Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
311,00 305,00 305,00
GO MT RJ
299,00 295,00 296,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2850,00
Garrote 18m 3190,00
Boi Magro 30m 3980,00
Bezerra 12m 2190,00
Novilha 18m 2800,00
Vaca Boiadeira 3090,00

Atualizado em: 30/7/2021 09:25

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Pecuaristas dos EUA não querem depender da JBS

 
 
 
Publicado em 17/06/2021

Pecuaristas e investidores dos Estados Unidos estão destinando centenas de milhões de dólares à construção de novas fábricas de carne bovina, depois que o fechamento temporário de enormes unidades de abate no início da pandemia de Covid-19 deixou produtores sem ter para onde enviar animais prontos para serem transformados em carne.

Um ataque cibernético contra a unidade norte-americana da gigante brasileira JBS, que paralisou quase um quarto da produção de carne bovina dos EUA neste mês, voltou a ressaltar as vulnerabilidades da cadeia de oferta de carnes do país, causando mais dores de cabeça aos produtores.

Os pecuaristas, assim como o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês), afirmam que o setor está muito consolidado e, dessa forma, depende de apenas alguns grandes processadores e de seus frigoríficos industriais.

Quatro gigantes do setor --JBS USA, Tyson Foods, Cargill e National Beef Packing Company-- são responsáveis pelo abate de 85% do gado engordado com grãos, transformando-o em bifes, costelas e assados para os consumidores.

As fábricas de carne de menor porte e "startups" têm o objetivo de fornecer aos pecuaristas locais mais espaços para o abate do gado, especialmente aquele criado para produção de carne de maior qualidade. Segundo elas, o aumento no número de plantas pode garantir que parte da produção seja mantida caso grandes instalações venham a fechar.

Quando grandes frigoríficos fecham, a oferta de carne diminui e os produtores ficam "presos" com o gado que teria sido abatido. Isso significa que o preço do gado geralmente cai, enquanto o preço da carne nos supermercados sobe.

As longas paralisações em alguns dos maiores abatedouros dos EUA devido a surtos de Covid-19 afetaram a produção de carnes na primavera de 2020 (no Hemisfério Norte), resultando na imposição de limites para as compras por consumidores em supermercados e em uma redução nos estoques congelados, que os processadores ainda precisam reabastecer.

Em todo o país, pelo menos cinco novas instalações de processamento de tamanhos variados foram inauguradas ou têm planos de abertura após os choques de oferta vistos no início da pandemia. Considerando expansões em fábricas já existentes, incluindo uma da JBS, a capacidade de abate diário dos EUA deve aumentar em cerca de 5%, de acordo com cálculos da Reuters e dados do Instituto Norte-Americano de Carnes.

As condições de mercado são favoráveis para novos participantes. A oferta de gado é ampla, enquanto os preços da carne bovina e as margens de lucro dos frigoríficos dispararam devido às fortes exportações e à demanda dos consumidores norte-americanos. Com informações da Reuters.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[30/07/2021] - ALERTA: Peste suína africana chega à América
[30/07/2021] - Leite: preço recorde não ajuda o produtor
[30/07/2021] - Arroba: agosto deve começar com boi em alta
[30/07/2021] - Arroba: frigoríficos reduzem ofertas pela vaca
[30/07/2021] - Agro liderou a criação de empregos em junho
[30/07/2021] - Leite: Governo de MT quer intervir no mercado
[30/07/2021] - Vai faltar adubo no Brasil?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[30/07/2021] - Governo muda classificação de produtores rurais
[29/07/2021] - Brasil criou mais de 1,5 mi de empregos em 2021
[29/07/2021] - Arroba: frigoríficos até pagam mais, mas não falam
[29/07/2021] - Arroba: onda de frio deixa frigoríficos em alerta
[29/07/2021] - CEPEA: mercado firme para o boi
[29/07/2021] - China: queda da carne suína bate na carne bovina
[29/07/2021] - China promete intervir no mercado da carne
[29/07/2021] - Concentração de frigoríficos na mira dos EUA
[29/07/2021] - Leite: setor vive momento de guerra
[29/07/2021] - Milho: a maior quebra de safra da história no PR
[29/07/2021] - Carne bovina movimentou R$ 747 bi em 2020
[29/07/2021] - Setor de máquinas cresce, puxado pelo Agro
[29/07/2021] - IGP-M vem menor que o esperado em julho
[28/07/2021] - Boatos são espalhados para derrubar o preço do boi
[28/07/2021] - Analistas já prevêem a arroba a R$ 350
[28/07/2021] - Frigoríficos pedem socorro ao governo
[28/07/2021] - Arroba: mercado começa a virar para alta
[28/07/2021] - Arroba: preço do boi recua em Mato Grosso
[28/07/2021] - Leite: produtores deixaram a atividade no RS
[28/07/2021] - Milho: pequeno produtor é refém do preço alto?
[27/07/2021] - Exportações podem bater novo recorde em julho
[27/07/2021] - Bezerro dispara nos EUA e indica boi mais caro
[27/07/2021] - Virada do mês deve trazer alta para o boi
[27/07/2021] - Arroba: pecuarista precisa endurecer o jogo
[27/07/2021] - Como estão o mercado do boi e reposição em Goiás?
[27/07/2021] - Milho: preço volta a bater os R$ 100
[27/07/2021] - Milho: indústrias buscam cereal na Argentina
[27/07/2021] - Frio polar: veja onde a geada será mais forte
[26/07/2021] - Arroba: frigoríficos podem tentar derrubar o boi
[26/07/2021] - Milho: preocupações dominam o mercado
[26/07/2021] - Greve dos caminhoneiros aconteceu?
[26/07/2021] - Ministro e governador defendem a Ferrogrão
[26/07/2021] - Confiança do consumidor: maior nível em 9 meses
[23/07/2021] - Contrabando de bois: ação da polícia apreende gado
[23/07/2021] - Arroba: não está sobrando boi
[23/07/2021] - Arroba: onde o boi subiu?
[23/07/2021] - Como deve ser esta sexta no mercado do boi?
[23/07/2021] - Situação difícil para quem precisa comprar milho
[23/07/2021] - China jura que peste suína está sob controle
[23/07/2021] - JBS convoca funcionários para trabalho presencial
[22/07/2021] - China pode habilitar novos frigoríficos no Brasil
[22/07/2021] - Arroba: confinamento dá uma mão aos frigoríficos
[22/07/2021] - Exportações recordes aos EUA surpreendem o setor
[22/07/2021] - Laticínios falam em colapso do setor do leite
[22/07/2021] - SC terá a menor safra de milho da história
[22/07/2021] - Ministro não acredita em greve dos caminhoneiros
[22/07/2021] - Produtores rurais são vítimas de onda de golpes
[21/07/2021] - Ministro Tarcísio defende construção da Ferrogrão
[21/07/2021] - MT anuncia projeto que pode prejudicar a Ferrogrão
[21/07/2021] - Caminhoneiros voltam a ameaçar governo

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br