Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
225,00 216,00 209,00
GO MT RJ
209,00 212,00 215,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1740,00
Garrote 18m 2115,00
Boi Magro 30m 2520,00
Bezerra 12m 1360,00
Novilha 18m 1670,00
Vaca Boiadeira 1915,00

Atualizado em: 15/4/2024 10:23

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Produção do Agro de MT deve cair 26%

 
 
 
Publicado em 02/04/2024

O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou em relatório uma projeção indicando que o Valor Bruto de Produção (VBP) agropecuário de Mato Grosso deverá atingir R$ 148,6 bilhões em 2024, uma redução de 26,63% em relação a 2023. A diminuição é atribuída, em grande parte, ao declínio significativo nos preços e na produção das culturas agrícolas neste ano.

O VBP da soja mostra uma estimativa de retração de 34,11% para 2024, comparado à última previsão de 2023, que foi de R$ 65,16 bilhões. O Imea atribui esse resultado à "redução expressiva no preço da soja, além da expectativa de menor produção no estado devido a condições climáticas adversas que afetaram o desenvolvimento da safra". O preço da soja apresentou queda de 22,38%, e a produção, de 15,11%.

Para o milho, a previsão é de um VBP de R$ 24,67 bilhões em 2024, um decréscimo de 39,31% em relação a 2023. A diminuição se deve à queda de 26,37% no preço do milho no estado. O Imea aponta que essa desvalorização impactou negativamente a rentabilidade, levando a uma redução na área semeada e, por conseguinte, na produção, que deve cair 17,58%.

O algodão apresenta uma estimativa de queda de 9,61% no VBP para 2024, chegando a R$ 23,89 bilhões. Essa situação reflete a diminuição de 10,56% na cotação da pluma, influenciada pela expectativa de aumento na oferta do produto em 4%.

No setor pecuário, a bovinocultura de corte em Mato Grosso tem um VBP previsto de R$ 22,89 bilhões para 2024, um recuo de 2,89% em comparação a 2023. A principal causa dessa queda é o declínio de 3,5% no preço da arroba do boi, "reflexo da atual fase do ciclo pecuário, que apresenta maior disponibilidade de animais para abate, pressionando as cotações".

A composição do VBP estimado para 2024 no estado é de 81,3% oriundos da agricultura, com a soja contribuindo com 45,2%, o milho com 16,6% e o algodão com 16,08%. A pecuária responde por 18,7% do VBP, tendo a bovinocultura de corte como responsável por 15,4% desse total. 


 


   Leia também:
 
[15/04/2024] - Como foi a semana passada no mercado do boi?
[15/04/2024] - Preço de milho despencou

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[12/04/2024] - Em evento na JBS, Lula elogia os irmãos Batista
[12/04/2024] - Exportações de MS para a China podem disparar
[12/04/2024] - Brasil tenta mudar protocolo sanitário com a China
[12/04/2024] - China reduziu compras do agronegócio brasileiro
[12/04/2024] - Pecuaristas precisam ficar em alerta
[11/04/2024] - Decisão do STJ pode travar exportações de carne
[11/04/2024] - CADE atrasa compra de frigoríficos pela Minerva
[11/04/2024] - Pecuaristas de São Paulo estão desanimados
[11/04/2024] - Frigoríficos estão comprando pouco gado
[11/04/2024] - MST invade centro de pesquisa do MAPA na Bahia
[11/04/2024] - Deputados acusam Fávaro de interferência na FPA
[10/04/2024] - Crise no Agro ameaça a economia brasileira
[10/04/2024] - Lula vai visitar unidade da JBS
[10/04/2024] - Brasil continua perigosamente dependente da China
[10/04/2024] - Boi pode subir nos próximos dias
[10/04/2024] - Frigoríficos voltam a comprar em São Paulo
[10/04/2024] - Paraná retira benefícios de lácteos importados
[10/04/2024] - Produtores gaúchos pedem intervenção no leite
[09/04/2024] - As exportações vão segurar o preço do boi?
[09/04/2024] - Abates batem recorde histórico em Mato Grosso
[09/04/2024] - Estratégia de venda dos pecuaristas deu certo?
[09/04/2024] - Mercado do boi parado em São Paulo
[09/04/2024] - Como está a produção de leite no RS?
[09/04/2024] - Fávaro critica recuperações judiciais no Agro
[08/04/2024] - Produtores de leite pedem ajuda a Tarcísio
[08/04/2024] - Boi vai subir nesta semana?
[08/04/2024] - Arroba: como estão os preços em São Paulo
[08/04/2024] - Milho: compradores seguram os negócios
[08/04/2024] - Lula pede sugestões ao MST sobre reforma agrária
[05/04/2024] - Boas notícias nas exportações de carne
[05/04/2024] - Produtores jogam leite fora no Rio Grande do Sul
[05/04/2024] - Boi sobe em algumas praças
[05/04/2024] - Pecuaristas e frigoríficos não se entendem em SP
[05/04/2024] - Operação apura fraudes com gado em Goiás
[05/04/2024] - Crédito rural movimenta quase R$ 320 bi
[04/04/2024] - Brasileiro está sem dinheiro para comprar carne
[04/04/2024] - Justiça dá vitória a produtores rurais no Paraná
[04/04/2024] - Frigoríficos pagam um pouco mais para ter boi
[04/04/2024] - Pecuarista está segurando o boi para forçar alta
[03/04/2024] - Congresso pode taxar exportação de gado em pé
[03/04/2024] - Impasse no mercado do boi
[03/04/2024] - MST pressiona governo por mais concessões
[03/04/2024] - MP investiga cartel entre frigoríficos e mercados
[03/04/2024] - Milho: como estão as lavouras de MS?
[02/04/2024] - Banco prevê recorde de abates no Brasil
[02/04/2024] - Boi estável, com altas localizadas
[02/04/2024] - Boi sobe também em São Paulo
[02/04/2024] - Preço do litro de leite em MT está abaixo de R$ 2
[02/04/2024] - Produtores protestam contra alta de impostos
[02/04/2024] - Produção do Agro de MT deve cair 26%

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br