Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
225,00 216,00 209,00
GO MT RJ
209,00 212,00 215,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1740,00
Garrote 18m 2115,00
Boi Magro 30m 2520,00
Bezerra 12m 1360,00
Novilha 18m 1670,00
Vaca Boiadeira 1915,00

Atualizado em: 15/4/2024 10:23

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Marfrig quer pecuarista empregado do frigorífico

 
 
 
Publicado em 28/03/2024

A Marfrig Global Foods pretende adotar no Brasil um modelo de negócios inspirado na prática de sua subsidiária nos Estados Unidos, a National Beef. Esta estratégia visa integrar a cadeia de fornecimento de gado de forma semelhante ao setor de aves e suínos, contando com ajustes específicos. Na National Beef, pecuaristas que são também acionistas minoritários fornecem aproximadamente 25% dos animais abatidos, mediante contratos de longa duração.

Para atender a um quarto da demanda de suas unidades brasileiras, a Marfrig planeja investir entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões nos próximos anos, variando conforme o preço do gado. O plano inclui a distribuição de bezerros e touros para parceiros pecuaristas.

Durante uma teleconferência com analistas e investidores, Marcos Molina, fundador e presidente do Conselho de Administração da Marfrig, disse que o modelo seria importante como um regulador do equilíbrio de oferta, especialmente em períodos de escassez de animais e mudanças no ciclo pecuário nacional. Molina também ressaltou o objetivo de manter a operação dos frigoríficos com mais de 90% de capacidade durante todo o ano.

Atualmente, a MFG Agropecuária, que engloba as propriedades da família Molina, supre 10% da demanda das unidades da Marfrig que ficaram sob sua gestão após a venda de ativos para a Minerva. Com os aportes realizados e os previstos, espera-se que a capacidade de abate aumente de 5,1 mil para 7,6 mil cabeças diárias em 2024, alcançando o pico de 8,4 mil animais por dia em 2025.

Molina expressou otimismo quanto à oferta de gado no Brasil para 2025, mas antecipa desafios para 2026 devido à possível redução da oferta. Atualmente, segundo ele, o Brasil possui os menores preços de boi do mundo. A meta é alcançar 25% da demanda por "gado próprio" em 2025, com cerca de R$ 1,5 bilhão desse investimento proveniente dos R$ 6 bilhões a serem recebidos da Minerva, após a venda de ativos sul-americanos por R$ 7,5 bilhões e um adiantamento já recebido de R$ 1,5 bilhão. O restante será incorporado ao caixa da Marfrig após aprovação do Cade. 


 


   Leia também:
 
[15/04/2024] - Como foi a semana passada no mercado do boi?
[15/04/2024] - Preço de milho despencou

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[12/04/2024] - Em evento na JBS, Lula elogia os irmãos Batista
[12/04/2024] - Exportações de MS para a China podem disparar
[12/04/2024] - Brasil tenta mudar protocolo sanitário com a China
[12/04/2024] - China reduziu compras do agronegócio brasileiro
[12/04/2024] - Pecuaristas precisam ficar em alerta
[11/04/2024] - Decisão do STJ pode travar exportações de carne
[11/04/2024] - CADE atrasa compra de frigoríficos pela Minerva
[11/04/2024] - Pecuaristas de São Paulo estão desanimados
[11/04/2024] - Frigoríficos estão comprando pouco gado
[11/04/2024] - MST invade centro de pesquisa do MAPA na Bahia
[11/04/2024] - Deputados acusam Fávaro de interferência na FPA
[10/04/2024] - Crise no Agro ameaça a economia brasileira
[10/04/2024] - Lula vai visitar unidade da JBS
[10/04/2024] - Brasil continua perigosamente dependente da China
[10/04/2024] - Boi pode subir nos próximos dias
[10/04/2024] - Frigoríficos voltam a comprar em São Paulo
[10/04/2024] - Paraná retira benefícios de lácteos importados
[10/04/2024] - Produtores gaúchos pedem intervenção no leite
[09/04/2024] - As exportações vão segurar o preço do boi?
[09/04/2024] - Abates batem recorde histórico em Mato Grosso
[09/04/2024] - Estratégia de venda dos pecuaristas deu certo?
[09/04/2024] - Mercado do boi parado em São Paulo
[09/04/2024] - Como está a produção de leite no RS?
[09/04/2024] - Fávaro critica recuperações judiciais no Agro
[08/04/2024] - Produtores de leite pedem ajuda a Tarcísio
[08/04/2024] - Boi vai subir nesta semana?
[08/04/2024] - Arroba: como estão os preços em São Paulo
[08/04/2024] - Milho: compradores seguram os negócios
[08/04/2024] - Lula pede sugestões ao MST sobre reforma agrária
[05/04/2024] - Boas notícias nas exportações de carne
[05/04/2024] - Produtores jogam leite fora no Rio Grande do Sul
[05/04/2024] - Boi sobe em algumas praças
[05/04/2024] - Pecuaristas e frigoríficos não se entendem em SP
[05/04/2024] - Operação apura fraudes com gado em Goiás
[05/04/2024] - Crédito rural movimenta quase R$ 320 bi
[04/04/2024] - Brasileiro está sem dinheiro para comprar carne
[04/04/2024] - Justiça dá vitória a produtores rurais no Paraná
[04/04/2024] - Frigoríficos pagam um pouco mais para ter boi
[04/04/2024] - Pecuarista está segurando o boi para forçar alta
[03/04/2024] - Congresso pode taxar exportação de gado em pé
[03/04/2024] - Impasse no mercado do boi
[03/04/2024] - MST pressiona governo por mais concessões
[03/04/2024] - MP investiga cartel entre frigoríficos e mercados
[03/04/2024] - Milho: como estão as lavouras de MS?
[02/04/2024] - Banco prevê recorde de abates no Brasil
[02/04/2024] - Boi estável, com altas localizadas
[02/04/2024] - Boi sobe também em São Paulo
[02/04/2024] - Preço do litro de leite em MT está abaixo de R$ 2
[02/04/2024] - Produtores protestam contra alta de impostos
[02/04/2024] - Produção do Agro de MT deve cair 26%

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br