RJ
301,00 304,00 292,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2850,00
Garrote 18m 3190,00
Boi Magro 30m 3920,00
Bezerra 12m 2380,00
Novilha 18m 2800,00
Vaca Boiadeira 3030,00

Atualizado em: 24/6/2021 10:36

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

China vai usar mais carne de suas reservas

 
 
 
Publicado em 09/06/2021

O planejador estatal da China disse na quarta-feira que pretende usar as reservas estaduais de carne suína para estabilizar a produção e os preços, após uma queda de mais de 50% nos preços dos suínos desde o início do ano.

A indústria suína da China está se recuperando de um surto do vírus mortal da peste suína africana que devastou o rebanho durante 2018 e 2019, mas os preços este ano caíram muito mais acentuadamente do que o esperado, disseram analistas.

Os preços atuais do suíno, de cerca de 15,6 yuans (US $ 2,44) por quilo, estão abaixo do ponto de equilíbrio para muitos produtores, o que pode levar alguns à falência e levar a uma queda substancial no fornecimento mais tarde, disse Li Ming, analista da Myagric. com.

“O risco é alto de que os mercados sejam bastante voláteis”, disse ele.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC) disse em um comunicado que planeja melhorar a forma como suas reservas de carne suína operam para ajudar a estabilizar a produção e os preços da carne suína.

“Recentemente, com o 'ciclo do porco' no topo da epidemia de peste suína africana e a epidemia de coronavírus, o funcionamento normal da indústria de suínos foi seriamente afetado”, disse o planejador estatal.

A China manteve um volume não revelado de carne de porco congelada por anos, mas a reserva é estimada como muito pequena para influenciar significativamente o mercado.

A NDRC disse que aumentaria significativamente seus estoques, mas não deu mais detalhes.

Também criará uma reserva temporária adicional que desempenhará um papel mais ativo na definição de preços, comprando do mercado quando os preços caem muito e liberando estoques quando a oferta ficar apertada.

“O principal objetivo é enviar um sinal ao mercado de que o governo não permitirá que os preços caiam mais”, disse Pan Chenjun, analista sênior do Rabobank.

Os preços do suíno vivo já começaram a subir em muitas regiões esta semana, encerrando uma queda acentuada de meses que pegou o mercado de surpresa.

Mas falar de novos surtos de doenças no sul e sudoeste nas últimas semanas pode desencadear mais vendas de pânico pelos agricultores, acrescentou Pan, empurrando os preços para baixo novamente e estimulando compras pela reserva.

O NDRC disse que também planeja ajustar um sistema de alerta antecipado que está em vigor para alertar as autoridades sobre a queda nos lucros da produção de suínos, o que pode levar a grandes flutuações na oferta e nos preços.

Ele aumentou a proporção de equilíbrio entre suínos e grãos para 7: 1 de 5,5: 1 anteriormente, aparentemente refletindo os custos de produção mais altos depois que os fazendeiros foram forçados a investir mais na higiene da fazenda para se proteger contra a peste suína africana.

Atualmente, a proporção é de cerca de 5,4: 1, com base no preço do porco de 15,56 yuans por kg e no preço do milho de 2,87 yuans por kg.

No entanto, também levará em consideração os preços de varejo da carne suína e os estoques de porcas reprodutoras ao emitir avisos no futuro, disse o NDRC. (US $ 1 = 6,3941 yuan)  Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[24/06/2021] - Arroba: frigoríficos não conseguem pressionar
[24/06/2021] - Queda do dólar pode travar exportações de carne?
[24/06/2021] - Pecuarista lucrava mais com arroba mais barata?
[24/06/2021] - Arroba em dólares bate recorde histórico
[24/06/2021] - Guedes prevê queda maior para o dólar
[24/06/2021] - Leite: alta pode garantir maior margem ao produtor
[24/06/2021] - Polícia prende quadrilha que roubava gado em SP
[24/06/2021] - Ricardo Salles pede demissão do ministério
[24/06/2021] - Substituto de Salles é ligado ao Agro
[24/06/2021] - Tereza: Ricardo Salles fez um bom trabalho
[24/06/2021] - Comissão aprova novas regras para demarcações
[24/06/2021] - BC revê para cima previsão de alta do PIB
[24/06/2021] - MAPA muda modelo da GTA impressa

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[23/06/2021] - Golpistas dão prejuízo de R$ 30 mi a pecuaristas
[23/06/2021] - Arroba: frigoríficos seguem cautelosos em SP
[23/06/2021] - Leite: referência subiu mais de 5% no RS
[23/06/2021] - Preços dos lácteos dispara no Paraná
[23/06/2021] - Preço do milho tem queda forte em Goiás
[23/06/2021] - IPEA prevê PIB maior para o Agro
[23/06/2021] - Plano Safra será 6% maior em 2021
[23/06/2021] - Tereza quer mais verba para seguro rural
[23/06/2021] - Argentina: governo libera exportações, com limites
[23/06/2021] - STF não vai interferir na reforma agrária
[22/06/2021] - Estiagem pode travar PIB do Agro em 2021
[22/06/2021] - Arroba: sinais preocupantes vindos da China
[22/06/2021] - Arroba: frigoríficos paulistas fora das compras
[22/06/2021] - Exportações de carne ensaiam recuperação em junho
[22/06/2021] - China: rebanho de suínos está recuperado
[22/06/2021] - Milho: produtores pedem ação do governo
[22/06/2021] - Milho: preço cai ao menor valor desde março
[22/06/2021] - Plano Safra: liberação do dinheiro pode atrasar
[22/06/2021] - Expointer 2021 será realizada com público presente
[21/06/2021] - Arroba: indicador do CEPEA bate recorde histórico
[21/06/2021] - Arroba: ágio para o boi China chega a R$ 9
[21/06/2021] - Os dólares trazidos pela exportação de carnes
[21/06/2021] - Governo argentino fecha acordo com pecuaristas
[21/06/2021] - Leite: produtor deve receber 5% a mais
[21/06/2021] - Minerva vai exportar pratos prontos aos EUA
[21/06/2021] - Marfrig vai construir unidade no Paraguai
[21/06/2021] - Milho: compradores acreditam em quedas maiores
[21/06/2021] - É hora de vender milho?
[18/06/2021] - Arroba: dá para receber mais pelo boi
[18/06/2021] - Arroba: frigoríficos paulistas saem do mercado
[18/06/2021] - China dará subsídio a produtores rurais
[18/06/2021] - O que virá no próximo Plano Safra?
[18/06/2021] - Milho: preço sobe após se aproximar de R$ 80
[18/06/2021] - Brasil vai importar milho dos EUA
[18/06/2021] - Dólar cai abaixo dos R$ 5 nesta sexta
[17/06/2021] - Pecuaristas dos EUA não querem depender da JBS
[17/06/2021] - China está comprando menos carne do Brasil
[17/06/2021] - Arroba: mercado preocupado com vendas à China
[17/06/2021] - Arroba: boi já vale mais em Goiás
[17/06/2021] - Queda do dólar pode derrubar a arroba do boi
[17/06/2021] - Custo de produção do leite continua a subir
[17/06/2021] - Combater desperdício de alimentos é prioridade
[17/06/2021] - Guedes: governo precisa reduzir encargos
[17/06/2021] - Herdeiros da BRF aprovam sociedade com Marfrig
[17/06/2021] - Construção de ferrovia depende de consulta a índio
[17/06/2021] - Câmara adia projeto que altera demarcações
[16/06/2021] - Agro brasileiro bateu recorde de exportações
[16/06/2021] - Arroba: frigoríficos pagam mais que a referência
[16/06/2021] - Arroba: boi volta a subir em várias praças
[16/06/2021] - Confinador precisará fazer muita conta em 2021

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br