Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
311,00 305,00 305,00
GO MT RJ
299,00 295,00 296,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2850,00
Garrote 18m 3190,00
Boi Magro 30m 3980,00
Bezerra 12m 2190,00
Novilha 18m 2800,00
Vaca Boiadeira 3090,00

Atualizado em: 30/7/2021 09:25

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Ministro Tarcísio defende construção da Ferrogrão

 
 
 
Publicado em 21/07/2021

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, revelou nesta terça-feira (20/7) que a Ferrogrão, ferrovia cujo projeto é considerado prioritário pelo governo federal, já possui interessados em seu futuro licenciamento. Em live organizada pelo jornal Valor Econômico, o ele afirmou que a equipe do governo tem se encontrado semanalmente com potenciais investidores e que, por isso, tem concentrado esforços para viabilizar sua construção.

“Por que nós trabalhamos no projeto da Ferrogrão? Porque a gente está encontrando reverberação no mercado, a gente está encontrando eco. Se nós não tivéssemos encontrando eco, a gente não gastaria energia com ele. Se nós não estivéssemos interagindo com grupos qu demonstram interesse, nós não estaríamos interagindo ou gastando energia com ele”, afirmou Tarcísio ao pontuar que “não gasta energia com projetos que não tenha a menor possibilidade de sair”.

Como exemplo, o ministro citou o arrendamento do terminal de contêineres do porto de Suape, em Pernambuco. Segundo ele, embora o arrendamento tenha sido autorizado pelo TCU, a opção do governo foi por não realizá-lo porque não havia interessados. “Era uma licitação que iria fracassar. Nós não encontramos reverberação no mercado ou eco de mercado para esse projeto. A Ferrogrão é o contrário. A gente tem encontrado eco de mercado”, completou o ministro.

Ainda de acordo com Tarcísio, há um “grupo grande, muito vigoroso, que conhece a região e que está estudando detidamente Ferrogrão e acompanhando todos os movimentos” e com quem o governo interage semanalmente. Segundo ele, sem o interesse desses investidores, o projeto da ferrovia que liga Sinop, no Mato Grosso, a Miritituba, no Pará, já teria sido abandonado.

“Se esse grupo chegasse para nós e dissesse que perdeu o interesse e que não quer mais saber de Ferrogrão, a gente já teria abandonado. Porque a gente tem que fazer o possível. Fazer os projetos que estão ao nosso alcance. Tem muitos projetos no brasil para viabilizar. Esse é mais um. É um projeto importante? Sem dúvida”, disse o ministro.

Extensão da Ferronorte

Tarcísio também comentou a iniciativa do governo do Mato Grosso de procurar investidores para estender a Ferronorte, que liga Rondonópolis ao Porto de Santos, até Cuiabá e Lucas do Rio Verde. Segundo ele, a extensão é “bem-vinda” e se o governo estadual não fizesse, o próprio governo federal o faria.

“O que a gente puder agregar de oferta de transporte ao Estado do Mato Grosso é pouco. O que a gente puder fazer de infraestrutura para o Mato Grosso é pouco”, destacou o ministro, sem deixar de comparar o projeto estadual com o federal, que liga o Estado aos portos do Arco Norte.

“O que a extensão da Ferronorte vai fazer é agregar mais TKU [toneladas quilômetro útil] para a concessionária da Ferronorte. Ela vai pegar carga mais longe, então vai ter mais TKU. Agora, ela aumenta a oferta ferroviária? Não”, pontuou o ministro ao avaliar que a “extensão por si não traz competição” e que, portanto, não contribui para reduzir o valor do frete local.

Crítica ambiental

Em relação às críticas ambientais feitas ao projeto da Ferrogão, Tarcísio chamou de mentirosas as afirmações de que a ferrovia causará desmatamento de 2 mil km² de floresta nativa, feita por um grupo de organizações de esquerda em uma notificação enviada a instituições financeiras.

“Quem fala que vai devastar floresta, que vai acabar com o meio ambiente e etc, está mentindo”, disse o ministro ao enumerar os benefícios ambientais que a Ferrovia poderia gerar.

“Essa guerra que está sendo colocada tem um caráter ideológico muito forte. São pessoas que desconhecem o esforço que foi feito e preferem desconhecer porque tenho certeza absoluta que ninguém conhece com profundidade o projeto que está posto”, criticou o ministro. Ainda de acordo com ele, o projeto não intercepta “nenhuma terra indígena”. “As duas terras indígenas mais próximas estão a 4 km e a 7 km já na chegada a Itaituba”, defendeu Tarcísio.

Projeto suspenso

Desde outubro de 2020, o projeto é alvo de uma Representação do Ministério Público Federal (MPF) e de associações indígenas junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) por não ter consultado 16 terras indígenas impactadas pelo trajeto da ferrovia. Já em março deste ano, o Supremo Tribunal Federal suspendeu o projeto numa ação direta de inconstitucionalidade proposta pelo Psol. Com informações do Globo Rural.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[30/07/2021] - ALERTA: Peste suína africana chega à América
[30/07/2021] - Leite: preço recorde não ajuda o produtor
[30/07/2021] - Arroba: agosto deve começar com boi em alta
[30/07/2021] - Arroba: frigoríficos reduzem ofertas pela vaca
[30/07/2021] - Agro liderou a criação de empregos em junho
[30/07/2021] - Leite: Governo de MT quer intervir no mercado
[30/07/2021] - Vai faltar adubo no Brasil?

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[30/07/2021] - Governo muda classificação de produtores rurais
[29/07/2021] - Brasil criou mais de 1,5 mi de empregos em 2021
[29/07/2021] - Arroba: frigoríficos até pagam mais, mas não falam
[29/07/2021] - Arroba: onda de frio deixa frigoríficos em alerta
[29/07/2021] - CEPEA: mercado firme para o boi
[29/07/2021] - China: queda da carne suína bate na carne bovina
[29/07/2021] - China promete intervir no mercado da carne
[29/07/2021] - Concentração de frigoríficos na mira dos EUA
[29/07/2021] - Leite: setor vive momento de guerra
[29/07/2021] - Milho: a maior quebra de safra da história no PR
[29/07/2021] - Carne bovina movimentou R$ 747 bi em 2020
[29/07/2021] - Setor de máquinas cresce, puxado pelo Agro
[29/07/2021] - IGP-M vem menor que o esperado em julho
[28/07/2021] - Boatos são espalhados para derrubar o preço do boi
[28/07/2021] - Analistas já prevêem a arroba a R$ 350
[28/07/2021] - Frigoríficos pedem socorro ao governo
[28/07/2021] - Arroba: mercado começa a virar para alta
[28/07/2021] - Arroba: preço do boi recua em Mato Grosso
[28/07/2021] - Leite: produtores deixaram a atividade no RS
[28/07/2021] - Milho: pequeno produtor é refém do preço alto?
[27/07/2021] - Exportações podem bater novo recorde em julho
[27/07/2021] - Bezerro dispara nos EUA e indica boi mais caro
[27/07/2021] - Virada do mês deve trazer alta para o boi
[27/07/2021] - Arroba: pecuarista precisa endurecer o jogo
[27/07/2021] - Como estão o mercado do boi e reposição em Goiás?
[27/07/2021] - Milho: preço volta a bater os R$ 100
[27/07/2021] - Milho: indústrias buscam cereal na Argentina
[27/07/2021] - Frio polar: veja onde a geada será mais forte
[26/07/2021] - Arroba: frigoríficos podem tentar derrubar o boi
[26/07/2021] - Milho: preocupações dominam o mercado
[26/07/2021] - Greve dos caminhoneiros aconteceu?
[26/07/2021] - Ministro e governador defendem a Ferrogrão
[26/07/2021] - Confiança do consumidor: maior nível em 9 meses
[23/07/2021] - Contrabando de bois: ação da polícia apreende gado
[23/07/2021] - Arroba: não está sobrando boi
[23/07/2021] - Arroba: onde o boi subiu?
[23/07/2021] - Como deve ser esta sexta no mercado do boi?
[23/07/2021] - Situação difícil para quem precisa comprar milho
[23/07/2021] - China jura que peste suína está sob controle
[23/07/2021] - JBS convoca funcionários para trabalho presencial
[22/07/2021] - China pode habilitar novos frigoríficos no Brasil
[22/07/2021] - Arroba: confinamento dá uma mão aos frigoríficos
[22/07/2021] - Exportações recordes aos EUA surpreendem o setor
[22/07/2021] - Laticínios falam em colapso do setor do leite
[22/07/2021] - SC terá a menor safra de milho da história
[22/07/2021] - Ministro não acredita em greve dos caminhoneiros
[22/07/2021] - Produtores rurais são vítimas de onda de golpes
[21/07/2021] - Ministro Tarcísio defende construção da Ferrogrão
[21/07/2021] - MT anuncia projeto que pode prejudicar a Ferrogrão
[21/07/2021] - Caminhoneiros voltam a ameaçar governo

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br