Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
294,00 279,00 277,00
GO MT RJ
281,00 279,00 288,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2380,00
Garrote 18m 2790,00
Boi Magro 30m 3700,00
Bezerra 12m 1820,00
Novilha 18m 2400,00
Vaca Boiadeira 2820,00

Atualizado em: 15/8/2022 10:41

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Pecuaristas querem ter frigorífico próprio

 
 
 
Publicado em 25/07/2022

A Federação da Agricultura do Ceará (Faec) reúne hoje presidentes de sindicatos rurais e empresários para dar início a uma campanha cuja finalidade também é tornar o Estado zona livre da febre aftosa sem vacinação.

Hoje o Ceará já zona livre da aftosa, mas com vacinação.

A reunião de hoje tem, porém, do ponto de vista econômico, um objetivo maior: plantar a semente de um projeto de instalação, no médio prazo, de um grande frigorífico industrial para atender ao que o presidente da Faec, Amílcar Silveira, chama de “uma bomba atômica, que é o gigantesco mercado consumidor de carne bovina e suína de Fortaleza e sua Região Metropolitana, estimado em mais de três milhões de bocas”.

Tornando-se zona livre de aftosa sem vacinação, o Ceará estará, literalmente, livre, também, para incrementar uma política de incentivo à criação de gado de corte, multiplicando o seu atual rebanho bovino, que é só de 2 milhões de cabeças, muito pouco diante do alto consumo local (estima-se que a atual produção cearense de proteína bovina atende menos de 50% do consumo estadual).

Tornar o Ceará zona livre da aftosa sem vacinação, porém, “levará algum tempo”, diz Amílcar Silveira, acrescentando:

“Como todo caminho começa ao caminhar, o primeiro passo desse projeto estamos dando agora, desenvolvendo um esforço no sentido de engajar toda a comunidade de criadores de bovinos e suínos para, primeiro, nos livrarmos da aftosa sem vacinação e, em seguida, implantarmos o frigorífico industrial”.

A ideia do frigorífico foi levantada há poucos meses pelo empresário Beto Studart, ele mesmo um criador de gado de corte, da raça Nelore, em sua fazenda Chica Doce, nas cercanias de Fortaleza.

Candice Rangel, agropecuarista que, em Brejo Santo, mantém um rebanho de corte de 2.500 cabeças de gado Nelore, entusiasma-se com a ideia e garante apoio ao esforço da Faec:

“Podemos mobilizar os criadores da região do Cariri, primeiro para estudar a viabilidade do projeto, depois para dimensionar o tamanho do mercado e, com base nele, definir a planta industrial do frigorífico”, diz Candice. Com informações do Diário do Nordeste.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[15/08/2022] - Guerra no mercado do boi
[15/08/2022] - Arroba: semana fechou em tom pessimista
[15/08/2022] - Arroba: mercado parado em São Paulo
[15/08/2022] - Deflação já chega à carne bovina
[15/08/2022] - Frigorífico tenta reverter suspensão chinesa
[15/08/2022] - China: desemprego entre jovens bate recorde
[15/08/2022] - Importações de adubo estão acima de 2021
[15/08/2022] - Prévia do PIB sobe acima da expectativa
[15/08/2022] - Desemprego caiu em 22 estados
[15/08/2022] - Milho: preços variam conforme a região
[15/08/2022] - Milho: colheita quase concluída em Mato Grosso

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[12/08/2022] - Mercado tenta entender debandada de frigoríficos
[12/08/2022] - JBS prevê demanda forte da China
[12/08/2022] - Frigorífico desconhece razão de suspensão chinesa
[12/08/2022] - Marfrig: lucro dobrou no segundo trimestre
[12/08/2022] - Lucro no Brasil puxa resultados da JBS
[12/08/2022] - Agro faz MS ter segundo maior crescimento do país
[11/08/2022] - Japão e Coreia procuraram Brasil por carne bovina
[11/08/2022] - Frigoríficos saíram das compras juntos?
[11/08/2022] - Férias em frigoríficos derrubam cotação do boi
[11/08/2022] - Abates de bovinos em alta
[11/08/2022] - Minerva registra lucro 264% maior
[11/08/2022] - Preço médio da carcaça é o menor desde 2019
[11/08/2022] - Reino Unido aumenta importações pós-Brexit
[11/08/2022] - Leite: disparada de preço cobre os custos?
[11/08/2022] - Guedes: Europa vai ficar irrelevante para o Brasil
[11/08/2022] - Agro bate recorde de exportação em julho
[10/08/2022] - JBS dá férias coletivas e pecuaristas protestam
[10/08/2022] - Arroba: preço do boi subiu em duas praças
[10/08/2022] - Arroba: com exportação recorde, boi China caiu
[10/08/2022] - JBS já fecha contrato de exportação ao Uruguai
[10/08/2022] - Brasil pode bater recorde na exportação de milho
[10/08/2022] - Frigorífico brasileiro quer ter sócio chinês
[10/08/2022] - FPA: banir defensivos significa alimento mais caro
[09/08/2022] - Pecuarista de MT paga frete do boi até SP
[09/08/2022] - Exportações de carne: volume menor, preço maior
[09/08/2022] - Frigoríficos testam preços menores para o boi
[09/08/2022] - Arroba: mercado devagar em São Paulo
[09/08/2022] - Exportações de carne do MT seguem fortes
[09/08/2022] - Situação nos EUA deve prejudicar Marfrig e JBS
[09/08/2022] - China suspende mais um frigorífico brasileiro
[09/08/2022] - Agro brasileiro exporta 21% a mais em julho
[09/08/2022] - Exportações do agro gaúcho recuam em julho
[09/08/2022] - Logística atrapalha importação de fertilizantes
[08/08/2022] - Arroba: mercado da carne ainda sugere alta
[08/08/2022] - Arroba: semana acabou devagar
[08/08/2022] - Importações de carne chinesas continuam subindo
[08/08/2022] - Deputados do PT querem taxar exportação de carne
[08/08/2022] - Milho: mercado está sem referência
[08/08/2022] - Brasil já fecha embarques de milho à China
[08/08/2022] - Produtores rurais recorrem à recuperação judicial
[08/08/2022] - Crédito rural já movimentou R$ 25 bi em julho
[05/08/2022] - Arroba: frigorífico seguem segurando as compras
[05/08/2022] - ASSOCON: produto à base de plantas não é carne
[05/08/2022] - Pecuaristas do RS querem união para faturar mais
[05/08/2022] - Como estão as exportações argentinas de carne?
[05/08/2022] - China compra mais produtos do agro dos EUA
[04/08/2022] - Arroba: boi em queda e carne em alta
[04/08/2022] - Arroba: frigoríficos ampliam queda do boi em SP
[04/08/2022] - Brasil vai exportar carne com osso ao Uruguai
[04/08/2022] - Arroba: indicador está abaixo de julho de 2021

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br