Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
233,00 225,00 228,00
GO MT RJ
218,00 213,00 218,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1830,00
Garrote 18m 2160,00
Boi Magro 30m 2620,00
Bezerra 12m 1370,00
Novilha 18m 1700,00
Vaca Boiadeira 1870,00

Atualizado em: 20/2/2024 10:03

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Até onde vai a alta do boi?

 
 
 
Publicado em 04/12/2023

O mercado brasileiro de boi gordo registrou aumento moderado no preço da arroba durante novembro. Esse cenário deve-se às escalas de abate restritas nos frigoríficos e à limitada oferta de gado terminado a pasto.

Fernando Iglesias, analista da Safras & Mercado, aponta que, devido às dificuldades nas pastagens no centro-norte do Brasil, os frigoríficos operaram com preços próximos de R$ 250 a arroba a prazo no fim do mês. Houve aumento de preços em outros estados também.

Apesar do pico de consumo de carne bovina em dezembro, Iglesias enfatiza que o aumento no preço da arroba não será significativo. "O limite de alta no preço da arroba deve ser de R$ 255. Com a carne a R$ 260 por arroba, os frigoríficos não querem margens negativas. A tendência é manter os preços", explica.

Acompanhe as cotações da arroba do boi gordo e da reposição em: www.pecuaria.com.br/cotacoes.php

Em São Paulo, a arroba do boi a prazo alcançou R$ 250, com aumento de 8,7% em relação ao valor de R$ 230 no final de outubro. Em Dourados (MS), o preço subiu 2,22% ao longo do mês, de R$ 225 para R$ 230. Em Cuiabá (MT), manteve-se estável em R$ 210. Uberaba (MG) e Goiânia (GO) registraram R$ 235 e R$ 240, respectivamente.

No mercado atacadista, os preços dos cortes traseiros bovinos tiveram alta em novembro, enquanto os cortes dianteiros se mantiveram estáveis. Iglesias destaca o impacto do décimo terceiro salário, bônus, empregos temporários e festividades de fim de ano no aumento da demanda pelos cortes traseiros.

O preço do quarto traseiro aumentou 9,44% em novembro, de R$ 18 para R$ 19,70. O quarto dianteiro permaneceu com o preço de R$ 13, inalterado em relação a outubro. 


Quer vender seus animais? Anuncie no Pecuária.com.br! Clique aqui e veja como fazer. 


 


   Leia também:
 
[20/02/2024] - Exportações de carne disparam quase 50%
[20/02/2024] - Qual é o preço do boi no mercado?
[20/02/2024] - Como estão as escalas dos frigoríficos em SP
[20/02/2024] - Preço do milho não cobre o custo de produção
[20/02/2024] - Presidente da FPA assina impeachment de Lula
[20/02/2024] - Líder do MST apóia declarações de Lula

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[19/02/2024] - Crise com Israel pode atingir o agro do Brasil
[19/02/2024] - Preço do boi caiu depois do Carnaval?
[19/02/2024] - Leite: produtor de MG recebeu 18% menos
[19/02/2024] - Exportações do Agro: novo recorde em janeiro
[19/02/2024] - Quanto está valendo a saca do milho?
[19/02/2024] - Protestos de agricultores aumentam na Índia
[16/02/2024] - Terras de devedores podem ir para reforma agrária
[16/02/2024] - Oferta de boi maior que a demanda
[16/02/2024] - Como está o preço do boi em São Paulo?
[16/02/2024] - Bancada do Agronegócio terá um 2024 delicado
[16/02/2024] - Fiscais Agropecuários farão operação padrão
[15/02/2024] - Egito dispensa vistoria em frigoríficos do Brasil
[15/02/2024] - Como o mercado do boi voltou do feriado?
[15/02/2024] - JBS não vai devolver terreno doado por prefeitura
[15/02/2024] - Crise na soja pode bater forte no custo do boi
[15/02/2024] - Funai pede para STF barrar lei do Marco Temporal
[15/02/2024] - Gripe aviária preocupa produtores rurais do RS
[09/02/2024] - Exportações de carne brasileira aos EUA dispararam
[09/02/2024] - Abate de bois subiu no final de 2023
[09/02/2024] - Quando os frigoríficos voltam a comprar boi?
[09/02/2024] - Índios tentam cancelar a Ferrogrão
[08/02/2024] - Exportações ainda seguram o preço do boi?
[08/02/2024] - Agora é a hora pra comprar bezerro?
[08/02/2024] - Pecuaristas não aceitam baixa do boi
[08/02/2024] - Inflação sobe puxada pela disparada dos alimentos
[08/02/2024] - Venda de máquinas agrícolas caiu 25%
[07/02/2024] - Grandes frigoríficos estão na lista da Rússia
[07/02/2024] - Ótima notícia para a pecuária brasileira
[07/02/2024] - Preço do leite continua baixo em Mato Grosso
[07/02/2024] - Mercado do boi se prepara para o Carnaval
[07/02/2024] - Produtores rurais protestam na Espanha
[07/02/2024] - UE cede aos protestos dos agricultores europeus
[06/02/2024] - Agro deve se aproximar de Lula, diz Carlos Fávaro
[06/02/2024] - Crise na China terá impacto na pecuária do Brasil
[06/02/2024] - Como está o mercado do boi hoje?
[06/02/2024] - Safra de milho será muito menor em 2024
[05/02/2024] - Recuperações judiciais no Agro crescem 300%
[05/02/2024] - Brasil vai aumentar vendas de carne ao Canadá
[05/02/2024] - Um janeiro fraco para o mercado do boi gordo
[05/02/2024] - A hora é boa para comprar milho?
[02/02/2024] - China deve habilitar 20 frigoríficos brasileiros
[02/02/2024] - Briga pela definição do preço do boi gordo
[02/02/2024] - Governo lança operação para fiscalizar frigorífico
[02/02/2024] - Lácteos subiram de preço em Goiás
[01/02/2024] - Pecuaristas vão ao limite e seguram o boi no pasto
[01/02/2024] - Frigoríficos querem pagar cada vez menos pelo boi
[01/02/2024] - Produtores de leite pararam de investir
[01/02/2024] - Milho: safrinha será maior em Mato Grosso?
[01/02/2024] - CNA vai ao STF a favor do marco temporal
[01/02/2024] - Ladrões de gado são presos depois de um ano

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br